R em Paralelo (2R /4R)

Quando é necessária uma associação de resistores num determinado circuito, pode ser por necessidade de um valor específico em ohms, pode ser num fim de semana e o comércio especializado está fechado, o valor em ohms não existe no comércio, ou por uma necessidade momentânea para um experimento qualquer.

Nesse caso é preciso fazer uma associação de resistores, temos como parâmetro que a tensão em todos os resistores é igual, então a soma das correntes que atravessam os resistores é igual à resistência do resistor equivalente.

A resistência equivalente de uma associação em paralelo sempre será menor que o resistor de menor resistência da associação, a fórmula abaixo é para associação em paralelo de dois resistores.


Isso evita que tenham que ser trocados os resistores préviamente instalados, assim os resistores originais permanecem na placa de circuito impresso e são acrescentados os resistores de ajuste, e nas ligações elétricas acabam por serem feitas ligações paralela de resistores.

Para calcular a resistência total do circuito, deve-se primeiro calcular a resistência equivalente dos resistores em paralelo, no exemplo citado são apenas resistores em paralelo nos dois exemplos, se existirem resistores ligados em paralelo e em série, a fórmula para a obter a resistência equivalente é utilizada a fórmula do exemplo acima associada a outra fórmula, (trataremos em outro link), cito este detalhe pois num mesmo circuito podem ser encontrados apenas resistores em série, resistores em paralelo ou resistores em série-paralelo.

Postagens relacionadas
  • Retificadores e Nomenclaturas
  • Assim Surgiu a Eletrônica
  • Repelente Não Funciona
  • A Corrente é …..
  • Excesso de Corrente
  • Porque Não Atendo
  • Posts mais acessados
  • Teste de Bateria (43702)
  • Gerador Números Celular (37914)
  • Antena Para Celular (31833)
  • Amplicador 60 W RMS (23220)
  • Os Gatos & Dúvidas (21779)
  • Utilize a busca para encontrar o tema de seu interesse.
    Pense no meio ambiente antes de este link.