Esta seção é para dispositivos móveis antigos e com poucos recursos ou quando a conexão é lenta, não é o seu caso :)
Você está usando um Desktop e sua conexão de acesso á internet é boa, para navegar no website normal, Clique Aqui Conserto Fontes de PC
Conserto Fontes de PC
Saber os procedimentos para consertar fontes de microcomputadores é essencial para qualquer técnico que se preze, como recebo vários e-mails fazendo perguntas a respeito desse tema, resolvi escrever sobre o assunto e texto tento passar a minha maneira os procedimentos de forma simples e de fácil entendimento para consertar fontes de PC de modo muito prático.

Para consertar qualquer equipamento eletrônico serão necessárias algumas ferramentas, para uma fonte de computador não é diferente, então será preciso ter em mãos um multímetro, um transformador de 220 para 220 volts, se a rede for de 110 volts, obviamente o transformador será de 110 para 110 volts, uma lâmpada incandescente de 100 watts, soldador para eletrônica com pelo menos 100 watts, solda e sugador solda.

Em nenhuma hipótese mexa numa fonte sem retirar o cabo de força dela da tomada, tenha em mente que está fazendo algo que pode ser perigoso, dependendo dos tipos de cuidados tomados nos procedimentos para consertar qualquer equipamento que dependa da eletricidade para funcionar.

Antes de testar qualquer fonte de computador, é preciso lembrar que eles trabalham diretamente com a tensão de alimentação, por isso é altamente aconselhável ligar um transformador isolador, com isso evita-se riscos desnecessários e perigo de eletrocussão, a lâmpada sugerida acima é para ligar em série no caso de suspeitar de curto-circuito.

Comece sempre pelo fusível, se ele estiver queimado, antes de substituí-lo por outro, faça o teste de funcionamento da ponte de diodos, às vezes é uma ponte retificadora, a queima de fusível pode ter acontecido devido a ponte de diodos ter entrado em curto, se não resolver o problema da ponte de diodos, o novo fusível irá queimar também.

Os diodos conduzem o fluxo de corrente num sentido único, se no teste de continuidade a corrente circular nos dois sentidos, a ponte de diodos está em curto e deverá ser substituída.

Quando a ponte de diodos é formada por diodos avulsos, ou seja, por quatros diodos, o teste de continuidade deve ser feito em cada um dos diodos para comprovar o funcionamento correto de cada diodo.

Só para lembrar, cada componente a ser testado deve ser removido do circuito para realizar o teste de funcionamento, caso contrário, a medida poderá apresentar resultados falsos.
Outra dica, jamais use pedaços de fio no lugar de fusíveis queimados, isso pode fazer com que a fonte fique ainda mais danificada, podendo até fazer com que ela vire sucata.

Se a ponte de diodos estiver boa, retire do circuito o transistor de comutação da linha de entrada, e faça o teste de funcionamento do transistor.

A grande maioria dos transistores de comutação da linha de entrada são do tipo NPN, para comprovar o funcionamento de transistores é preciso medir as junções base a coletor, retire o transistor da placa e faça teste de continuidade de base a emissor, de coletor a emissor, de emissor a coletor, deverá apresentar condução em um único sentido, e se a resistência apresentada entre as junções for muito baixa, o transistor deve ser substituído.

O próximo passo é verificar o funcionamento dos capacitores eletrolíticos, faça o teste de funcionamento de capacitores fora do circuito, lembre-se que deve ser descarregado o capacitor a ser testado antes de fazer qualquer tipo de teste, note que me refiro aos dois capacitores de tamanho maior que existem na fonte, geralmente ficam perto da ponte retificadora e do transistor de comutação, às vezes, o defeito pode até ser constatado visualmente, pois caso exista algum capacitor estourado ele deixou vazar eletrólito, até um cheiro esquisito existe no caso de ter estourado algum capacitor na fonte.

Existem quatro resistores associados aos transistores de saída, que muitas vezes tem seus valores alterados devido ao tempo utilizado.

Os valores em ohms de dois desses resistores variam entre os diferentes fabricantes de fontes, mas são facilmente identificados, pois estão conectados a bases dos transistores de saída, e geralmente os valores são próximos dos 330k ohms, enquanto que outros dois resistores têm seus valores próximos a 2,2 ohms, e que geralmente estão ligados aos emissores dos transistores.

A "partida" da fonte é feita por um capacitor do tipo poliéster em série com o transformador de entrada e um resistor de aproximadamente 12 ohms, da mesma forma que no caso dos capacitores de entrada, o resistor pode ter valores diferentes dependendo do fabricante.

As fontes ATX precisam de um impulso para iniciar o boot, elas podem ser ligadas diretamente pela placa mãe, mesmo que não existam outros dispositivos, mas para isso é preciso que ela esteja dando a partida normalmente.

Se depois de seguir estes procedimentos e a fonte ainda não funciona, é necessário verificar o oscilador, então já é necessário dispor de um osciloscópio de pelo menos 20 MHz, às vezes, o investimento de tempo e custo dos componentes não vale a pena, é a hora de decidir se vai em frente ou bota a fonte para sucata.

