Fios ou Cabos Elétricos

Os fios ou cabos elétricos são da maior importância para o bom funcionamento e a segurança de qualquer tipo de instalação elétrica, seja ela residencial, comercial ou industrial.

O tipo de fio mais comum é aquele constituído por um condutor com vários filamentos de cobre e um revestimento plástico (PVC).

A qualidade do cobre utilizado no fio condutor e o diâmetro do fio de cobre são fundamentais para evitar o aquecimento dos fios condutores e também para facilitar a realização de emendas, dobras e ligações a interruptores, tomadas e disjuntores.
O PVC que cobre o fio deve ser de muito boa qualidade e apropriado para isolar condutores elétricos, a cobertura do fio e a boa qualidade do PVC é o que garante que não aconteçam curtos-circuitos e incêndios nas instalações.

É fundamental que os fios e cabos sejam fabricados rigorosamente dentro das normas técnicas vigentes, garantindo a segurança das instalações, por isso é que são exigidos fios revestidos com PVC antichamas, isso garante que os revestimentos não irão propagar incêndios, esse detalhe também evita que pequenos incidentes se transformem em tragédias.

Nas residências tem aumentado muito o número de eletrodomésticos nos últimos tempos, mas as instalações antigas não foram alteradas, o resultado é alto consumo de energia elétrica e em alguns casos curtos-circuitos seguidos de incêndios, justamente porque os fios e cabos de energia elétrica não têm suas especificações observadas, além da falta de um bom revestimento de PVC antichamas, existe o fator temperatura máxima, tempos atrás não existia, mas atualmente exitem no mercado fios e cabos que podem operar sem riscos a uma temperatura máxima de 70ºC até 85ºC sem colocar nada em risco.

Como podem existir sobrecargas, os fios e cabos devem ser dimensionados para suportar o dobro do tempo no caso de um curto-circuito, aplicada esta técnica reduz consideravelmente o risco de incêndios.

Não deve ser economizado na hora de escolher os fios para a instalação elétrica, sempre deve ser o escolhido o tipo de fio que é mais resistente a temperatura e dimensionar os fios para que suportem pelo menos o dobro do tempo no caso de uma eventual sobrecarga, com isso fica reduzido o risco de curtos-circuitos e o risco potencial de incêndios.

Os fios também devem ser flexíveis para facilitar a instalação, serem com revestimento antichama para evitar a propagação de incêndio, e se possível com dupla camada de isolação garantindo assim maior segurança.

Postagens relacionadas
  • Eletricidade e Segurança.
  • Gerar e Usar a Energia
  • Gerar Energia Infinita
  • Eletricidade e Eletrônica
  • Economia Sem Gato
  • Transformadores de Tensão
  • Posts mais acessados
  • Teste de Bateria (13987)
  • Antena Para Celular (11623)
  • Amplicador 60 W RMS (9319)
  • Os Gatos & Dúvidas (7887)
  • Ganhar na Loto Fácil? (5627)
  • Utilize a busca para encontrar o tema de seu interesse.
    Pense no meio ambiente antes de este link.   Dúvidas? Acesse o Fórum