Processo Recombinação

Com o aumento da condutividade devido ao aumento da temperatura ou da luminosidade surge o aumento no número de elétrons de condução que são os portadores de carga, os portadores de carga parados não causam nenhuma alteração, mas ao movimentarem geram correntes elétricas, em palavras não técnicas podemos afirmar que a corrente elétrica é causada pelo movimento dos portadores de carga.

Cada átomo de silício possui quatro elétrons de valência, são necessários dois elétrons de átomos distintos para formar uma ligação covalente.

No semicondutor de silício tipo N, átomos como o fósforo (P) com cinco elétrons de valência, substituem átomos de silício e proveem elétrons extras.

Como sobram elétrons de carga negativa, o semicondutor é do tipo N, no semicondutor de silício tipo P, os átomos com três elétrons de valência, como o alumínio (Al), produzem uma deficiência de elétrons, ou uma lacuna que age como um portador de carga positiva.

Os elétrons extras e as lacunas podem produzir corrente elétrica, e acrescente-se que quando um elétron ocupa a órbita de uma lacuna, devolve a energia cinética que possui, desaparecendo duas cargas livres, o elétron e a lacuna, a este processo é denominado recombinação.


Para receber notificações sobre atualizações no Website Ibytes e atualizações do Canal Ibytes no Youtube, entre no grupo clicando nesse link ( Telegram ).