Os moduladores de pulso da maioria das fontes são feitos por circuitos integrados.
Começa-se por verificando o funcionamento dos circuitos integrados as tensões nos diferentes segmentos, obviamente, nesse ponto já será necessário ter o esquema do circuito eletrônico da fonte que está com defeito.

Existem casos em que não existem componentes defeituosos, com o passar do tempo começam a aparecer soldas frias, são soldas que se desfazem e deixam de conduzir e acabam gerando defeitos, que na verdade, são até mais difíceis de serem encontrados, pois são defeitos que ora aparecem e ora não aparecem, na desconfiança de solda fria, o negócio é refazer todos os pontos de solda que seus olhos acharem suspeitos.

Com minha experiência, se não encontro defeito na ponte de diodos e se os capacitores eletrolíticos de alta tensão não apresentarem defeitos nos testes, já passo a revisar os pontos de solda próximos de onde existe tensão mais alta, ou seja, da entrada, lembre-se, com tudo desligado.

Existem fontes que utilizam diodos de sinal 1N4148, são diodos fracos e ficam com defeito com muita facilidade, uma simples piscada de luz pode gerar o defeito, não adianta trocar por um mais forte, retire o diodo do circuito e faça o teste de continuidade, se estiver com defeito, coloque outro diodo igual no lugar dele.

Os diodos Zener têm uma tendência a entrar em curto se for trocada a tensão de entrada na fonte na chave seletora de tensão.

A maioria das fontes é parecida fisicamente, mas a ponte retificadora, os transistores e e demais componentes que são colocados no circuito eletrônico são diferentes, embora tenham a mesma função, na verdade, existem fontes que tem apenas dois diodos no lugar da ponte retificadora, de qualquer modo, sendo dois diodos ou quatro diodos, a fonte irá funcionar, e os testes deverão ser feitas da mesma forma, ou seja, teste de continuidade neles.

Neste texto citei os procedimentos que sigo e que tenho consertado muitas e muitas fontes de PC.

Espero que estas informações sejam úteis principalmente para os novatos, claro que alguns técnicos já experientes conhecem esses procedimentos.

Eu nunca recebi junto com qualquer fonte para conserto os esquemas das fontes de PC, mas tive um aliado muito importante, que é o guia de substituição de transistores e de circuitos integrados.

Junto com o guia de substituição de componentes, é preciso ter conhecimento básico e muita paciência para soldar e remover componentes com a finalidade de realizar testes de funcionamento, além é claro, de ter cuidado para não danificar a placa de circuito impresso que serve de apoio para os componentes.

Como alerta final, tenha muito cuidado ao manusear qualquer tipo de fonte, inclusive as fontes de computadores, pois elas trabalham diretamente com a tensão de alimentação, e se não tiver o cuidado, poderá acontecer até acidente fatal com eletricidade.

