A Difusão Tripla

Os transistores de potência por difusão tripla são fabricados difundindo-se as regiões da base e do emissor num lado de uma bolacha do coletor.

A terceira difusão forma um coletor difundido fortemente dopado sobre o outro lado, este tipo de transistor tem um alto valor de regime de tensão, muitas vezes capaz de suportar tensões de 1 mil volts ou mais (1Kv).

O processo epitaxial planar permite que outros aprimoramentos sejam feitos nos transistores de potência, em altas densidades de corrente, pode ocorrer contração de corrente, esta é a causa da segunda ruptura.

A transição do emissor torna-se mais polarizada diretamente do que o centro, de modo que a corrente concentra-se ao longo da periferia do emissor, por isso é necessário projetar estruturas de base-emissor que diferem das geometrias anular ou em forma de pêra dos transistores de pequeno sinal, e o aumento proporcional não mais pode ser feito.

Um emissor com uma longa periferia é necessário, duas estruturas que têm sido usadas com sucesso são a estrela e a floco de neve, os nomes servindo para descrever a forma do emissor, estas estruturas não podem ter sido produzidas em transistores práticos sem a técnica planar de difusão através de uma fôrma na camada de óxido.

Estruturas mais complexas de base-emissor podem ser produzidas para combinar a grande área do emissor e a periferia longa requerida para manipulação de alta potência com o restrito espaçamento requerido para operação de alta freqüência.

Foram desenvolvidas geometrias para possibilitar aos transistores de potência operar radiofrequências, uma geometria é a estrutura inter digitalizada onde os contatos da base estão inseridos entre os contatos do emissor.

Uma outra é a estrutura sobreposta onde um grande número de tiras separadas do emissor são interligadas pela metalização numa região de base comum.

Na utilização, um grande número de transistores de alta freqüência separados são conectados em paralelo para conduzir uma grande corrente, os transistores que usam estas estruturas podem operar nas radiofrequências  com potências típicas de 175 W a 75 MHz e 5 W a 4 GHz.

Postagens relacionadas
  • Retificadores e Nomenclaturas
  • Assim Surgiu a Eletrônica
  • Repelente Não Funciona
  • A Corrente é …..
  • Excesso de Corrente
  • Porque Não Atendo
  • Posts mais acessados
  • Teste de Bateria (13874)
  • Antena Para Celular (11528)
  • Amplicador 60 W RMS (9276)
  • Os Gatos & Dúvidas (7838)
  • Ganhar na Loto Fácil? (5589)
  • Utilize a busca para encontrar o tema de seu interesse.
    Pense no meio ambiente antes de este link.   Dúvidas? Acesse o Fórum