Teste de FET Com Analógico

Transistores FET são usados principalmente em chaveamento.

Existem basicamente três formas de testar o funcionamento desse tipo de transistor, com um circuito de teste, com um multímetro digital, ou com um multímetro analógico.

Nesse vídeo mostro como fazer o teste de integridade de transistores FET canal N utilizando um multímetro analógico.

Diferente dos transistores bipolares, o transistor FET não tem Base, coletor e nem emissor.

Os terminais são designados por Dreno, Source e Gate.

Em português, é dreno, fonte e porta, e é assim que serão tratados para melhor entendimento.

O transistor FET se comporta como uma chave, por isso o teste de funcionamento deve ser feito polarizando e despolarizando os terminais.

Com o multímetro analógico, depois de identificar quais são terminais dreno, fonte e porta do transistor em teste, passemos as medidas.

No multímetro, na seção de medir resistência, posicione a chave seletora na escala X1.

Para ter certeza das medidas, vamos resetar o transistor em teste, para isso, coloque em curto os terminais dreno e porta.

A ponta de prova preta deve ser conectada ao terminal dreno, no exemplo aqui estou usando um transistor IRF 540N, então o terminal dreno é o terminal do centro.

Como é um transistor de potência, o terminal dreno é também o terminal onde pode ser instalado um dissipador de calor, para facilitar a visualização vou utilizar essa parte para demonstrar.

O terminal fonte é o terminal da direita, o terminal porta é o terminal da esquerda, tendo como referência que o transistor está virado com o lado das letras para mim.

Então, com a ponta de prova preta no terminal dreno e a ponta de prova vermelha no terminal fonte, a medida deve ser nula, ou seja, o ponteiro não se mexe.

Com a ponta de prova preta no terminal dreno e a ponta de prova vermelha no terminal porta, a medida deve ser nula, ou seja, o ponteiro também não se mexe.

Agora, com a ponta de prova preta no terminal porta e a ponta de prova vermelha no terminal fonte vamos ligar o transistor.

Vamos comprovar isso medindo novamente a resistência entre o terminal dreno e o terminal fonte, então a ponta de prova preta vai no dreno e a ponta de prova vermelha vai no source, agora vai haver uma deflexão do ponteiro até praticamente o final do curso.

Colocando a ponta de prova vermelha no terminal gate e a ponta de prova preta no terminal fonte o transistor será desligado.

E assim voltamos a condição inicial de transistor, ou seja, o transistor está desligado.

Qualquer leitura diferente das descritas. o transistor FET está com defeito.