Magnetismo e Indução

Um campo magnético possui duas propriedades distintas, a primeira, de atrair e repelir substâncias magnéticas como ferro, cobalto e níquel, e a segunda, de indução, sendo que o mesmo pode ser natural ou artificial.

Natural: Quando é gerado por um imã natural ou por fenômenos elétricos atmosféricos.

Artificial: Quando é gerado pela interferência humana, nesse caso é conhecido como campo eletromagnético.

Toda corrente elétrica gera um campo magnético de igual intensidade desta, ou vice-versa, portanto podemos com um campo magnético também gerar uma corrente elétrica e este fenômeno acontece pelo processo que denominamos de indução eletromagnética.

Um transformador é um equipamento que através da indução eletromagnética, efetua a transformação da voltagem, tanto para maior quanto para menor.

O transformador recebe denominações de nuclear ou encouraçado de acordo com sua estrutura, trifásico, bifásico ou monofásico de acordo com suas fases, de alta ou baixa tensão, regulador de tensão, isolador de corrente ou simplesmente transformador de voltagens, sempre de acordo com suas finalidades.

Na figura abaixo temos um transformador tipo nuclear com duas bobinas calculada para 220 volts e outra para 110 volts ou seja, se aplicamos 220 volts no enrolamento primário, teremos 110 volts no enrolamento secundário.

O inverso também é verdadeiro, pois se aplicamos 110 volts no enrolamento secundário, teremos 220 volts no enrolamento primário, neste caso estes transformadores tem a finalidade simplesmente de transformar a voltagem tanto para mais quanto para menos.

Um transformador pode ter varias voltagens tanto no enrolamento (bobina) primário quanto no enrolamento (bobina) secundário.
A voltagens em uma das bobina é diretamente proporcional ao numero de espiras em relação a outra bobina, ou seja, se no secundário ao invés de 100 espiras, tivermos 200, teremos 200 volts ao invés de 110.

Embora existam diferenças visuais entre transformadores, todos têm o mesmo princípio de funcionamento, e para projetar um transformador, é necessário primeiro definir o tipo de transformado e a finalidade do mesmo, se para uso como estabilizador, isolador de corrente ou simplesmente como transformador de voltagem.

Definindo o seu uso, é possivel definir as voltagens dos enrolamentos, se os mesmos serão de uso contínuo ou intermitente e qual a potencia que será necessária.

Postagens relacionadas
  • Retificadores e Nomenclaturas
  • Assim Surgiu a Eletrônica
  • Repelente Não Funciona
  • A Corrente é …..
  • Excesso de Corrente
  • Porque Não Atendo
  • Posts mais acessados
  • Teste de Bateria (43692)
  • Gerador Números Celular (37900)
  • Antena Para Celular (31825)
  • Amplicador 60 W RMS (23213)
  • Os Gatos & Dúvidas (21773)
  • Utilize a busca para encontrar o tema de seu interesse.
    Pense no meio ambiente antes de este link.