Esta seção é para dispositivos móveis antigos e com poucos recursos ou quando a conexão é lenta, não é o seu caso :)
Você está usando um Desktop e sua conexão de acesso á internet é boa, para navegar no website normal, Clique Aqui Materiais das Antenas
Materiais das Antenas
Tenho recebido e-mails com muitas questões de como fazer antenas, claro que com base no script que calcula o tamanho dos elementos da antena e também a distância entre os elementos.

Muito obrigado a todos pelos acessos e pelo interesse, e principalmente por acreditar nos temas que são escritos para o Ibytes, mas sinceramente, não tenho como responder a todos individualmente.

Qual o melhor tipo de material que deve ser usado é uma das perguntas bem freqüentes, e sempre digo que pela condutividade o cobre é o material que reúne as melhores condições em se tratando de velocidade de deslocamento dos elétrons e também é de preço baixo, unindo o útil ao agradável, além de ser fácil de fazer soldas.

Mas, o alumínio é o material mais utilizado, pois também é bom condutor de eletricidade e tem um valor que não é absurdo, geralmente é encontrado em tubos, é fácil de encontrar, pode ser comprado somente na quantidade que vai ser usada, é um material fácil de manusear, e principalmente, muito leve, talvez até seja este o fator que faz com que o alumínio seja o material mais utilizado na montagem de antenas.

É óbvio que quanto melhor condutor de eletricidade for o material utilizado na fabricação das antenas, melhor será o resultado, ou seja, melhor será a antena, mas será que você seria capaz de comprar ouro para fazer uma antena? Como sabemos, o ouro é o melhor condutor de eletricidade que existe.

Os materiais mais utilizados por reunirem as propriedades de condutividade e valores comerciais mais acessíveis, são os seguintes, em ordem: Prata, Cobre, Alumínio, Latão, Zinco e Ferro, em muitos casos, existem materiais misturados para satisfazer as necessidades, em se tratando de preços e condutividade.

Outra questão é: qual o diâmetro do fio ou da chapa que utilizo? Por se tratar de assunto extremamente delicado no que diz respeito a cálculos, mas com base em experiência própria posso afirmar sobre aquilo que constatei, e com base em experiências é que tenho as minhas conclusões.

As antenas que operam abaixo dos 15 MHz, são antenas feitas com fios e são muito comuns, até porque, geralmente são pedaços de fios cortados de acordo com a freqüência de operação, claro que são 80 metros de fios para cada lado se a faixa for 80 metros, e se a faixa for 40 metros, serão dois pedaços de fios de 40 metros, cada.

Dos 15 MHz aos 25 MHz, antenas feitas com tubos de um centímetro e meio de diâmetro tem se mostrado melhor, pois além de terem que ficar suspensas começa pelo problema da diretividade, onde é preciso que os elementos permaneçam esticados e pequenas alterações na distância e no tamanho dos elementos já começam a interferir no ganho da antena.

Dos 25 MHz aos 500 MHz, nas antenas geralmente são usados alumínios em forma tubular com um centímetro de espessura, obviamente, que se usar alumínio para fugir do peso, não deve ser usado alumínio maciço, e sim alumínio em forma tubular, facilmente adquirido em fábricas de esquadrias de alumínio, como os elementos das antenas dessa faixa são curtos, muitos restos de alumínio podem ser aproveitados.

Aqui pode ser dado um exemplo clássico: a faixa de rádio-amador para dois metros (144 MHz) usa antenas com 50 centímetros, ou seja, antenas de ¼ de onda, nem levando em consideração se é antena omni ou antena direcional, apenas a forma de construção é diferente, o material geralmente é o alumínio.

Dos 500 MHz em diante já é na faixa de UHF, pequena alteração no tamanho dos elementos e na disposição dos elementos já causam grandes modificações no rendimento das antenas, por isso a utilização de fios de cobre passa a ser desprezada, apesar da facilidade em manusear o cobre.

