Esta seção é para dispositivos móveis antigos e com poucos recursos ou quando a conexão é lenta, não é o seu caso :)
Você está usando um Desktop e sua conexão de acesso á internet é boa, para navegar no website normal, Clique Aqui É Corrente ou Tensão?
É Corrente ou Tensão?
É normal ver pessoas que se dizem profissionais mas utilizam e citam de forma totalmente errada as grandezas elétricas, estes confundem tensão, corrente e potência.

Existem profissionais que são capazes de dizer que um determinado equipamento elétrico aparelho funciona com corrente de 200 volts.

Se você for estudante de eletrônica e responder que um aparelho qualquer precisa de uma corrente de 220 volts para funcionar, com certeza leva é um zero.

Tem profissional que não faz citação do tipo o aparelho funciona com corrente de 200 volts, mas pode ter dúvidas que acaba por demonstrar confusão com relação a corrente, tensão e também potência, isso acontece em muitos casos.

Quando você lê um texto de um projeto onde diz que a fonte que fornece uma tensão de 15 volts de saída e corrente de no máximo 3 ampères, e para deixar mais confusão ainda, o mesmo texto diz que a entrada é protegida por um fusível de
apenas 400 mA colocado na rede elétrica de 220 volts.

Para tentar acabar de uma vez com as dúvidas dos nossos visitantes é que este texto foi elaborado, quem tem a cabeça meio confusa quando se trata de distinguir tensão e corrente, talvez possa ajudar a esclarecer, é obvio que se você já for "escolado" este texto não tem valor algum, a não ser para aqueles "escolados" que andam esquecidos ou desejam relembrar os conhecimentos.

Mas, o que é corrente e o que é tensão?

Corrente é o fluxo de cargas elétricas.

A corrente elétrica acontece quando os elétrons livres se movem num fio de cobre e formam uma corrente elétrica.

A medida da quantidade da corrente é feita em função da quantidade de elétrons ou de cargas que passam por um ponto desse fio em cada instante.

Quanto mais cargas passarem por um determinado ponto, maior será a intensidade da corrente.

Falamos que são cargas e não apenas elétrons, pois conforme temos conhecimento, a corrente pode ser obtida quando elétrons livres se movimentam num sentido, é o caso de um metal, ou com lacunas em sentido contrário, para citar um exemplo: um semicondutor do tipo P.

Para medir a intensidade da corrente elétrica é utilizada a unidade ampère, cujo símbolo é A, em maiúscula.

Um ampère (1A) corresponde a uma quantidade de cargas equivalente a 1 coulomb (1C) passando por um ponto de um condutor em cada segundo.

Se levarmos em conta que cada elétron (ou buraco) tem uma carga de 1,6 x 10 elevado a -19 coulombs, podemos ter uma idéia de quantos elétrons estão se movendo num fio e passando por uma certa parte dele quando uma corrente de 1A está sendo conduzida.

Mas se tem alguém que pensa que a velocidade dos elétrons se movendo é muito grande, esse está muito enganado, e é neste ponto que entra o conceito de tensão.

Se fizermos um comparativo um fluxo de água em um encanamento, a eletricidade precisa ser "empurrada" por uma força externa, pois a ação externa que é a responsável por "empurrar" a eletricidade, então sabemos que quem "empurra" a eletricidade é justamente a tensão.

É parecido como ter uma caixa de água a 15 metros de altura e estabelecermos um fluxo de água por um cano com a saída a 7.5 metros de altura, é fácil porque existe uma diferença entre os níveis da água de 7.5 metros.

Se fizermos essa mesma comparação com a eletricidade, podemos ter a tensão de 15 volts e a outra extremidade do fio uma tensão de 7.5 volts, de modo que a diferença de potencial ou ddp será de 7.5 volts.

Então podemos concluir que a causa a circulação de uma corrente é a diferença de potencial entre as extremidades de um fio ou um circuito.

Uma maneira eficaz para o entendimento é sempre comparar com a pressão que podemos ter num encanamento de água, a tendência é a água procurar saída pelo lugar onde o nível é mais baixo, e porque será que os rios sempre correm para mar?

