Sensor Hall AH-276

Sensores fazem parte do nosso dia a adia e muitas vezes nem percebemos, mas sem dúvida eles estão presentes.

Assim como transistores e circuitos integrados, os sensores hall tem diferentes especificações para atender as várias funções que podem executar.

Sensores hall podem estar em diversos locais, muitas vezes em locais difíceis de perceber, que tal encontram um ou mais sensores hall na função de monitoramento ou ajuste da famosa correia dentada do motor de um veículo?

Não desmonte sua bicicleta elétrica, mas ela tem um ou mais sensores hall.

Que tal pensar como são feitos os controles de avanço dos motores de passo?

Nesses e em vários outros locais existem sensores hall, mesmo sendo pouco conhecidos eles estão presentes onde a gente menos imagina.

Em aplicações automotivas, para monitorar a RPM de um motor são componentes comuns.

Nesse pequeno circuito, onde as saídas são monitoradas com dois LEDs, a gente pode perceber a ação de campos magnéticos.

O campo magnético age sobre o sensor hall AH-276 que por sua vez faz acender um LED ou outro LED.

O sensor hall AH-276 tem quatro terminais, pino 1 alimentação positiva e pino 4 negativo da alimentação, os pinos 2 e 3 são as saídas do tipo transistorizadas em modo coletor aberto.

Nesse exemplo de montagem, ao passar o imã próximo do sensor hall, ele liga um LED, ao continuar o percurso do ímã, a polaridade magnética se inverte e assim o outro LED é que acende.

E depois de acender um LED a gente sabe que pode fazer praticamente qualquer coisa a partir desse pequeno sinal gerado.

Conforme mencionado, o sensor hall pode ser usado para diversas finalidades.

Nesse exemplo, pode ser observada a ação magnética, inclusive em função da polaridade dos polos magnéticos.