Esta seção é para dispositivos móveis antigos e com poucos recursos ou quando a conexão é lenta, não é o seu caso :)
Você está usando um Desktop e sua conexão de acesso á internet é boa, para navegar no website normal, Clique Aqui A Exposição da Tela
A Exposição da Tela
A fonte de luz deverá ser rica em raios ultra violeta para que seja possível obter a adequada sensibilização por parte da emulsão.

Enfim, a exposição à luz é uma das etapas mais importantes na confecção de uma matriz, por isso é requer cuidados e atenção redobrados.

Basicamente, a luz ultra violeta é usada para endurecer as áreas do estêncil que não correspondem à imagem.
Para isso, deve-se usar a quantidade correta de luz, evitando os com isso os problemas de má reprodução da imagem ou de má resistência por falta de endurecimento correto da emulsão.

Para evitar problemas na revelação e na resistência, determine antes o tempo de exposição ideal para suas necessidades, use um guia, anote seus testes de exposição.

Opte sempre pelo tempo mais longo possível, porém sem que haja perda de definição.

Para sabermos o tempo necessário para a gravação de uma tela, são necessários vários testes e provas.

O tempo de exposição ideal permite a revelação de todos os elementos com relativa facilidade e ao mesmo tempo apresenta um ótimo endurecimento da emulsão sensibilizada, que não se desprende durante a revelação e mantém a matriz firme.

Você com pouca experiência não vai querer ficar tentando acertar o tempo de exposição, então lhe informo que eu utilizei sempre 3 minutos exatos de exposição à luz nas minhas matrizes, que são feitas com nylon de 100 fios, e utilizo em minha mesa de fabricação caseira, uma lâmpada incandescente comum de 250 watts.

É bom ter em mente alguns pontos fundamentais:

1) O desenho com áreas chapadas pode ter o tempo de exposição ligeiramente maior.

2) Em retículas ou detalhes muito finos, a exposição pode ser ligeiramente menor, para garantir a definição dos traços.

Podem e devem ser feitos testes para saber o comportamento de cada mesa de gravação.

Na primeira gravação, grave uma tela com 3 minutos de exposição e verifique o resultado.

Depois grave outra com 5 minutos e depois faça outra com 4 minutos.

Analise qual foi a revelação de resultado melhor em termos de facilidade de revelação e resultado obtido, assim, você saberá qual é o tempo correto de exposição de sua mesa.

A mesma mesa de luz, se colocada em ambientes diferentes pode apresentar resultados diferentes, mesmo utilizando-se o mesmo tipo de emulsão e o mesmo tempo de exposição.

As condições climáticas e de secagem, assim como de preparação e de camadas de exposição, alteram bastante o tempo de exposição, daí a necessidade de serem feitos testes.

Recomenda-se manter as mesmas condições, para que o tempo de exposição possa ser constante em todas as gravações, por isso, um ambiente de sala fecha e meio escura é o ideal.

Camadas mais espessas de emulsão necessitam maior tempo de exposição, da mesma forma, precisam de um tempo maior de exposição, se a lâmpada estiver meio longe do vidro, e lembre-se de que o vidro deve ser totalmente transparente.

Dentre as várias etapas que compreendem a gravação de uma matriz, a secagem da emulsão fotográfica tem um destaque de grande importância.

Depois de aplicarmos a emulsão fotográfica em estado líquido na tela, é requerida uma secagem adequada para que o processo de exposição seja obtido de forma plena e correta.

Antes da exposição à luz, a emulsão deve estar completamente seca na tela, seca e não dura.

Se a camada de emulsão não for uniforme, podemos afirmar que debaixo a película superficial da emulsão aparentemente seca, podem existir áreas não secas que causarão muitos problemas na gravação, prejudicando os resultados finais.

O que acontece é que as partes úmidas que possuem sensibilidade reduzida ao endurecimento através da ação da luz, tornando impossível a secagem perfeita e uniforme.

A primeira regra para a secagem da emulsão é secar naturalmente ou utilizando um secador de cabelos, mas sempre longe de qualquer fonte de luz rica em raios ultravioletas, conforme já foram citadas diversas vezes, uma sala meio escura é o ideal.

Só serão obtidos ótimos resultados na secagem da emulsão se ela for aplicada em penumbra.

