Gravações Telefônicas

Desde que o gravador de voz foi inventado ele foi utilizado para benefícios próprios, de benefício de terceiros, também para lazer, como gravar aquela música “mal tocada”, cantar de passarinhos, etc, mas as gravações também tem sido utilizadas para servir de provas em casos judiciais, embora ainda existe quem afirme que a justiça não aceita gravações como prova, considero um contra senso afirmar tal coisa, pois no nosso dia a dia cada vez mais são utilizadas gravações, e atualmente até mais gravações de vídeo do que gravações de áudio.

A cada dia uma nova solução para o segmento de gravação é anunciada, seja ela de áudio ou de vídeo, e as linhas telefônicas estão cada vez mais sendo alvo dos monitoramentos ou dos “grampos” mesmo.

Devido ao avanço dos equipamentos de informática e a popularização dos computadores, as novas “invenções” tem as características voltadas para o uso em microcomputadores, e por isso a maioria das novidades são compostas por um equipamento (hardware) que é ligado na linha telefônica e na placa de som do microcomputador, e para gravar o que se passa na linha telefônica é utilizado um programa (software) que, também é instalado no microcomputador.

Depois do hardware e do software instalados, as ligações telefônicas poderão gravadas diretamente no HD do microcomputador em arquivos de som no formato WAV ou no formato MP3.

Dependo dos recursos do hardware, além de gravar os eventos de voz em arquivos de som, um banco de dados com um índice também pode ser criado ou atualizado, a finalidade do banco de dados é permitir que sejam localizadas com rapidez as ligações.

A utilização de gravadores é muito contestada, principalmente por aqueles que não querem deixar rastros do que estão falando ao telefone, eu mesmo de tempos para cá comecei a gravar todas as conversas que são feitas ao telefone, porque no mundo capitalista em que estamos, se não puder provar o que foi combinado, fica o dito pelo não dito, e pode gerar muito tipo de dor de cabeça um negócio mal feito ou que uma das partes não cumpra o que foi combinado.

As gravações telefônicas podem ser usadas para todos os fins, mas é preciso comunicar a outra parte que a gravação está sendo feita para que tenha valor jurídico em caso de necessidade, mas as utilizações mais comuns e recomendadas são:

Monitorar a qualidade de atendimento telefônico de clientes.

Registrar transações comerciais feitas pelo telefone.

Monitorar ligações em residência (filhos, vizinhos, e outros….).

Economizar na conta telefônica, pois com a utilização de gravadores as pessoas tem a tendência a fazer utilização mais racional do telefone.

Para quem precisa de um gravador telefônico, ou uma maneira de gravar conversas telefônicas, procure um gravador de voz com as características necessárias e que funcione ligado em linha telefônica convencional, em ramais de qualquer PABX e que funcione inclusive em extensões.

Antes de comprar um gravador telefônico, verifique os requisitos em termos de hardware e qual o sistema operacional você pretende utilizar.

Postagens relacionadas
  • Exemplo Espionagem
  • Termos Policiais (I)
  • Os Cuidados Básicos
  • Sistema Monitoramento
  • Monitoramento Vídeo 3G
  • Campana Com Carros
  • Posts mais acessados
  • Teste de Bateria (14140)
  • Antena Para Celular (11765)
  • Amplicador 60 W RMS (9414)
  • Os Gatos & Dúvidas (7959)
  • Ganhar na Loto Fácil? (5686)
  • Utilize a busca para encontrar o tema de seu interesse.
    Pense no meio ambiente antes de este link.   Dúvidas? Acesse o Fórum