Ibytes Web Site

Repelente Não Funciona

Porque minha montagem de circuito repelente de insetos não funciona?

Junto com questões relacionadas a antenas essa é uma das perguntas que mais recebo, já respondi várias vezes, mas sempre há novas dúvidas a respeito e novas respostas deverão ser enviadas.

Como tempo é dinheiro, que se ganha, se perde ou se deixa de ganhar, resolvi escrever esse pequeno texto e tentar deixar mais claro porque há frustrações nas montagens de circuitos que dependem de algum instrumento para saber o que de fato está acontecendo com a montagem.

Pois bem, ter um soldador e um multímetro é o começo, mas para obter sucesso nas montagens é preciso ter mais instrumentos, atualmente o custo de instrumentos como frequencímetro e osciloscópio é muito baixo, afinal, basta usar um aplicativo para a finalidade.

Existem vários aplicativos para medição eletrônica e a maioria é gratuita ou tem um valor bem acessível, enfim, o que quero reafirmar é que é preciso verificar no final da montagem o que o circuito está fazendo.

Ligar um circuito, seja de uma montagem recente ou de um circuito comercial e colocar as costas de um dos dedos nos componentes e se o componente estiver morno diagnosticar como circuito funcionando é pura ignorância, afinal, os instrumentos existem para ficar na exposição?

No site há vários circuitos cuja finalidade é de repelir insetos ou animais, cada tipo de inseto ou animal tem repulsão a determinada faixa de frequência, sendo assim, o que serve para ratos não serve para pombos e vice-versa.

Mas esse não é o maior problema, o maior problema está nos transdutores de frequência, eles tem a finalidade de entregar no espaço a frequência que vai incomodar o animal ou inseto, o problema é que na maioria das vezes o transdutor satura e deforma a frequência.

O fato de não funcionar direito, acaba gerando outra frequência que não tem nada a ver com aquela frequência gerada pelo oscilador, cuja finalidade é executada bem até onde chega no transdutor.

Twitter é um tipo de alto falante, cada fabricante especifica a frequência máxima que ele responde, sendo assim, se o objetivo é repelir animais ou insetos que se incomodam com frequência de 40 KHz, um twitter que responda até 20 KHz não trará bons resultados, pois após os 20 KHz será jogada para o espaço uma frequência saturada e diferente daquela que foi gerada pelo oscilador.

Note que na maioria das vezes é sugerida a etapa final um transdutor de cristal ou similar justamente pelo fato desses tipos de transdutores terem a capacidade de reproduzir frequências mais altas.

Assista o vídeo desse link e tire as suas próprias conclusões.

Acesse o Canal Ibytes no Youtube
Ads Blocker Image Powered by Code Help Pro

BLOQUEADOR DE ANUNCIOS DETECTADO!

Detectamos que você está usando uma ou mais extensões para bloquear anúncios.

Por favor, coloque www.ibytes.com.br na lista de permissões.

Nossos anúncios não são invasivos e a renda com os anúncios é destinada a pagar hospedagem e demais custos para manter um site visível na rede mundial de computadores.

E você deve ficar sabendo de algo que os criadores de bloqueadores de anúncios não informam, mas ele capturam seus dados, sua localização, suas preferências e tudo mais relacionado a você e vendem essas informações para terceiros.

Ou você acha que eles trabalham de graça? A motivação é obter seus dados para comercializar.

www.ibytes.com.br não captura informações de seus usuários, apenas exibe anúncios como forma de pagar parte das despesas relacionadas ao site.

Veja aqui nossa política de privacidade.

Caso você prefira, existe a possibilidade de navegação sem anúncios com acesso pago, caso tenha interesse, escolha uma das opções abaixo:

Para contato direto com responsável pelo website Ibytes e pelo do canal Ibytes no Youtube através do Telegram, clique nesse link.

Para contato direto com responsável pelo website Ibytes e pelo do canal Ibytes no You Tube através do WhatsApp, clique nesse link.

Assuntos que não tem nada a ver com os assuntos do website Ibytes e do Canal Ibytes no Youtube, serão sumariamente ignorados.