A Lei de Coulomb

A Lei de Coulomb estabelece que duas cargas elétricas pontuais se atraem ou repelem com uma força cuja intensidade é mostrada abaixo:

Note que define a permitividade do vazio, e Qx, Qy e r representam, respectivamente, os valores absolutos das cargas elétricas e a distância entre as mesmas.

A força elétrica é uma grandeza vetorial com intensidade, direção e sentido.

A direção coincide com a reta que une as duas cargas, e o sentido é estabelecido pelo sinal das cargas em presença.
A força é de atração quando as cargas apresentam sinais contrários, como é o caso da força de atração existente entre elétrons e prótons nos átomos, e de repulsão nos casos contrários.

Em geral, num espaço preenchido por múltiplas cargas pontuais a força elétrica exercida sobre cada uma delas resulta da soma vetorial de contribuições parciais.

Na figura abaixo são mostrados alguns exemplos elucidativos da intensidade, direção e sentido da força exercida entre as cargas eléctricas.

Força elétrica exercida por um próton sobre um elétron (a), entre elétrons (b) e por múltiplos elétrons sobre um elétron (c), note que as cargas positivas e negativas são representadas a branco e a cheio, respectivamente.


Para receber notificações sobre atualizações no Website Ibytes e atualizações do Canal Ibytes no Youtube, entre no grupo clicando nesse link ( Telegram ).