Simplesmente porque o mar está num nível mais baixo do que os rios, com a eletricidade é a mesma coisa.

Se fizermos a comparação e enterdermos exatamente o que acontece, não precisaremos saber qual é o potencial em que se encontra cada extremidade do fio.

Podemos simplesmente dizer que o potencial ou a tensão no fio é de tantos volts, dessa forma estaremos nos referindo a quantidade de força disponível para empurrar a corrente, e considerando que a outra extremidade se encontra-se no mesmo nível de referência ou em zero.

A tensão positiva provoca uma corrente em um sentido e a tensão em sentido contrário, note que a tensão é o motivo do movimento das cargas, a corrente é o efeito causado pelo movimento dessas cargas.

Se não houver tensão não haverá circulação de corrente, mas pode existir tensão sem existir circulação de corrente.

Tomemos como exemplo os pólos de uma pilha, existe uma diferença de potencial, ou seja, existe a possibilidade da pilha aplicar uma tensão em um circuito.

Mas só existirá circulação de corrente no momento em que for ligado aos pólos da pilha um meio ou um circuito por onde a corrente possa passar.

Numa tomada de energia elétrica existe uma tensão de 110 ou 220 volts (depende da região), mas corrente só irá existir no insatante em que algum aparelho for ligado a esta tomada.
  • Início
  • Gato no Relógio
  • Transformadores de Tensão
  • Estragou Fone Bluetooth
  • O Perigo dos Choques
  • Código Q e Código J
  • O Significado de dBi
  • Ligando Corneta/Tweeter
  • Consertando Fontes PC
  • Gerador Números Celular
  • Como Medir Tensão
  • Bloqueador Sinal Wifi
  • Os Corpos Carregados
  • Fusível ou Pedaço de Fio
  • Medir Tensão do Neutro
  • Duas Casas 1 Relógio
  • Substituição de Diodos
  • Instalar Cerca Elétrica
  • Código de Transistores
  • Carregador Disp. USB
  • Central de Cerca Elétrica
  • As Lâmpadas da Mesa
  • Entenda a Lei de Ohm
  • Excesso de Corrente
  • Compartilhe TV a Cabo
  • Potência ou Corrente?
  • 1 Ampère = 1 Coulomb
  • Medir Tensão Elétrica
  • Como ligar LEDs no AF
  • Acabar Com Som Alto
  • Bloqueadores de RF
  • Tensão Entre Neutro e Terra
  • A Função do Fio Terra
  • Como é o Rádio-Controle
  • Espiras e Transformador
  • Fontes de Alimentação
  • Alcance de Transmissor
  • Sem Visada Não Dá
  • Economia Sem Gato
  • Cálculo Cabos Coaxiais
  • A Exposição da Tela
  • Sobre Bloqueadores de Sinais GPS
  • Temporizador Universal
  • Existe CI Equivalente?
  • Qual Chip no Rastreador GPS
  • O PC Não Quer Ligar?
  • Transistores e Simbologia
  • Característica Porta LPT
  • Teste de Diodos (Multímetro Digital)
  • O Teste de Capacitores
  • Valores de Sinais Wi-Fi
  • Materiais das Antenas
  • Defeitos Caixas de Som
  • Freqüências e Serviços
  • Alimentação do PC
  • Alô!! Aqui é da Terra!!!
  • O Choque Elétrico
  • Espanta Só Cachorros
  • Antenas e Elementos
  • Antenas GSM/CDMA/3G
  • O Que é Resistência?
  • Instalar o Estabilizador
  • Módulos de RF 433 MHz
  • Neutro Como Terra?
  • Testador de MOSFETs
  • Os Gatos & Dúvidas
  • A Resistência Elétrica
  • Tinta Fotossensível?
  • Truques de Investigado
  • A Observação Discreta
  • Carregador Como Fonte
  • Geradores de Créditos
  • Fazer Tinta Condutiva
  • Um Pouco Sobre 3G
