Varreduras em Monitores

Como uma tela possui duas dimensões, a largura e a altura, o feixe de elétrons terá que se mover ao longo dela para percorrer todos os pontos da imagem.

Esse movimento é chamado de varredura, ela desloca o feixe ao longo de toda a tela e, enquanto isso, o sinal de vídeo varia a intensidade do feixe, definindo se o pixel, ou elemento de imagem é mais claro ou mais escuro.

Observe que temos duas coisas diferentes: a varredura ou trama que é provocada pêlos circuitos de deflexão do monitor, ou seja, não dependem do sinal de vídeo que o micro está enviando, enquanto a imagem depende do sinal que provoca a variação do feixe de elétrons.

Note que alguns monitores simplesmente não ligam sem sinal de vídeo, na verdade sem o sinal de sync H.
Isto é apenas um recurso para economia de energia, pois para que o monitor ficar ligado se o micro não está?.
– Para observar a diferença entre trama e imagem, você pode:

a) Colocar sua TV fora de canal: Note que a tela abre mesmo sem sinal.

b) Ligue um monitor antigo sem o cabo de dados, se você aumentar o brilho, você vê a trama, que são aquelas listrinhas passeando de forma diagonal.

A varredura obedece sempre a um padrão, caso fosse ao contrário, os monitores e televisores seriam incompatíveis entre si, note a que a varredura é feita da esquerda para a direita e de cima para baixo da tela.

Ao chegar ao canto direito da tela, o feixe é apagado ou cortado e deslocado novamente para o canto esquerdo.
Esse movimento é chamado de retorno ou flyback e seu tempo varia de 5% a 16% do tempo de traço.

Ao chegar á parte inferior da tela, o feixe é apagado e reconduzido para a parte superior, como o tempo de retorno vertical é muito maior que o horizontal, algumas linhas serão perdidas nesse retorno.

Só existe sinal de vídeo, ou seja, informação de imagem ou pixel durante o traço.

A partir da existência de sinal de vídeo, essa varredura será sincronizada por sinais de sincronismo H (horizontal) e V (vertical).

Quando o feixe varre a tela inteira, ele varreu um quadro de imagem.

A idéia de quadro ou frame vem do cinema, onde a sensação de movimento é possível com a superposição de imagens sucessivas, em uma razão de 24 quadros (ou imagens) por segundo.

O numero de quadros por segundo para permitir a sensação de continuidade pelo olho humano deve ser maior que 30 por segundo.

O cinema resolveu o problema expondo cada quadro duas vezes, logo a uma razão de 48 por segundo, pois isso economizada muita película.

A TV e os primeiros monitores utilizaram a varredura entrelaçada onde cada quadro é dividido em dois campos, par e impar, possibilitando uma exposição de 60 campos por segundo, mantendo a sensação de continuidade com freqüências baixas de varredura, que, com a técnica disponível na época, eram possíveis de obter.

Postagens relacionadas
  • Compartilhando Internet
  • Os Cuidados Com o PC
  • Memórias e Flip-Flops
  • Os Primeiros PCs
  • Docs Compatilhados
  • Qualquer Um Pode Sim
  • Posts mais acessados
  • Teste de Bateria (24197)
  • Antena Para Celular (19481)
  • Amplicador 60 W RMS (14618)
  • Os Gatos & Dúvidas (13507)
  • Gerador Números Celular (10126)
  • Utilize a busca para encontrar o tema de seu interesse.
    Pense no meio ambiente antes de este link.