Os LEDs no Cotidiano

Já é realidade e não tem como discutir ou como negar, os LEDs estão tomando os espaços que antes era ocupado por lâmpadas incandescentes, depois pelas lâmpadas fluorescentes, agora chegou a vez dos LEDs.

Mas o que é isso que chamam de LED? Foi a pergunta de alguém enquanto observava e aguardava a mudança da cor do sinal do semáforo.

Para ser curto e grosso, o LED não passa de um diodo emissor de luz, e sendo um componente eletrônico existem diversas possibilidades de controlar o modo como acende e até as cores que acendem.

Os LEDs podem ser de várias cores, e num único invólucro conter vários LEDs, se for estrategicamente colocado e eletronicamente controlado, pode acender com várias cores, para iluminação de ambientes, um LED não faz muita diferença, mas quando são feitos conjuntos de LEDs eles iluminam grandes áreas.

Os LEDs estão tomando o espaço das lâmpadas por terem diversas características vantajosas, claro que estamos acostumados a olhar essas luzes pequenas que indicam se nosso aparelho de TV está na tomada ou se o computador está com a CPU apagada, ou se o monitor está com o cabo de força na tomada, e tantas outras coisas.

Mas os LEDs não existem só em tamanho miniatura, eles podem ser grandes e serem LEDs de alta potência e alto brilho, um bom apelo econômico é ter longa vida útil, que podem passar das 50,000 horas emitindo luz, outra vantagem é a economia de energia, além disso tem baixo custo de manutenção, e ainda tem o apelo ecológico, pois é um produto que é amigo do meio ambiente, não poluí e não contém metais pesados como mercúrio e chumbo no seu interior, e depois da sua vida útil é totalmente reciclável.

Como características de boa qualidade, podem ser fabricados em liga de alumínio, o que dá maior resistência, e tem melhor dissipação de calor, e as lentes são lentes de alta qualidade para ter alta eficiência luminosa.

Podem ser em formato retangular e uniforme, e em vários tamanhos, o formato pode parecer sem muita importância, mas esse formato é recomendável para tornar melhor a ventilação e assegurar o bom funcionamento, além disso, também deve ser resistente a água e a poeira.

Agora pode surgir a pergunta: Mas, para quê? O LED não é para funcionar em ambiente seco e livre de poeira?

Realmente não, houve um tempo em que os LEDs deviam ficar protegidos em função das condições climáticas, mas atualmente eles são usados em todos os lugares, certamente que você já viu LEDs em iluminação pública em rodovias, em avenidas, e em vários lugares, nas cidades pequenas eles ainda são mais comuns em semáforos mas é apenas uma questão de tempo.

Postagens relacionadas
  • Retificadores e Nomenclaturas
  • Assim Surgiu a Eletrônica
  • Repelente Não Funciona
  • A Corrente é …..
  • Excesso de Corrente
  • Porque Não Atendo
  • Posts mais acessados
  • Teste de Bateria (17502)
  • Antena Para Celular (14617)
  • Amplicador 60 W RMS (11267)
  • Os Gatos & Dúvidas (10005)
  • Ganhar na Loto Fácil? (6838)
  • Utilize a busca para encontrar o tema de seu interesse.
    Pense no meio ambiente antes de este link.