Lig. de Transformadores

Os transformadores podem ser construídos com múltiplos enrolamentos primários ou secundários.

Os enrolamentos encontram-se acoplados uns aos outros através de um núcleo magnético comum, sendo em geral todos eles sede de fluxo magnético e de força eletromotriz induzida.

Na figura abaixo são apresentadas diversas ligações alternativas de um transformador com dois enrolamentos secundários.
No caso representado em (b) os enrolamentos do secundário são utilizados em circuitos isolados do ponto de vista galvânico, nos casos considerados em (c) e (d) os enrolamentos são ligados em série um com o outro, resultando, respectivamente, na soma e na subtração das forças eletromotrizes respectivas, e, finalmente, nos casos ilustrados em (e) e (f) os enrolamentos partilham um nó de referência comum, portanto constituindo circuitos não isolados do ponto de vista galvânico.



Os transformadores com ponto médio representados na figura acima são muito utilizados na correção de sinais senoidais e na geração de sinais diferenciais, cujos sinais com tem amplitudes iguais mas sinais contrários, claro que nesse caso os dois enrolamentos devem ser idênticos.

No que diz respeito à reflexão das impedâncias dos dois secundários para o primário (exemplo (b)), a igualdade entre as potências aparentes fornecidas pela fonte ao primário e pelos secundários às cargas são a soma das duas saídas, a indicação é que do ponto de vista do primário as impedâncias são primeiro refletidas e depois associadas em paralelo.

Postagens relacionadas
  • Quem Rouba Mais?
  • O Disjuntor e a Segurança
  • Eletricidade e Segurança.
  • Gerar e Usar a Energia
  • Gerar Energia Infinita
  • Eletricidade e Eletrônica
  • Posts mais acessados
  • Teste de Bateria (43692)
  • Gerador Números Celular (37900)
  • Antena Para Celular (31825)
  • Amplicador 60 W RMS (23213)
  • Os Gatos & Dúvidas (21773)
  • Utilize a busca para encontrar o tema de seu interesse.
    Pense no meio ambiente antes de este link.