Esta seção é para dispositivos móveis antigos e com poucos recursos ou quando a conexão é lenta, não é o seu caso :)
Você está usando um Desktop e sua conexão de acesso á internet é boa, para navegar no website normal, Clique Aqui Os Componentes R, L, C
Os Componentes R, L, C
Nesta breve descrição são fornecidas as funções básicas de um indutor (L), um capacitor (C), e um resistor (R).

Também estão incluídas as relações matemáticas da tensão entre os terminais e a corrente através destes elementos do circuito, como mostrado na figura abaixo.



Vamos considerar esses elementos como se fossem componentes ideais, isto é, L, C, representam um ótimo indutor, capacitor, e resistor, respectivamente.



Um indutor ideal libera toda a energia magnética e não armazena energia elétrica, este componente também não dissipa qualquer potência da fase, e nem altera o tempo da corrente elétrica, portanto, não altera a fase de tensão através de seus terminais.

A dependência do tempo é assumida como sendo a raiz quadrada média, em outras palavras é o valor RMS da corrente.

Em um capacitor de capacitância ideal, a energia depois de armazenada é liberada e é energia de tipo elétrico, pois capacitores não dissipam a energia.

Em um capacitor em fase da corrente elétrica lidera a fase da tensão da corrente elétrica, conforme demonstra a fórmula a seguir:



Um componente com perdas, quando sua dimensão é muito menor que a operação do comprimento de onda, é considerado resistor linear, nesse componente, a tensão e a corrente através de seus terminais estão em fase e a potência incidente é completamente dissipada.

Se tensão e corrente é a tensão RMS, a corrente através de um resistor de valor conhecido pode ser obtida através da lei de Ohm:



A potência dissipada é dada pelos elementos de RF: