Ibytes Web Site

A Central de Choques

Numa central eletrônica de eletrificação são gerados os pulsos de alta tensão, a alimentação vem da energia da rede elétrica de 110 ou de 220 volts que carrega uma bateria de 12 volts, note que não existe um circuito direto.

A energia energia é convertida em pulsos que podem chegar 10 mil volts mas de baixa corrente, próximo de 0,002 Ampères ou menos.

Os pulsos são de curta duração e se repetem em intervalos de 60 vezes por minuto, valores integrados dentro das normas internacionais de segurança.

A lei do IEC citada no link Proteção:Cerca elétrica estabelece que o aparelho eletrificador deve fornecer corrente elétrica com as seguintes características técnicas:

– Tipo de corrente: intermitente ou pulsante.

– Potência máxima: 5 Joules.

– Intervalo dos impulsos elétricos (média): 50 impulsos/minuto.

– Duração dos impulsos elétricos (média): 0,001 segundo (1 (um) milisegundo).

Também determina que a unidade de controle dever ser constituída no mínimo de aparelho energizador de cerca que apresente 1 (um) transformador e 1 (um) capacitor.

Qualquer central de choques trabalha a partir da tensão fornecida pela bateria conectada ao circuito, nunca com alimentação direta, no circuito eletrônico a central contém um carregador regulado e flutuante, que é embutido e responsável pela carga automática da bateria, quando se tornar necessário.

Quando ligada, a central envia nos bornes de saída de alta tensão, um pico de aproximadamente 7000 volts, este pico de tensão percorre todo o perímetro da cerca e retorna a central.

Se por algum motivo, este pico de alta tensão deixar de retornar à central, um circuito de alarme informará a tentativa de invasão através da sirene, ou de uma central de alarme, dependendo de como foi configurada a central de cerca elétrica.

O disparo da sirene pode acontecer em duas situações:

1) Quando o arame da cerca for interrompido, impedindo que a alta tensão retorne à central.

2) Quando for feito um aterramento da cerca energizada, também impedindo que a alta tensão retorne a central.

Para evitar que existam alarmes falsos em conseqüência de chuvas, ventos ou de pequenas fugas elétricas devem existir meios de ajustar a sensibilidade da central.

A central de choques não informa se alguém tocar no arame, pois grande parte da energia ainda retornará à central.

Para haver um efetivo choque elétrico é imprescindível que a pessoa que tocar o arame tenha o mínimo de aterramento necessário haver circulação de corrente elétrica em seu corpo, se esta pessoa estiver totalmente isolada não haverá circulação de corrente elétrica e a pessoa não irá receber o devido choque elétrico, por isso é que é imrescindível um bom aterramento do sistema para tornar mínima esta possibilidade.

Obviamente que em todo circuito ou sistema limitações:

Os circuitos eletrônicos chamados de eletrificadores, por emitirem um pulso de choque em torno 5KV ou mais a cada 1 ou 2 segundos com período de 75 microsegundos e com potência entre 0,05 e 0,2 Joules, e por possuírem a cerca, ou os arames eletrificados, poderá, em alguns casos, produzir interferências na faixa de radiodifusão de amplitude modulada (AM), cuja frequência vai de 530 KHz a 1710 KHz.

A explicação para esta interferência é simples, pois qualquer condutor que tenha uma corrente elétrica circulando por ele produz um campo eletromagnético em sua volta, este campo eletromagnético em torno dos arames da cerca é que produz esta interferência, o raio ação da interfrência pode variar podendo chegar até 50 metros.

Alguns testes foram feitos e a mesma limitação foi detectada em vários equipamentos, por isso não é um problema do eletrificador em si, é uma limitação relacionada a este tipo de equipamento que gera uma tensão pulsante e por conseqüência gera o campo eletromagnético.

Numa instalação de um sistema de cerca elétrica devem ser observados alguns critérios para garantir o funcionamento com segurança e eficiência.

Nestes critérios estão envolvidos os acessórios que compõem a estrutura básica da cerca elétrica: aterramento, cabos, isoladores, tipo de arame, hastes, placas de identificação e altura da cerca.

Acesse o Canal Ibytes no Youtube
Ads Blocker Image Powered by Code Help Pro

BLOQUEADOR DE ANUNCIOS DETECTADO!

Detectamos que você está usando uma ou mais extensões para bloquear anúncios.

Por favor, coloque www.ibytes.com.br na lista de permissões.

Nossos anúncios não são invasivos e a renda com os anúncios é destinada a pagar hospedagem e demais custos para manter um site visível na rede mundial de computadores.

E você deve ficar sabendo de algo que os criadores de bloqueadores de anúncios não informam, mas ele capturam seus dados, sua localização, suas preferências e tudo mais relacionado a você e vendem essas informações para terceiros.

Ou você acha que eles trabalham de graça? A motivação é obter seus dados para comercializar.

www.ibytes.com.br não captura informações de seus usuários, apenas exibe anúncios como forma de pagar parte das despesas relacionadas ao site.

Veja aqui nossa política de privacidade.

Caso você prefira, existe a possibilidade de navegação sem anúncios com acesso pago, caso tenha interesse, escolha uma das opções abaixo:

Para contato direto com responsável pelo website Ibytes e pelo do canal Ibytes no Youtube através do Telegram, clique nesse link.

Para contato direto com responsável pelo website Ibytes e pelo do canal Ibytes no You Tube através do WhatsApp, clique nesse link.

Assuntos que não tem nada a ver com os assuntos do website Ibytes e do Canal Ibytes no Youtube, serão sumariamente ignorados.