Converter 12 Para 19V

Todos nós sabemos que sem alimentação nenhum equipamento funciona, e dispositivos móveis vem com a facilidade de serem recarregados em qualquer tomada onde exista 110 ou 220 volts, o problema é que às vezes, não existem tomadas próximas.

Eu mesmo já me deparei com situações onde precisava recarregar a bateria do notebook e não havia tomada por perto, então a solução era pegar um no-break e gerar os 110 ou 220 volts necessários para poder recarregar a bateria do notebook, é a solução mais rápida, mas existe um problema, pois a bateria de carro se descarrega antes de carregar a bateria do notebook.

A maioria dos notebooks do mercado funcionam com 18 ou 19 volts, e se colocados diretamente na bateria de 12 volts eles nem ligam, então, a solução é gerar 19 volts a partir dos 12 volts de uma bateria de carro, e é isso que o circuito abaixo faz.

Tendo como base um circuito integrado UC3843, é aproveitado seu oscilador para aumentar a tensão para ser utilizada em circuitos que necessitam de 18 a 22 volts para funcionar, não cabe descrever o funcionamento de cada componente individualmente, já que essa montagem é destinada a quem já tem domínio do soldador e conhece componentes e as suas respectivas funções.

Em todo caso, alguns componentes merecem ser citados, o diodo DX é qualquer diodo que suporte 15 ampères e 100 volts de polarização reversa, para quem tem problemas com vendedores de componentes eletrônicos, são aqueles diodos que tem a possibilidade de colocar radiador de calor, por isso eles têm rosca e vem com uma porca.

Na minha montagem experimental usei um diodo retirado de uma sucata de alternador automotivo, um radiador de calor também foi usado, pois quando o circuito é ligado ao notebook com a bateria descarregada o diodo aquece bastante.

Outro componente chave é o transistor de efeito de campo (FET), usei um IRF840, mas existem transistores que suportam mais corrente e podem prover rendimento melhor e com menos aquecimento, em todo caso, testei com um radiador de calor de 2x2cm sem maiores problemas, mas queimei um desses quando não coloquei o resistor de 10K da porta (gate) ao negativo.

Os transistores BD139 e BD140 são pares, testei também o TIP31 e TIP32 respectivamente, o rendimento foi melhor com os BDs que aqueceram bem pouco, dispensando o uso de radiadores de calor.

Uma vez que o circuito esteja funcionando, o ajuste é apenas para obter o nível da tensão de saída, isso é feito no único potenciômetro de 4K7 (ou trimpot) do circuito, cuidado com erros nas ligações e inversão de polaridade, o fusível deve ser para 10 ampères, já que com a bateria do notebook descarregada o circuito consome bastante e vai consumindo menos de acordo com a carga da bateria do notebook.

Os resistores de 8R2 e o resistor de 82R são de 5 watts de dissipação, os demais resistores são todos de 1/8 de watt, atenção especial na filtragem de entrada da alimentação e também na saída, foram previstos capacitores de 2200uF e tensão de 35 volts.

A bobina de 50 mH não é crítica, 200 voltas de fio 26 AWG sobre uma pilha AA funcionaram muito bem, as espiras tem que ser enroladas umas sobre as outras, como se fosse um carretel, mas nada impede que sejam enroladas sobre um ferrite com no máximo 7 cm de comprimento por um cm de diâmetro.

O esquema completo e os valores dos componentes estão na imagem abaixo, divirtam-se.

Postagens relacionadas
  • Faróis Apagados?
  • Proteja Portas e Janelas
  • Fazer Bengala Eletrônica
  • Lâmpada de Corredor ou Escada
  • Sem Pânico Para Idosos (P2)
  • Sem Pânico Para Idosos (P1)
  • Posts mais acessados
  • Teste de Bateria (14868)
  • Antena Para Celular (12295)
  • Amplicador 60 W RMS (9739)
  • Os Gatos & Dúvidas (8322)
  • Ganhar na Loto Fácil? (5910)
  • Utilize a busca para encontrar o tema de seu interesse.
    Pense no meio ambiente antes de este link.   Dúvidas? Acesse o Fórum