Sobre Antenas 3G ou 4G

Há conflito de interesses quando se fala de antenas, principalmente quando há interesse comercial, tanto essa afirmação é verdadeira que os vendedores ofertam antenas por verdadeiras fortunas, e obviamente ficam chateados quando alguém em algum lugar alerta sobre o assunto.

As antenas são pedaços de material condutivo, obviamente que corretamente dimensionadas para uma determinada frequência ressonante, só assim que faz sentido.

O problema em muitos casos acontece quando são anunciadas antenas para tipos de modulação, ou seja, tipos de informações que a portadora de rádio frequência transporta.

Com a quantidade cada vez maior de redes de computadores que se interligam sem fios, as ondas de rádio são usadas para conectar redes de computadores cada vez redes maiores.

Utilizando redes de telefonia celular com tecnologia 3G e 4G disponível em várias cidades brasileiras, surgem os fabricantes de antenas e seus respectivos vendedores, uns fabricam e outros vendem antenas 3G ou 4G.

Não dá para julgar, mas o certo é que há má intenção ou desconhecimento em relação ao assunto, pois antenas 3G ou 4G não existem.

A verdade é que não existem antenas para 3G, 4G, AM, FM, SSB ou para qualquer outro tipo de modulação que exista ou que venha a existir.

O que existem são antenas para as frequências que são moduladas por qualquer tipo de informação, seja modulação em áudio ou dados em qualquer modalidade.

Esclareço que não se fabrica antenas para tipos de dados ou de informações que são transportadas pelas ondas de rádio, ou seja, para obter as medidas de uma antena não importa o tipo de informação que é transportada, o que é importante é saber a frequência de operação do transmissor ou do receptor.


Para receber notificações sobre atualizações no Website Ibytes e atualizações do Canal Ibytes no Youtube, entre no grupo clicando nesse link ( Telegram ).