A Impressora Matricial


Os usuários domésticos e de escritórios pequenos dão preferência para as impressoras a jato de tinta, e os modelos a laser são os mais utilizados para o trabalho pesado nas empresas de médio e de grande porte.

As impressoras matriciais também são chamadas de chamadas de impressoras de agulha, e ainda é grande o número de impressoras matriciais que são utilizadas atualmente, talvez pelo custo e até pela falta de obrigação de qualidade
na impressão.

As impressoras matriciais são pouco vendidas atualmente, mas existem muitos modelos em funcionamento e de vez em quando aparececem problemas que são gerados por esse tipo de impressora.

As impressoras matriciais têm o inconveniente de gerar muita vibração mecânica no momento da impressão, devido a esse motivo, recomenda-se instalar o computador e a impressora matricial em mesas diferentes, e nunca na mesma mesa.

Usando mesas diferentes, a vibração não será transmitida para o computador, pois a vibração que a impressora matricial gera, provoca vários defeitos no computador, o principal deles é o afrouxamento de conectores, e com o passar do tempo, chips são lentamente desencaixados dos seus soquetes.

O mesmo acontece com as memórias, os conectores de cabos, e até mesmo com o processador, e o resultado é o aparecimento de maus contatos.

Também podem acontecer erros de gravação no disco rígido, devido às minúsculas variações de posição das cabeças causadas pela vibração.

Em um disco rígido moderno, a distância entre trilhas consecutivas é muito pequena, e por menor que seja a vibração ou desvio, as cabeças do disco rígido podem variar consideravelmente sua posição sobre a trilha acessada, não conseguindo gravar ou fazer a leitura.