Solda de CI em Superfície

Nesse vídeo mostro a minha técnica de soldagem em superfície ou montagem em SMD, é como eu faço.

Uso fluxo de solda e passo com o dedo, mas deu certo é passar com algodão ou com um pedaço de pano.

Claro, para começar a placa de circuito impresso tem que estar bem limpa, por isso começo passando esponja de aço.

Aí depois limpar placa bem a placa, deve-se escolher o circuito integrado de acordo com o projeto, aí é so começar a soldar.

Não esqueça de observar a posição correta do circuito integrado, o layout deve ter sido feito de acordo com a posição do circuito integrado.

Para começar, eu dou um pontinho de solda, ele é importante porque vai servir para fixar o circuito integrado.

Caso eu erre logo no começo, ainda vou ter possibilidade de consertar.

Lembre-se que a marcação do pino 1 é com o circuito integrado virado com a parte superior para quem olha e e o pino 1 é o pino à esquerda, na linha de baixo do circuito integrado, lembre-se que a contagem é da esquerda para a direita.

É preciso posicionar na posição exata, não pode falhar, qualquer falha vai estragar a soldagem e provavelmente inviabilizar o projeto.

As soldas precisam rápidas para não esquentar o circuito integrado e para não arrancar as trilhas de cobre da placa de PCB, um detalhe: observe a ponta do meu soldador nesse vídeo.

Solde sempre com muito cuidado limpando a ponta do soldador.

A técnica que é a seguinte:  esquentar um pouquinho uma trilha para depois colocar solda, nunca esquentar o terminal do circuito integrado, esquenta-se a trilha de cobre, derrete sobre ela a solda e depois puxa a solda derretida para o terminal do circuito integrado.

Não custa nada assistir a esse vídeo, melhor do que ficar lendo uma descrição.

 

 

 

 

Acesse o Canal Ibytes no Youtube