Então é usado cortar os elementos em forma de chapa, e são utilizados desde o alumínio até o latão, obviamente, pelo custo, e depois das experiências feitas, para instalação definitiva, geralmente as antenas de UHF são feitas sobre chapas de fenolite cobreadas, o o cobre que não fizer parte das medidas é corroído e descartado.

Outro fator desse tipo de antena é que o material, mesmo sendo condutor, embora não seja fio, ele fará parte até do corpo ou da sustentação da antena, por isso, o elemento tem o tamanho calculado normalmente, mas ao invés do elemento ser tubular, ele terá o formato de chapa, com a largura de ¼ de onda da antena em projeto.

Veja que é comum fazer antenas para 2.4 GHz tendo como base chapas de felonite, onde os tamanhos dos elementos e da base de sustentação da antena corresponde proporcionalmente a freqüência de operação da antena.
  • Início
  • Gato no Relógio
  • Transformadores de Tensão
  • Estragou Fone Bluetooth
  • O Perigo dos Choques
  • Código Q e Código J
  • Gerador Números Celular
  • Ligando Corneta/Tweeter
  • O Significado de dBi
  • Consertando Fontes PC
  • Bloqueador Sinal Wifi
  • Como Medir Tensão
  • Medir Tensão do Neutro
  • Fusível ou Pedaço de Fio
  • Duas Casas 1 Relógio
  • Central de Cerca Elétrica
  • Os Corpos Carregados
  • Instalar Cerca Elétrica
  • Substituição de Diodos
  • Carregador Disp. USB
  • Código de Transistores
  • Excesso de Corrente
  • Economia Sem Gato
  • Compartilhe TV a Cabo
  • As Lâmpadas da Mesa
  • Entenda a Lei de Ohm
  • Como ligar LEDs no AF
  • Medir Tensão Elétrica
  • Acabar Com Som Alto
  • Tensão Entre Neutro e Terra
  • 1 Ampère = 1 Coulomb
  • Espiras e Transformador
  • Como é o Rádio-Controle
  • Bloqueadores de RF
  • Alcance de Transmissor
  • A Função do Fio Terra
  • Fontes de Alimentação
  • Potência ou Corrente?
  • Sobre Bloqueadores de Sinais GPS
  • O Choque Elétrico
  • A Exposição da Tela
  • Sem Visada Não Dá
  • Qual Chip no Rastreador GPS
  • Cálculo Cabos Coaxiais
  • Transistores e Simbologia
  • Freqüências e Serviços
  • O PC Não Quer Ligar?
  • Existe CI Equivalente?
  • Defeitos Caixas de Som
  • Alô!! Aqui é da Terra!!!
  • O Teste de Capacitores
  • Geradores de Créditos
  • Temporizador Universal
  • Os Gatos & Dúvidas
  • Truques de Investigado
  • Característica Porta LPT
  • Valores de Sinais Wi-Fi
  • Teste de Diodos (Multímetro Digital)
  • Espanta Só Cachorros
  • As Cargas Iguais se....
  • Materiais das Antenas
  • Antenas e Elementos
  • Módulos de RF 433 MHz
  • Neutro Como Terra?
  • O Que é Resistência?
  • A Observação Discreta
  • Um Pouco Sobre 3G
  • Tinta Fotossensível?
  • Está Sendo Monitorado?
  • Instalar o Estabilizador
  • O Sinal Power Good
  • Bloqueadores de Frequência
  • Partida em Gerador
  • Testador de MOSFETs
  • Antenas GSM/CDMA/3G
  • A Resistência Elétrica
  • Carregador Como Fonte
  • Cálculo de Fios e Disjuntor
  • Contato
  • Fazer Tinta Condutiva
  • Gosta de Grampos?
  • Sinal 3G: O Pulo do Gato
  • Indicador 110/220 VCA
