Sinal de Vídeo Para TV

Na TV e nos monitores a imagem colorida é formada pelo mesmo processo:

Três canhões eletrônicos emitem feixes independentes, modulados a partir dos sinais de vídeo, que atingem os fósforos vermelhos (R), verdes(G) e azul (B), que são as cores básicas e que na proporção certa, também formam o branco.

Quando estes feixes variam de intensidade juntos, a cor do pixel é mantida, mas seu brilho não.

Para formar a cor amarela, por exemplo, os feixes G e R são acionados e B cortado (amarelo 100% saturado).

Se quisermos diminuir a saturação da cor (diluir com o branco) R e G aumentam de intensidade B é acionado.

Em outras palavras, os feixes eletrônicos agem em conjunto para alterar um parâmetro acromático (brilho e contraste), e agem independentes para os parâmetros de cor (saturação e matiz).

Existem alguns termos associados à imagem que precisamos conhecer:

Contraste é a diferença de amplitude ou intensidade entre o preto (sem emissão) e o branco (emissão máxima).
Este parâmetro depende da iluminação que incide sobre a tela e da intensidade do feixe eletrônico.

Brilho é a iluminação média da imagem.

O contraste permanece o mesmo, mas o branco aumenta de intensidade com o aumento do brilho.

Matiz é o que podemos dizer que é a cor em si, ou a freqüência de onda correspondente àquela cor especifica.

Por exemplo: O vermelho pode variar de sangue a pálido dependendo da quantidade de luz (branco) que está misturada, mas a freqüência de cor será a mesma.

Saturação é a diluição da cor com o branco, ou seja, a intensidade da cor.

Postagens relacionadas
  • Retificadores e Nomenclaturas
  • Assim Surgiu a Eletrônica
  • Repelente Não Funciona
  • A Corrente é …..
  • Excesso de Corrente
  • Porque Não Atendo
  • Posts mais acessados
  • Teste de Bateria (33943)
  • Antena Para Celular (26006)
  • Gerador Números Celular (19761)
  • Amplicador 60 W RMS (18851)
  • Os Gatos & Dúvidas (17865)
  • Utilize a busca para encontrar o tema de seu interesse.
    Pense no meio ambiente antes de este link.