Código Q e Código J


Além da criação de circuitos eletrônicos, outro passatempo meu é escutar comunicações de serviços privados e de serviços públicos.

Quando chega alguém aqui na sala das bagunças, escuta alguma comunicação, e só uma parte dela e ainda assim com uma linguagem totalmente diferente daquela que utilizamos para conversar uns com os outros.

Mesmo com o avanço da tecnologia, a comunicação via rádio está presente no nosso dia-a-dia mesmo que não percebemos, mas uma TV ligada, um telefone, mesmo que em estado de espera está se comunicando através das ondas de rádio.

Em vários serviços o transceptor ainda é utilizado e pode ter melhor resposta e até melhor serviço do que a melhor e mais rápida tecnologia utilizadas nos celulares.

A comunicação direta via rádio é a que tem menor tempo resposta e o menor custo, uma que os equipamentos sejam comprados e instalados, só se paga uma pequena taxa fistel por ano e a comunicação é livre.

Atualmente o segundo método de comunicação mais utilizado é o telefone celular, é via rádio, mas não é uma comunicação direta igual ao rádio, também se paga o fistel para as operadoras que repassam para os órgãos reguladores.

A comunicação via telefone celular utiliza as estruturas das operadoras que cobram pela utilização dos equipamentos, um sistema complexo de tarifação entra em ação e a comunicação acaba ficando cara.

Por isso vários serviços, governamentais e privados utilizam o rádio na comunicação preferencial, se não houver contato via rádio, então o telefone é usado.

Assim é com o SAMU, corpo de bombeiros, polícia militar, serviço de controle de trânsito, controle de carga e descarga nos portos, navegação aérea e marítima, e muitos outros tipos de serviços.

A comunicação entre as estações seguem um protocolo entre os rádio-operadores, que devem ser ágeis e entender a linguagem utilizada.

Para o caso de alguém entrar numa estação de rádio de algum tipo de serviço ou na estação de algum aficionado em rádio escuta e ficar perdido, vou deixar alguns códigos utilizados.

Começo com o código Q que é usado tanto na comunicação militar quanto na comunicação por hobby, (só os códigos mais usados).

QAP – Permaneça na freqüência
QRA – Nome do operador e/ou nome da estação
QRL – Estou ocupado não interfira
QRM – Interferência de outra estação
QRR – S.O.S. terrestre
QRT – Parar de transmitir (desligar o equipamento)
QRU – Problema
QRV – Estou á sua disposição
QRX – Aguarde um pouco na freqüência (sua vez de transmitir)
QRZ – Quem está chamando?
QSJ – Taxa, dinheiro
QSL – Confirmado – Tudo entendido
QSM – Repita o último câmbio
QSN – Você me escutou?
QST – Comunicado de interesse geral
QSZ – Devo transmitir cada palavra ou grupo de palavras?
QTA – Anule (ignore) a mensagem anterior
QTC – Mensagem, notícia, geralmente é um alerta
QTH – Qual é sua localização?
QTI – Qual é o seu destino?
QTJ – Qual é a sua velocidade?
QTR – Horas
QTS – Queira transmitir seu indicativo
QTX – Sairei por tempo indeterminado
QTY – A caminho do local de algum acidente
QUD – Recebi seu sinal de urgência
QUF – Recebi seu sinal de perigo
QBU – Doente psiquiátrico
QRF – Refeição
TKS – Obrigado

O código J (jota) é de utilização militar, não é proibido que seja utilizado por outros tipos de comunicação, mas nas comunicações de serviços públicos militares é praticamente obrigatório utilizar o código J.

J1 – Local inseguro
J2 – Apoio da Polícia Militar
J3 – Troca de equipe
J4 – Almoço
J5 – Abastecimento
J6 – (?)
J7 – Viatura quebrada
J8 – Ir ao banheiro
J9 – Saída (da base ou do local do atendimento quando em deslocamento com paciente/vítima/detido)
J10 – Chegada ao local do atendimento ou ao destino
J11 – Unidade liberada e pronta para ocorrência
J12 – Chegada na base

Para complementar os códigos acima, deixo os códigos que as ambulâncias utilizam em casos de emergência:

Código vermelho: Paciente instável, gravemente ferido, risco de morte (a ambulância está com o sinal luminoso e o sinal sonoro ligado).
Código amarelo: Paciente estável mas pode piorar seu estado de saúde (ambulância com sinal luminoso ligado).
Código verde: Paciente estável (ambulância com sinal luminoso e com sonoro desligados).


Para receber notificações sobre atualizações no Website Ibytes e atualizações do Canal Ibytes no Youtube, entre no grupo clicando nesse link ( Telegram ).