  • As Cargas Iguais se....
  • O Sinal Power Good
  • Resistência e Resistor
  • Indicador 110/220 VCA
  • Testador de Componentes
  • Principal Benefício do 4G
  • Transistores Comuns
  • Cálculo de Fios e Disjuntor
  • A Unidade de Controle
  • Está Sendo Monitorado?
  • A Potência do Diodo
  • Reparo Fonte Chaveada
  • Bloqueadores de Frequência
  • Gosta de Grampos?
  • Partida em Gerador
  • É Corrente ou Tensão?
  • Sinal 3G: O Pulo do Gato
  • Elétrons e a Lâmpada
  • Chip Celular no Modem
  • Seu Chaveiro é Arma
  • É Melhor 3G ou GSM?
  • Bloqueador Automotivo
  • Transistor, Coloco Qual?
  • Detecção de frequências
  • O Que é Formatar o PC
  • Fonte Chaveada 2 A
  • Tipos de Impurezas
  • Simples Mas Eficiente
  • Resetar É Legal
  • Conserto Fontes de PC
  • Pisca Pisca LM 555
  • Booster de Áudio
  • Ligação de Gerador
  • Equivalência mW x dBm
  • Montar Provedor Wireless
  • Micro Transmissor GSM
  • Tensão de Joelho
  • Tipos de Alto-Falantes
  • Aterramento de Antenas
  • Materiais Necessários
  • Medir Intensidade de RF
  • As Conexões Bluetooth
  • Escutar Comunicações
  • Grampos Telefônicos
  • Inversor com TIP/4093
  • Sistema Bass Reflex
  • Antenas e Seus Preços
  • Os Semicondutores (I)
  • Fonte Tensão Ajustável
  • Pré Amplificador 10 dB
  • Fonte de Alimentação
  • Capacitor em Exaustor
  • Dicionário da Eletrônica
  • O Que é a Eletrônica?
  • Page
  • Contato
  • A Placa de CPU
  • Potência Fontes PC
  • Impedância de Antenas
  • Testes NPN Com Digital
  • Mini Estação de TV
  • Qual é Melhor Antena?
  • Amplicador 60 W RMS
  • Chocadeira Com 741, MOC e NTC
  • A Frequência do Som
  • Ganhar na Loto Fácil?
  • A Estrutura do Átomo
  • MOSFETs e Multímetros
  • Teste de Bateria
  • Como Medir Capacitância
  • Testando Antenas Wlan
  • Inversor 12 VCC/220 CA
  • O Diodo de Germânio
  • Calculo de Potência
  • Resistência Aterramento
  • Eletrificador de Cercas
  • Somar Níveis de Som
  • Registro Profissional
  • Fonte Regulada (5 A)
  • Regule de 30V Para 12V
  • Frequências dos Drones
  • Antena Com Lâmpada
  • Aplicações Lei de Ohm
  • A Central de Choques
  • Características RF UHF
  • Clock ou Relógio (CPU)
  • Consertar Vale a Pena?
  • Cuidados e Multímetros
  • Zumbido na placa mãe
  • As Ondas Estacionárias
  • Usar Sugador de Solda
  • Grandezas Analógicas e Digitais
  • Antenas de 5/8 de Onda
  • Isolantes e Condutores
  • Mostra Nível da Bateria
  • Amplificador MOSFET
  • Métodos de Comprimir
  • Armas: Tipos de Disparo
  • Pol. Reversa do Diodo
  • Transmissor FM 35 W
  • Fonte Simples (USB)
  • Arquivo RAR Senhado?
  • O Feio Que Resolveu
  • Fonte Ajustável 1,5 a 15V
  • Rastreamento Via Celular
  • Serigrafia na Eletrônica
  • Carregador de Baterias
  • Significado Termo RAM
  • A Corrente Elétrica
  • Teste de Alto-Falantes
  • Acoplador de Antenas
  • Inversor Ajustável CMOS
  • O Medidor de ROE/SWR
  • Redes em Conflito de IP
  • Seguidor de Sinais
  • A Vida Útil das Midias
  • As Antenas Verticais
  • Bloqueadores de Sinal WiFi
  • Comprei Uma Rádio
  • Regulador e Booster
  • Chave Bi-Estável Com 555
  • Como Funciona RX-TX
  • A Eletricidade Estática
  • Invadindo Privacidade?
  • Fontes Para Alarmes
  • No Volume Que Quero
  • Roteiro Para Dossiê (2)