Celular Não Mata

Ibytes Web Site

Usar o celular com o carregador conectado na tomada matou o usuário do smartphone.

A frase acima é típica de manchetes de jornais que dão a notícia do jeito que interessa a eles e obviamente atendendo a interesses de terceiros, continue a leitura que poderá seu conceito de ver as coisas.

O impacto da notícia de que alguém foi eletrocutado porque estava usando um celular ou smartphone e o carregador de baterias estava conectado na tomada faz a gente para e pensar.

Mas porque esse tipo de incidente acontece, sim incidente, porque acidente é algo previsível, e incidente é algo que acontece mas não é previsto.

Para que servem estudos e pesquisas para colocar um carregador de celular no mercado?

E os estudos para que um celular ou smartphone seja colocado no mercado não servem para nada? Mesmo sendo feitas pesquisas e mais pesquisas?

E quando acontece um incidente qualquer a culpa sempre é do usuário final, porque? Repito: porque?

Acompanhe meu raciocínio: Como sabemos, a energia elétrica não é limpa, existem picos altos e negativos de tensão, esses picos são gerados por equipamentos ligados à rede de distribuição, consequentemente, quem está próximo de uma oficina que utilize um soldador elétrico percebe na TV os transientes que estou me referindo.

O mesmo pode ser dito em relação ao uso de um liquidificador, que causa interferência na imagem e no áudio da TV, quem escuta rádio AM ou FM também sofre a interferência.

Os tipos de interferência citados acima são visíveis a olho nu, e geralmente longos o suficiente para serem localizados e assim ter a sua origem claramente definida e minimizados, às vezes.

As interferências citadas não causam nada mais do que mal estar e alguma irritação, principalmente se for o vizinho que causa a interferência ao utilizar algum tipo de equipamento.

Mas existem surtos positivos de tensão que podem causar acidentes sérios e até óbitos, por isso que de vez em quando existe alguma notícia que alguém morreu porque estava usando o celular conectado ao carregador e este, por sua vez, estava conectado na tomada.

Esses surtos positivos de tensão tem duas origens principais:

A primeira origem é o rompimento dos fios de alta tensão que caem sobre os fios de baixa tensão, aqui a baixa tensão é 110 ou 220 volts, e os fios de alta tensão são de milhares de volts que ao se romper caem sobre os fios de baixa tensão.

A segunda origem são as descargas elétricas, que podem acontecer a centenas de quilômetros de distância do usuário, mas os picos de tensão percorrem a fiação chegando na tomada do usuário, e aí, se um carregador estiver conectado à tomada, um pico instantâneo de tensão destrói o carregador e tudo o que a ele estiver conectado.

Nessas duas situações, a concessionária é responsável, historicamente é colocada a culpa no usuário, mas basta encontrar um advogado que tenha coragem de enfrentar a concessionária, e se algum fato como relâmpagos ou rompimento de fios coincidirem com algum evento fica provada ligação dos fatos e a responsabilidade.

Por isso é que os noticiários nunca vão dizer que a concessionária fornecedora de energia elétrica é responsável por algum incidente, premeditadamente é plantada a notícia dando a entender que o usuário é sempre o culpado.

É mais fácil culpar o usuário de algum aparelho elétrico ou eletrônico, afinal, o usuário prejudicado muitas vezes acaba até assumindo que ele mesmo é o culpado pelo acontecimento do fato.

Não estou incentivando ninguém a se arriscar, é lógico que dentro do possível, deve-se evitar de usar qualquer aparelho elétrico ou eletrônico com o carregador de baterias conectado na tomada.

Também deve ser evitado o uso de celular ou smartphone quando estiver conectado ao carregador e o carregador estiver conectado à tomada, justamente para evitar o risco de que um pico de tensão destrua o carregador e tudo à sua volta.

E quando estiver relampejando, por questões de segurança, o correto é desligar todos os aparelhos elétricos e eletrônicos da casa, obviamente que usar o celular é arriscado, principalmente se estiver conectado ao carregador de baterias, pelos motivos expostos acima.

O celular e o carregador no dia a dia.

E então? Já tinha parado para pensar no assunto?

Acesse o Canal Ibytes no Youtube
Ads Blocker Image Powered by Code Help Pro

BLOQUEADOR DE ANUNCIOS DETECTADO!

Detectamos que você está usando uma ou mais extensões para bloquear anúncios.

Por favor, coloque www.ibytes.com.br na lista de permissões.

Nossos anúncios não são invasivos e a renda com os anúncios é destinada a pagar hospedagem e demais custos para manter um site visível na rede mundial de computadores.

E você deve ficar sabendo de algo que os criadores de bloqueadores de anúncios não informam, mas ele capturam seus dados, sua localização, suas preferências e tudo mais relacionado a você e vendem essas informações para terceiros.

Ou você acha que eles trabalham de graça? A motivação é obter seus dados para comercializar.

www.ibytes.com.br não captura informações de seus usuários, apenas exibe anúncios como forma de pagar parte das despesas relacionadas ao site.

Veja aqui nossa política de privacidade.

Caso você prefira, existe a possibilidade de navegação sem anúncios com acesso pago, caso tenha interesse, escolha uma das opções abaixo:

Para contato direto com responsável pelo website Ibytes e pelo do canal Ibytes no Youtube através do Telegram, clique nesse link.

Para contato direto com responsável pelo website Ibytes e pelo do canal Ibytes no You Tube através do WhatsApp, clique nesse link.

Assuntos que não tem nada a ver com os assuntos do website Ibytes e do Canal Ibytes no Youtube, serão sumariamente ignorados.