Memórias e Flip-Flops


Um sistema digital é capaz de armazenar com muita facilidade uma grande quantidade de informação por períodos de tempo curtos ou longos, sendo esta a sua principal vantagem sobre os sistemas analógicos, pois tal característica torna os sistemas digitais bastante versáteis e adaptáveis a uma infinidade de situações.

Entende melhor como funciona um sistema digital quem já está familiarizado com a eletrônica analógica mesmo que de forma básica, e assim, fica muito mais fácil entender como funcionam os circuitos com flip-flop, esse tipo de circuito, embora seja muito usado na eletrônica analógica, faz parte da eletrônica digital.

Quem tem o conhecimento básico de eletrônica sabe que grupos de flip-flops denominados registradores são capazes de armazenar qualquer tipo de informação estruturada, que são dados ou instruções, e que tais informações podem ser recebidas ou transferidas de, ou para outros dispositivos de armazenamento.

Os registradores são elementos de memória de alta velocidade, usados no armazenamento das informações durante o processo de execução de instruções pela unidade de controle da máquina, havendo uma constante movimentação de informações entre os registradores e os demais dispositivos que compõem o sistema.

Em geral, um sistema de computador usa memória a principal de alta velocidade e dispositivos de memória secundária lentos, mas com alta capacidade de armazenamento, são as memórias internas e as memórias externas, respectivamente.