Função Booster de RF

Um transmissor é dividido em diversos blocos, e cada um dos blocos tem uma função específica, com um retransmissor ou repetidor não é muito diferente, mas ao invés de ser chamado de transmissor é chamado de booster, é o mesmo que reforçador ou amplificador de RF, e quem está familiarizado com alta potência em radiofrequência, chama esse tipo de equipamento de “botina”.

O booster de RF é utilizado quando um transmissor é usado para amplificar e retransmitir ou apenas repetir um determinado canal que corresponde a uma determinada freqüência, as vezes a retransmissão acontece na mesma freqüência de origem, mas a grande maioria das retransmissões são em frequências diferentes da freqüência de origem.

A entrada do booster recebe a freqüência através de uma antena e converte a freqüência para uma freqüência intermediária, amplifica o sinal e o entrega na entrada do amplificador de freqüência intermediária, que por sua vez, entrega na etapa de saída do transmissor.

Para ficar mais claro, imagine a transmissão de um canal de TV, onde o objetivo do booster é aumentar a potência de transmissão e também mudar o canal de transmissão, isso é muito útil, pois evita que canais fiquem muito próximos e, entre os próprios canais, um dificulte a sintonia do outro por causar interferência.

Quando usamos um booster de RF sempre estaremos recebendo o sinal de outro canal e transformando o sinal captado em uma freqüência intermediária (FI) para entregar em um estágio final do transmissor.

Os estágios principais de um booster são: amplificador de entrada, mixer, oscilador e multiplicador e amplificador de FI.
A alimentação para o booster pode ser feita pelo mesmo cabo que leva o sinal de FI para o transmissor, que recebe a FI e envia tensão contínua para alimentar o booster.

Dependendo da complexidade e da freqüência de operação, o booster pode ser montado pelo próprio interessado, obviamente que não se trata de aparelho para ser montado por curiosos que pouco ou nada tem de conhecimentos sobre radiofrequência  e principalmente sobre antenas.

Cito mais uma vez que, não adianta um super booster de 1000 watts, se a antena que tem a função de transmitir o sinal de radiofrequência para o espaço é do tipo “mal feita” ou a antena foi “cortada” para uma freqüência diferente da freqüência de operação do booster.

Postagens relacionadas
  • Direcional Para 5.8 GHz
  • Teste de Módulos de RF
  • Módulos de RF 433 MHz
  • Celular Nos Confins
  • Bloqueadores de RF
  • As Ondas de Rádio
  • Posts mais acessados
  • Teste de Bateria (14816)
  • Antena Para Celular (12236)
  • Amplicador 60 W RMS (9717)
  • Os Gatos & Dúvidas (8303)
  • Ganhar na Loto Fácil? (5898)
  • Utilize a busca para encontrar o tema de seu interesse.
    Pense no meio ambiente antes de este link.   Dúvidas? Acesse o Fórum