Velocidade Por GPS

Desde a invenção do carro até os dias aconteceram muitas evoluções tecnológicas, e hoje o carro comprado nas concessionárias vem até com computador de bordo com vários equipamentos instalados, que vão da informação da média de velocidade a média de consumo de combustível.

Sabemos que o governo gasta um absurdo com acidentados, é estimada uma quantia em torno de 10 bilhões de reais anualmente, e apenas 10% dos acidentes são causados por falhas mecânicas ou “fatalidades”, os outros 90% são causadas por falha humana.

As falhas humanas quase todas estão ligadas a velocidade incompatível com a via terrestre, mas nada é feito de eficaz para resolver o problema, multas por excesso de velocidade são aplicadas, placas sinalizando limites de velocidade são colocadas, mas nada resolve.

O problema tem duas origens, uma delas é a educação do condutor e a outra tem origem na concepção do veículo, e para quem acha que minha opinião está errada, que tal explicar porque a velocidade máxima nas estradas é 110 km/h, mas os carros saem da fábrica com velocímetros que marcam mais de 200 km/h?

Com a tecnologia disponível atualmente, é perfeitamente possível criar um motor que desenvolva velocidades de acordo com o local em que esteja, assim, quando estiver na área urbana a velocidade permitida é para a área urbana.

Nas rodovias e fora da área urbana permitir velocidade compatível com a respectiva via, é perfeitamente viável, pois se nós usuários comuns podemos pegar um GPS e programá-lo para avisar que ultrapassamos um limite de velocidade, esse mesmo sinal poderia ser usado para controlar a injeção eletrônica de qualquer veículo.

Atualmente existem mapas nos aparelhos GPS que indicam através das cores a velocidade permitida na respectiva via, ao passar do limite indicado, um sinal sonoro é emitido e o condutor tem ciência que ultrapassou um limite.

Eu mesmo sem controlar a velocidade do veículo uso o sinal sonoro para me orientar a respeito da velocidade, assim, se ultrapasso algum limite sou avisado, não corro riscos desnecessários, não coloco outras pessoas em risco, e faço economia com os possíveis prejuízos com “incidentes”.

Porque não usar a tecnologia GPS para salvar vidas?

Talvez seja mais interessante manter todas as indústrias relacionadas ao trânsito ativas e faturando alto, assim a indústria das multas e as seguradoras continuam faturando, e as pessoas continuam morrendo no trânsito.

De qualquer forma, é fácil colocar a culpa nos outros, mas não é só a imprudência dos condutores que mata no trânsito, a ganância e a falta de criatividade para aproveitar o que existe de melhor em matéria de tecnologia por parte das montadoras, até os legisladores eleitos com o nosso voto são omissos, então a culpa também é do governo que não regula e impõe o limite de velocidade controlado eletronicamente com base no local onde está o veículo.

Postagens relacionadas
  • WhatsApp Seguro
  • WhatsApp Localiza Usuário
  • Trocando SMS Grátis
  • Smartphone como Rastreador
  • Como configurar Câmeras IP
  • Perdi Meu Smartphone
  • Posts mais acessados
  • Teste de Bateria (38786)
  • Gerador Números Celular (29122)
  • Antena Para Celular (28782)
  • Amplicador 60 W RMS (21158)
  • Os Gatos & Dúvidas (19497)
  • Utilize a busca para encontrar o tema de seu interesse.
    Pense no meio ambiente antes de este link.