Travando o Teclado

Quem é dá época do XT até os AT 486 certamente que usava o recurso de travar o teclado, por uma questão de privacidade nem todos gostam que “fuçadores” fiquem bisbilhotando.

Os computadores dos anos 80 tinham uma chave que era eletricamente ligada na placa mãe através de dois fios, e quando a chave era ativada, desabilitava o teclado, mesmo não desligando o computador impedia a ação de curiosos.

Nos computadores atuais não se faz mais o travamento do teclado por hardware, como é descrito acima, atualmente é tudo feito por software, e de forma que não impeça o sistema operacional de ficar funcionando e mostrando dados na tela.

Pode parecer “egoísmo”, mas existem situações em que não deve ser mexido em nada no computador enquanto ele executa alguma tarefa, assim, se for possível impedir que o teclado ou o mouse ou ambos fiquem inativos por um determinado tempo irá prevenir situações indesejadas.

Nos dias atuais, desabilitar ou impedir que o teclado seja usado é muito fácil, basta desconectar o teclado da porta USB e levar o teclado consigo, é cômico dar essa dica, mas existem casos em que tal situação pode ser necessária.

Outra dica menos engraçada é usar o que já existe, o problema é que alguém acaba dizendo como se desfaz o bloqueio, de qualquer modo, para bloquear o teclado via software é só teclar nas teclas “turbo e F11” simultaneamente, para destravar é só repetir a ação e o teclado fica destravado.

Como é fácil de perceber, existem os “truques” e os “anti-truques”, de qualquer modo, quando se sabe de alguma coisa que outros não sabem o truque funciona, é por isso que dizem que em terra de cego quem tem um olho é rei.
Se tirar o teclado e carregá-lo consigo é no mínimo engraçado, é possível criar uma solução caseira que é fácil de ser feita e barata.

A solução consiste em comprar um espelho com duas ou mais portas USB e cortar a linha dos 5 volts positivos e colocar uma micro chave (dessas de dip switch) ou um reed switch (que deverá ficar próximo do red switch) que controlará a alimentação dos dispositivos USB.

No caso do reed switch o imã funciona como uma espécie de transponder, se a “chave” estiver próxima funciona, caso contrário não funciona, assim como funciona a chave de ingnição nos carros que não são pré-históricos.

No caso de dispositivos PS2 também pode funcionar para alguns tipos de placas, mas a grande maioria exige que seja reiniciado o sistema operacional para que ele detecte que o dispositivo está sendo alimentado corretamente.

Postagens relacionadas
  • Compartilhando Internet
  • Os Cuidados Com o PC
  • Memórias e Flip-Flops
  • Os Primeiros PCs
  • Docs Compatilhados
  • Qualquer Um Pode Sim
  • Posts mais acessados
  • Teste de Bateria (35915)
  • Antena Para Celular (27110)
  • Gerador Números Celular (23190)
  • Amplicador 60 W RMS (19893)
  • Os Gatos & Dúvidas (18437)
  • Utilize a busca para encontrar o tema de seu interesse.
    Pense no meio ambiente antes de este link.