É muito mais seguro trabalhar em paz e harmonia com tudo a sua volta e trabalhar com transformadores isoladores.
  • Início
  • Gato no Relógio
  • Transformadores de Tensão
  • Estragou Fone Bluetooth
  • O Perigo dos Choques
  • Código Q e Código J
  • O Significado de dBi
  • Ligando Corneta/Tweeter
  • Consertando Fontes PC
  • Gerador Números Celular
  • Como Medir Tensão
  • Bloqueador Sinal Wifi
  • Os Corpos Carregados
  • Fusível ou Pedaço de Fio
  • Medir Tensão do Neutro
  • Duas Casas 1 Relógio
  • Substituição de Diodos
  • Instalar Cerca Elétrica
  • Código de Transistores
  • Carregador Disp. USB
  • Central de Cerca Elétrica
  • Entenda a Lei de Ohm
  • As Lâmpadas da Mesa
  • Excesso de Corrente
  • Compartilhe TV a Cabo
  • Potência ou Corrente?
  • 1 Ampère = 1 Coulomb
  • Medir Tensão Elétrica
  • Como ligar LEDs no AF
  • Acabar Com Som Alto
  • Bloqueadores de RF
  • Tensão Entre Neutro e Terra
  • Como é o Rádio-Controle
  • Espiras e Transformador
  • A Função do Fio Terra
  • Fontes de Alimentação
  • Alcance de Transmissor
  • Sem Visada Não Dá
  • Economia Sem Gato
  • Cálculo Cabos Coaxiais
  • Sobre Bloqueadores de Sinais GPS
  • A Exposição da Tela
  • Temporizador Universal
  • Existe CI Equivalente?
  • Qual Chip no Rastreador GPS
  • Transistores e Simbologia
  • O PC Não Quer Ligar?
  • O Teste de Capacitores
  • Característica Porta LPT
  • Teste de Diodos (Multímetro Digital)
  • Valores de Sinais Wi-Fi
  • Materiais das Antenas
  • Defeitos Caixas de Som
  • Freqüências e Serviços
  • Alimentação do PC
  • Alô!! Aqui é da Terra!!!
  • O Choque Elétrico
  • Espanta Só Cachorros
  • Antenas e Elementos
  • Antenas GSM/CDMA/3G
  • O Que é Resistência?
  • Instalar o Estabilizador
  • Módulos de RF 433 MHz
  • Os Gatos & Dúvidas
  • Neutro Como Terra?
  • Truques de Investigado
  • A Resistência Elétrica
  • Testador de MOSFETs
  • Tinta Fotossensível?
  • Carregador Como Fonte
  • Geradores de Créditos
  • A Observação Discreta
  • As Cargas Iguais se....
  • Um Pouco Sobre 3G
  • Fazer Tinta Condutiva
  • O Sinal Power Good
  • Resistência e Resistor
  • Indicador 110/220 VCA
  • Testador de Componentes
  • Cálculo de Fios e Disjuntor
  • Principal Benefício do 4G
  • Transistores Comuns
  • Está Sendo Monitorado?
  • A Unidade de Controle
  • Bloqueadores de Frequência
  • A Potência do Diodo
  • Reparo Fonte Chaveada
  • Gosta de Grampos?
  • Partida em Gerador
  • É Corrente ou Tensão?
  • Sinal 3G: O Pulo do Gato
  • Elétrons e a Lâmpada
  • Chip Celular no Modem
  • Seu Chaveiro é Arma
  • Bloqueador Automotivo
  • É Melhor 3G ou GSM?
  • Transistor, Coloco Qual?
  • Detecção de frequências
  • Tipos de Impurezas
  • Simples Mas Eficiente
  • O Que é Formatar o PC
  • Resetar É Legal
  • Pisca Pisca LM 555
  • Fonte Chaveada 2 A
  • Conserto Fontes de PC
  • Booster de Áudio
  • Micro Transmissor GSM
  • Tipos de Alto-Falantes
  • Tensão de Joelho
  • Equivalência mW x dBm
  • Ligação de Gerador
  • Montar Provedor Wireless
  • Aterramento de Antenas
  • Materiais Necessários
  • Medir Intensidade de RF
  • Escutar Comunicações
  • As Conexões Bluetooth
  • Inversor com TIP/4093
  • Sistema Bass Reflex
  • Os Semicondutores (I)
  • Antenas e Seus Preços
  • Pré Amplificador 10 dB
  • Fonte de Alimentação
  • Grampos Telefônicos
  • Capacitor em Exaustor
  • O Que é a Eletrônica?
  • Contato
  • Fonte Tensão Ajustável
  • Page
  • Dicionário da Eletrônica
  • A Placa de CPU
  • Potência Fontes PC
  • Impedância de Antenas
  • Testes NPN Com Digital
  • Chocadeira Com 741, MOC e NTC
  • Mini Estação de TV
  • Qual é Melhor Antena?
  • A Frequência do Som
  • Ganhar na Loto Fácil?
  • Amplicador 60 W RMS
  • A Estrutura do Átomo
  • MOSFETs e Multímetros
  • Como Medir Capacitância
  • Inversor 12 VCC/220 CA
  • Teste de Bateria
  • Testando Antenas Wlan
  • Calculo de Potência
  • O Diodo de Germânio
  • Somar Níveis de Som
  • Resistência Aterramento
  • Eletrificador de Cercas
  • Registro Profissional
  • Fonte Regulada (5 A)
  • Frequências dos Drones
  • Antena Com Lâmpada
  • Aplicações Lei de Ohm
  • A Central de Choques
  • Regule de 30V Para 12V
  • Características RF UHF
  • Clock ou Relógio (CPU)
  • Cuidados e Multímetros
  • Zumbido na placa mãe
  • Consertar Vale a Pena?
  • Grandezas Analógicas e Digitais
  • Usar Sugador de Solda
  • As Ondas Estacionárias
  • Métodos de Comprimir
  • Armas: Tipos de Disparo
  • Amplificador MOSFET
  • Mostra Nível da Bateria
  • Transmissor FM 35 W
  • Antenas de 5/8 de Onda
  • Isolantes e Condutores
  • Arquivo RAR Senhado?
  • Pol. Reversa do Diodo
  • O Feio Que Resolveu
  • Rastreamento Via Celular
  • Fonte Ajustável 1,5 a 15V
  • Inversor Ajustável CMOS
  • Fonte Simples (USB)
  • Carregador de Baterias
  • A Corrente Elétrica
  • Teste de Alto-Falantes
  • Serigrafia na Eletrônica
  • O Medidor de ROE/SWR
  • Acoplador de Antenas
  • Redes em Conflito de IP
  • Significado Termo RAM
  • A Vida Útil das Midias
  • Seguidor de Sinais
  • As Antenas Verticais
  • Bloqueadores de Sinal WiFi
  • Comprei Uma Rádio
  • A Eletricidade Estática
  • Como Funciona RX-TX
  • Fontes Para Alarmes
  • Regulador e Booster
  • Chave Bi-Estável Com 555
  • No Volume Que Quero
  • Roteiro Para Dossiê (2)
  • Invadindo Privacidade?