O Que é GPRS?

GPRS é a abreviatura de General Packet Radio Service.

Principais características:

O GPRS é um novo serviço de valor agregado não baseado em voz que permite o envio e recepção de informações através de uma rede telefônica móvel.

O GPRS suplementa as tecnologias atuais de CSD (Circuit Switched Data) e SMS (Short Message Service).

O GPRS não tem relação com o GPS (o Sistema de Posicionamento Global), um acrônimo semelhante que é frequentemente utilizado em contextos móveis.

O GPRS tem várias características específicas que podem ser resumidas em:

Velocidade:

Taxas de transferência teóricas de até 171,2 kbps (kilobits por segundo) são possíveis com GPRS usando todos os oito timeslots ao mesmo tempo.

Isso é uma taxa de transferência próxima de três vezes mais rápida do que as possíveis nas redes de telecomunicações fixas e dez vezes mais que os atuais serviços de CSD nas redes GSM.

Disponibilidade imediata:

O GPRS facilita conexões instantâneas pois a informação pode ser enviada ou recebida imediatamente conforme a necessidade do usuário.

Não há necessidade de conexões dial-up através de modems, comenta-se que os usuários de GPRS estão sempre conectados.

Disponibilidade imediata é uma das vantagens de GPRS (e SMS) quando comparado com CSD.

Alta disponibilidade imediata é uma característica muito importante para aplicações críticas como autorização remota de lançamento em cartões de crédito, quando é inaceitável que o cliente seja mantido em estado de espera por mais de 30 segundos além do necessário.

O GPRS facilita muitas novas aplicações não disponíveis através das redes GSM, dadas as limitações na taxa de transferência dos CSDs (9,6 kbps) e do tamanho da mensagem no SMS, que são 160 caracteres.

Essas aplicações vão desde navegação na Web até transferência de arquivos para automação de residências, pois existe grande habilidade em acessar e controlar remotamente os equipamentos e recursos disponíveis em uma casa ou escritório.

Para usar GPRS, os usuários precisam especificamente de:

– Um telefone móvel ou um terminal que suporte GPRS.

– Uma assinatura em uma rede de telefonia móvel que suporte GPRS.

– Ter o uso de GPRS habilitado.

O acesso automático ao GPRS já é permitido por algumas operadoras, outras poderão solicita uma opção específica de adesão.

– Conhecimento de como enviar e receber informações através do GPRS usando seu aparelho telefônico, incluindo configurações de hardware e software, o que cria a necessidade de um serviço de atendimento ao cliente.

– Um destino para enviar ou um local de onde receber informações através do GPRS.

Enquanto que com SMS esse destino ou origem era freqüentemente outro telefone móvel, com GPRS é mais provável que se pareça com um endereço Internet, já que GPRS foi projetado para tornar o acesso à Internet totalmente disponível aos usuários móveis desde o início.

Desde que exista a disponibilidade do serviço, os usuários do GPRS podem acessar qualquer página da Web ou outras aplicações Internet, fornecendo uma massa crítica inicial de uso.


Para receber notificações sobre atualizações no Website Ibytes e atualizações do Canal Ibytes no Youtube, entre no grupo clicando nesse link ( Telegram ).