  • É Melhor 3G ou GSM?
  • Simples Mas Eficiente
  • Detecção de frequências
  • Seu Chaveiro é Arma
  • Resistência e Resistor
  • Alimentação do PC
  • Testador de Componentes
  • Tipos de Impurezas
  • Transistor, Coloco Qual?
  • A Potência do Diodo
  • Bloqueador Automotivo
  • É Corrente ou Tensão?
  • Transistores Comuns
  • A Unidade de Controle
  • Tensão de Joelho
  • Reparo Fonte Chaveada
  • Montar Provedor Wireless
  • Escutar Comunicações
  • Pisca Pisca LM 555
  • Micro Transmissor GSM
  • Chip Celular no Modem
  • Testes NPN Com Digital
  • Capacitor em Exaustor
  • O Que é Formatar o PC
  • Ligação de Gerador
  • Inversor com TIP/4093
  • O Que é a Eletrônica?
  • Tipos de Alto-Falantes
  • Inversor 12 VCC/220 CA
  • Booster de Áudio
  • Ganhar na Loto Fácil?
  • Principal Benefício do 4G
  • Aterramento de Antenas
  • Registro Profissional
  • Somar Níveis de Som
  • Resetar É Legal
  • Equivalência mW x dBm
  • Medir Intensidade de RF
  • Teste de Bateria
  • Page
  • Sistema Bass Reflex
  • A Frequência do Som
  • Antenas e Seus Preços
  • Resistência Aterramento
  • Frequências dos Drones
  • Métodos de Comprimir
  • Testando Antenas Wlan
  • A Estrutura do Átomo
  • Fonte Chaveada 2 A
  • Materiais Necessários
  • As Conexões Bluetooth
  • Os Semicondutores (I)
  • Mini Estação de TV
  • MOSFETs e Multímetros
  • Impedância de Antenas
  • Qual é Melhor Antena?
  • Teste de Alto-Falantes
  • Regule de 30V Para 12V
  • Dicionário da Eletrônica
  • Elétrons e a Lâmpada
  • Armas: Tipos de Disparo
  • Aplicações Lei de Ohm
  • Calculo de Potência
  • Pré Amplificador 10 dB
  • Amplicador 60 W RMS
  • Fonte de Alimentação
  • Grandezas Analógicas e Digitais
  • Economizar Causa Riscos
  • Conserto Fontes de PC
  • A Central de Choques
  • Como Medir Capacitância
  • As Ondas Estacionárias
  • O Feio Que Resolveu
  • Rastreamento Via Celular
  • Fontes Para Alarmes
  • Fonte Regulada (5 A)
  • Consertar Vale a Pena?
  • A Placa de CPU
  • A Gravação da Matriz
  • Ligação de Motores
  • Redes em Conflito de IP
  • Como Funciona RX-TX
  • O Diodo de Germânio
  • WhatsAPP no Chrome
  • Eletrificador de Cercas
  • Radares e GPSs
  • Zumbido na placa mãe
  • Fonte Tensão Ajustável
  • Comprei Uma Rádio
  • Potência Fontes PC
  • Desbloquear Seu X480
  • Antena Com Lâmpada
  • O Medidor de ROE/SWR
  • Capacitor, Pode ou Não?
  • Chocadeira Com 741, MOC e NTC
  • HT12E e Módulo de RF 433 MHz
  • Acoplador de Antenas
  • Noções Sobre Antenas
  • Usar Sugador de Solda
  • Gaste Menos Energia
  • Bloqueadores de Sinal WiFi
  • Significado Termo RAM
  • Parâmetros AF e Caixas
  • Amplificador MOSFET
  • Mostra Nível da Bateria
  • Arquivo RAR Senhado?
  • Transmissor FM 35 W
  • Economia Sem Roubar
  • A Eletricidade Estática
  • Isolantes e Condutores
  • Invadindo Privacidade?
  • Roteiro Para Dossiê (2)
  • Como Funciona o Celular
  • A Vida Útil das Midias
  • Cuidados e Multímetros
  • Clock ou Relógio (CPU)
  • Campana Com Carros
  • A Teoria da Eletrônica