A Lâmpada de LEDs

Há alguns anos atrás formar uma lâmpada com LEDs era uma coisa futurista e quem se atrevesse a usar uma lâmpada dessas era chamado de louco.

Um dos motivos era o preço dos LEDs para formar a lâmpada e outro motivo é a pouca luminosidade que é fornecida pelos LEDs, a verdade é que é preciso um bom sistema reflexivo para aproveitar bem a luminosidade dos LEDs.

Desde que começaram a ser usados substituindo lâmpadas piloto que consumiam as pilhas de forma exagerada, se tornaram sucesso e na mesma proporção o acesso foi se tornando cada dia menos difícil.

Assim como no caso da ecologia, a economia da energia passou a ser assunto diário, e muito mais do que um assunto, passou a ser uma necessidade, assim, a economia de energia acaba tendo uma ligação direta com a ecologia.

As lâmpadas de LEDs que chegam ao mercado brasileiro ainda são caras, mas indiscutivelmente muito mais econômicas, além da facilidade de manusear, é possível criar pequenos geradores e armazenar energia durante o dia para acender os LEDs durante a noite.

Além de gerar uma boa economia, as lâmpadas de LEDS são ecologicamente corretas, tem uma vida útil que é bem mais do que dez vezes se comparadas com as lâmpadas incandescentes.

O grande problema na montagem caseira de lâmpadas com LEDs é encontrar uma forma de aproveitar bem a luminosidade adaptando um sistema reflexivo sem comprometer o design, pois é uma lâmpada e deve permanecer com o aspecto e com a função de lâmpada.

Lâmpadas de LEDs emitem uma luminosidade um pouco mais branca, não há perdas na dissipação de calor e podem durar mais 50.000 horas gastando 80% menos do que uma lâmpada incandescente comum.

Embora o comércio especializado já tenha lâmpadas disponíveis, nada como saber como é uma lâmpada de LEDs por dentro, ou seja, a parte eletrônica, assim, se for preciso, será possível consertá-las no futuro.

Atualmente o grande problema das lâmpadas de LEDs é a fonte, pois para permanecer compacta não é usado transformador abaixador e isolador, então, o circuito eletrônico tem contato com direto com a tensão da rede elétrica.

Para curiosos e experimentadores, deixo o esquema de uma lâmpada de LEDs formada com 15 LEDs.

Os LEDs vão determinar o desempenho final, quem tiver tempo e gostou da ideia pode colocar os LEDs numa disposição que reflitam e assim seja aproveitada ao máximo a luminosidade.

A lista de materiais é pequena, só deve-se ter muito cuidado ao soldar os componentes na posição correta.

R1 é um resistor de 470K por ¼ de watt.

R2 é um resistor de 120R por 1 watt, ele vai esquentar, se esquentar muito a ponto de não suportar ficar com o dedo sobre ele com o circuito ligado, troque por 150R, 180R ou 220R, sempre por 1 watt ou mais de dissipação.

C1 é um capacitor de 220 nF por 600 volts.

C2 é um capacitor de 820 uF por 150 volts.

A ponte de diodos formada por 4 diodos do tipo 1N4007.

D1 é um diodo zener para 70 volts por 1 watt.

D2 a D16 são LEDs brancos de alto brilho, nos testes foram usados 15 LEDs 18MCD.

Clique na imagem para vê-la com mais definição.

Lampada-de-15-leds

Postagens relacionadas
  • Bloqueador de Sinal GPS
  • Adeus Bateria de 9 Volts
  • Lote de BF494 Falsificado
  • Eliminador Baterias
  • Campainha Sem Fios
  • Lâmpada Inteligente
  • Posts mais acessados
  • Teste de Bateria (41594)
  • Gerador Números Celular (33978)
  • Antena Para Celular (30524)
  • Amplicador 60 W RMS (22343)
  • Os Gatos & Dúvidas (20817)
  • Utilize a busca para encontrar o tema de seu interesse.
    Pense no meio ambiente antes de este link.