Transmissores e Antenas

Nos equipamentos de transmissão e de recepção existe um chaveamento automático com a função de alimentar alternadamente o módulo de recepção e o módulo de transmissão.

Por melhor e mais caro que seja o equipamento de transmissão ou de recepção ele só vai executar a função se tiver uma antena, pode ser até um pedaço de fio, mas esse pedaço de fio deve ter o tamanho de ¼ de onda, de ½ onda ou de uma onda inteira.
A antena não importa se é “bigode de gato”, “plano de terra”, “quadra cúbica” ou “direcional” ela tem como objetivo mandar para o espaço as ondas eletromagnéticas geradas pelo transmissor.
O rendimento do sistema de transmissão e recepção vai depender do tipo de antena que for escolhido, pois cada tipo de antena tem alguma vantagem ou desvantagem levando em conta suas características e finalidades.

O circuito interno de um transmissor tem como função gerar as ondas eletromagnéticas na frequência de transmissão, ou seja, na exata frequência em que a antena do receptor vai captar e separar as ondas eletromagnéticas da informação e apresentar apenas a informação que foi enviada.