É óbvio que não dá pra trabalhar no escuro, então absolutamente necessário secar a emulsão em sala iluminada com lâmpada amarela ou vermelha, dessas de decorações natalinas, ou secar a emulsão em sala em penumbra sem nenhum tipo de luz.
  • Início
  • Gato no Relógio
  • Transformadores de Tensão
  • Estragou Fone Bluetooth
  • O Perigo dos Choques
  • Código Q e Código J
  • O Significado de dBi
  • Ligando Corneta/Tweeter
  • Consertando Fontes PC
  • Gerador Números Celular
  • Como Medir Tensão
  • Bloqueador Sinal Wifi
  • Os Corpos Carregados
  • Fusível ou Pedaço de Fio
  • Medir Tensão do Neutro
  • Duas Casas 1 Relógio
  • Substituição de Diodos
  • Instalar Cerca Elétrica
  • Código de Transistores
  • Carregador Disp. USB
  • Central de Cerca Elétrica
  • Entenda a Lei de Ohm
  • As Lâmpadas da Mesa
  • Excesso de Corrente
  • Compartilhe TV a Cabo
  • Potência ou Corrente?
  • 1 Ampère = 1 Coulomb
  • Medir Tensão Elétrica
  • Como ligar LEDs no AF
  • Acabar Com Som Alto
  • Bloqueadores de RF
  • Tensão Entre Neutro e Terra
  • Como é o Rádio-Controle
  • Espiras e Transformador
  • A Função do Fio Terra
  • Fontes de Alimentação
  • Alcance de Transmissor
  • Sem Visada Não Dá
  • Economia Sem Gato
  • Cálculo Cabos Coaxiais
  • Sobre Bloqueadores de Sinais GPS
  • A Exposição da Tela
  • Temporizador Universal
  • Existe CI Equivalente?
  • Qual Chip no Rastreador GPS
  • Transistores e Simbologia
  • O PC Não Quer Ligar?
  • O Teste de Capacitores
  • Característica Porta LPT
  • Teste de Diodos (Multímetro Digital)
  • Valores de Sinais Wi-Fi
  • Materiais das Antenas
  • Defeitos Caixas de Som
  • Freqüências e Serviços
  • Alimentação do PC
  • Alô!! Aqui é da Terra!!!
  • O Choque Elétrico
  • Espanta Só Cachorros
  • Antenas e Elementos
  • Antenas GSM/CDMA/3G
  • O Que é Resistência?
  • Instalar o Estabilizador
  • Módulos de RF 433 MHz
  • Os Gatos & Dúvidas
  • Neutro Como Terra?
  • Truques de Investigado
  • A Resistência Elétrica
  • Testador de MOSFETs
  • Tinta Fotossensível?
  • Carregador Como Fonte
  • Geradores de Créditos
  • A Observação Discreta
  • As Cargas Iguais se....
  • Um Pouco Sobre 3G
  • Fazer Tinta Condutiva
  • O Sinal Power Good
  • Resistência e Resistor
  • Indicador 110/220 VCA
  • Testador de Componentes
  • Cálculo de Fios e Disjuntor
  • Principal Benefício do 4G
  • Transistores Comuns
  • A Unidade de Controle
  • Está Sendo Monitorado?
  • Bloqueadores de Frequência
  • A Potência do Diodo
  • Reparo Fonte Chaveada
  • Gosta de Grampos?
  • Partida em Gerador
  • É Corrente ou Tensão?
  • Sinal 3G: O Pulo do Gato
  • Elétrons e a Lâmpada
  • Chip Celular no Modem
  • Seu Chaveiro é Arma
  • É Melhor 3G ou GSM?
  • Bloqueador Automotivo
  • Transistor, Coloco Qual?
  • Detecção de frequências
  • Tipos de Impurezas
  • Simples Mas Eficiente
  • O Que é Formatar o PC
  • Resetar É Legal
  • Pisca Pisca LM 555
  • Fonte Chaveada 2 A
  • Conserto Fontes de PC
  • Booster de Áudio
  • Micro Transmissor GSM
  • Tensão de Joelho
  • Tipos de Alto-Falantes
  • Equivalência mW x dBm
  • Ligação de Gerador
  • Montar Provedor Wireless
  • Aterramento de Antenas
  • Materiais Necessários
  • Medir Intensidade de RF
  • Escutar Comunicações
  • As Conexões Bluetooth
  • Inversor com TIP/4093
  • Sistema Bass Reflex
  • Os Semicondutores (I)
  • Antenas e Seus Preços
  • Pré Amplificador 10 dB
  • Fonte de Alimentação
  • Grampos Telefônicos
  • Capacitor em Exaustor
  • O Que é a Eletrônica?
  • Contato
  • Fonte Tensão Ajustável
  • Page
  • Dicionário da Eletrônica
  • Potência Fontes PC
  • A Placa de CPU
  • Impedância de Antenas
  • Testes NPN Com Digital
  • Chocadeira Com 741, MOC e NTC
  • Mini Estação de TV
  • Qual é Melhor Antena?
  • A Frequência do Som
  • Ganhar na Loto Fácil?
  • Amplicador 60 W RMS
  • A Estrutura do Átomo
  • MOSFETs e Multímetros
  • Como Medir Capacitância
  • Inversor 12 VCC/220 CA
  • Teste de Bateria
  • Testando Antenas Wlan
  • Calculo de Potência
  • O Diodo de Germânio
  • Somar Níveis de Som
  • Resistência Aterramento
  • Eletrificador de Cercas
  • Registro Profissional
  • Fonte Regulada (5 A)
  • Frequências dos Drones
  • Antena Com Lâmpada
  • A Central de Choques
  • Aplicações Lei de Ohm
  • Regule de 30V Para 12V
  • Características RF UHF
  • Clock ou Relógio (CPU)
  • Cuidados e Multímetros
  • Zumbido na placa mãe
  • Consertar Vale a Pena?
  • Grandezas Analógicas e Digitais
  • Usar Sugador de Solda
  • As Ondas Estacionárias
  • Métodos de Comprimir
  • Armas: Tipos de Disparo
  • Amplificador MOSFET
  • Mostra Nível da Bateria
  • Transmissor FM 35 W
  • Antenas de 5/8 de Onda
  • Isolantes e Condutores
  • Arquivo RAR Senhado?
  • Pol. Reversa do Diodo
  • O Feio Que Resolveu
  • Rastreamento Via Celular
  • Fonte Ajustável 1,5 a 15V
  • Inversor Ajustável CMOS
  • Fonte Simples (USB)
  • A Corrente Elétrica
  • Teste de Alto-Falantes
  • Carregador de Baterias
  • Serigrafia na Eletrônica
  • O Medidor de ROE/SWR
  • Acoplador de Antenas
  • Significado Termo RAM
  • Redes em Conflito de IP
  • A Vida Útil das Midias
  • As Antenas Verticais
  • Seguidor de Sinais
  • Bloqueadores de Sinal WiFi
  • Comprei Uma Rádio
  • A Eletricidade Estática
  • Como Funciona RX-TX
  • Fontes Para Alarmes
  • Regulador e Booster
  • Chave Bi-Estável Com 555
  • No Volume Que Quero
  • Invadindo Privacidade?
  • Roteiro Para Dossiê (2)