Sobre Teclados de PC

Existem no mercado de informática vários tipos de teclados e tecnologia diferentes, independentemente do tipo de tecla utilizada, o ato de pressionar uma tecla, causará uma alteração no fluxo de corrente pelos circuitos associados à tecla.

Um microprocessador parecido com o 8048 da INTEL, dentro do teclado, varre sem parar, os circuitos que conduzem as teclas, ele detecta o aumento e a diminuição da corrente da tecla que está sendo pressionada ou liberada.

Cada tecla possui um determinado conjunto de códigos, mesmo que para os usuários elas pareçam iguais.

O processador de teclado pode distinguir entre a tecla SHIFT da esquerda e da direita, e para distinguir entre um sinal real e uma flutuação anormal na corrente, pois a varredura é repetida centenas de vezes por segundo.

Somente os sinais detectados por duas ou mais varreduras tem significado para o processador de teclado, e dependendo de qual tecla traz o sinal para o processador, o processador gera um número, esse número é conhecido como Código de Varredura.

Existem dois códigos de varredura para cada tecla, um quando ela é pressionada e outro quando é liberada.

O processador de teclado armazena este número no buffer de memória do próprio teclado e carrega-o numa porta de conexão para que possa ser lido pelo BIOS do computador, em seguida, o processador envia um sinal de interrupção através do cabo de teclado, informando que há um código para ele.

Uma parada pede ao microprocessador que deixe de lado qualquer coisa que esteja fazendo e volte sua atenção para o serviço que está sendo solicitado, pois o teclado tem uma IRQ 1.

O BIOS lê o código de varredura da porta do teclado e envia um sinal para o teclado, informando ao teclado que o código pode ser apagado da memória.

Se o código de varredura for relativo a uma das teclas obtidas através de SHIFT ou uma das teclas consideradas especiais, o BIOS altera dois bytes em uma área especial da memória para registrar quais teclas foram pressionadas.

Para todas as demais teclas, o BIOS verifica esses bytes para determinar se foi pressionada alguma tecla com SHIFT, dependendo do que encontrar, o BIOS converte o código de varredura para código ASCII.

O código ASCII representa um caractere ou um código especial de tecla de função ou tecla de movimento de cursor.

Os caracteres maiúsculos e minúsculos, possuem códigos diferentes, mas em ambos os casos, o BIOS coloca um código ASCII em sua própria memória, na qual será buscado pelo sistema operacional ou pelo programa assim que a operação que está sendo realizada tiver terminado.

Postagens relacionadas
  • Compartilhando Internet
  • Os Cuidados Com o PC
  • Memórias e Flip-Flops
  • Os Primeiros PCs
  • Docs Compatilhados
  • Qualquer Um Pode Sim
  • Posts mais acessados
  • Teste de Bateria (44353)
  • Gerador Números Celular (38614)
  • Antena Para Celular (32200)
  • Amplicador 60 W RMS (23569)
  • Os Gatos & Dúvidas (22143)
  • Utilize a busca para encontrar o tema de seu interesse.
    Pense no meio ambiente antes de este link.