O Acesso Web Por PLC

A Anatel, agência que regula o setor de telecomunicações no Brasil, concluiu no final de outubro de 2008 uma consulta pública que recebeu 450 sugestões de empresas e de cidadãos para criar as regras que vão regular a exploração da banda larga por rede elétrica no Brasil.

O texto atual prevê que concessionárias de energia elétrica possam oferecer diretamente ao consumidor planos de banda larga.

Uma possibilidade também contemplada no texto é a formação de parcerias entre empresas de energia e concessionárias de serviço banda larga.

Com a formação de parcerias, empresas tradicionais do mercado de banda larga poderiam oferecer conexão ao usuário, mas explorando a infra-estrutura das elétricas e dividindo receitas com elas.

Para definir as regras do setor, técnicos da Anatel acompanharam experiências piloto de banda larga pela rede elétrica (chamada de PLC, Power Line Communications) em algumas regiões do Brasil, (Restinga, em Porto Alegre e Barreirinhas, no Maranhão).

As tecnologias que são usandas atualmente no exterior, como modelos de PLC explorados no Texas, Estados Unidos, e na Espanha, também foram avaliados.

No dia 13 de novembro de 2008, uma empresa do grupo Eletropaulo, a AES Eletropaulo Telecom vai demonstrar em etalhes como a conexão funciona pela rede elétrica, e muito em breve a empresa deverá anunciar seu plano de negócio para explorar o serviço.

Para usar web por PLC, o usuário deve ter um modem específico, aqui no Brasil, a Panasonic já tem disponível alguns modelos de modem capazes de conectar PCs à banda larga só pela rede elétrica.

O uso de linhas de transmissão de energia para conectar um usuário até um servidor deverá superar não só as barreiras regulatórias, mas também as barreiras econômicas.

Em áreas como as regiões centrais das grandes cidades a tecnologia pode não parecer interessante, já que nestas regiões já existe a infra-estrutura de DSL, cabo e fibra óptica disponível.

Nas localidades distantes, como pequenas cidades no interior do Brasil ou mesmo na periferia de grandes centros, o PLC deve revelar-se economicamente mais atraente, pois nestas localidades seria mais barato explorar as linhas elétricas para transmissão de dados, uma vez que a infra-estrutura elétrica já está pronta.

Outro ponto deve ser a concorrência, aqui no sul do Brasil estamos muito mal servidos, existem duas empresas de telefonia, a GVT e a brasiltelecom, a GVT opera com alta tecnologia, mas não tem o serviço ADSL ativo para bairros, a brasiltelecom tem o serviço ADSL, mas existem tantos problemas.

Desde contas erradas, mau atendimento, sem atendimento local e um 0800 que só de falar nele já assusta, por isso é bom mesmo que surjam novas tecnologias e com isso novos provedores de serviço, mesmo que em outras regiões, isso fará com que as empresas respeitem mais os usuários.

Se eu tivesse outra opção, mandaria a brasiltecom a merda, existe o acesso 3G, mas ele ainda não supre as minhas necessidades.

Postagens relacionadas
  • WhatsApp Seguro
  • WhatsApp Localiza Usuário
  • Trocando SMS Grátis
  • Smartphone como Rastreador
  • Como configurar Câmeras IP
  • Perdi Meu Smartphone
  • Posts mais acessados
  • Teste de Bateria (43702)
  • Gerador Números Celular (37914)
  • Antena Para Celular (31833)
  • Amplicador 60 W RMS (23220)
  • Os Gatos & Dúvidas (21779)
  • Utilize a busca para encontrar o tema de seu interesse.
    Pense no meio ambiente antes de este link.