O Que é Ohm Por Volt

O multímetro é um instrumento de diagnóstico muito eficiente que se for usado corretamente torna todos os outros aparelhos de teste e medida totalmente dispensáveis.

Chama-se multímetro porque pode fazer vários tipos de medições, a medida mais comum é a medida de tensão, podendo ser tensão alternada (AC) ou tensão contínua (CC), pode medir a resistência interna de componentes como diodos, transistores e testar a resistência dos componentes resistivos, medir intensidade de corrente que atravessa um circuito, e muitas outros tipos de medidas.

A precisão das medidas é muito importante e vai ter conseqüências nos valores apresentados, a precisão depende de três fatores, o primeiro fator é a qualidade da resistência interna do multímetro, pois resistência interna alta significa perdas e a medida não é tão precisa, neste texto será abordado apenas a resistência interna do multímetro.

A resistência interna transforma-se numa sobrecarga criada no circuito que está sendo medido pelo próprio aparelho de medida.

Se for o caso de se tratar de um circuito de alta impedância com uma elevada resistência, a carga interna do medidor pode influenciar no funcionamento do circuito e na própria medida, acusando um valor diferente do que é o valor real.

A resistência interna do multímetro é medida em Ohm/Volt (ohm por volt), como exemplo, um multímetro de 100.000 Ohm/V apresenta por cada volt medido em escala uma resistência de 100.000 ohms (100k Ohms).

Se o multímetro estiver comutado para uma escala de 2,5V a sua resistência interna que refletirá no circuito sendo medido é de 250k Ohms, ou seja: 100000 x 2,5 = 250000 Ohms ou simplesmente 250k Ohms, com isso podemos chegar a conclusão que um multímetro será melhor tanto maior for a sua resistência interna.

Os multímetros analógicos têm um valor relativamente baixo de resistência interna quando comparados com os multímetros digitais, mas um fato que pode causar uma certa confusão para os menos atentos é que existem aparelhos de leitura analógica, mas com um circuito interno de amplificação com transistor MOS-FET que tem grande resistência de entrada.

Quando o multímetro é digital, a leitura é feita diretamente no display, não tem como errar, mas quando o multímetro é analógico podem acontecer leituras erradas por erro de escala, felizmente este tipo erro só acontece nos aparelhos de agulha e deve-se à tolerância na inscrição da escala, alinhamento do ponteiro e erro de “paralaxe”.

O erro de “paralaxe” reside na distância entre o ponteiro e a escala que, ao ser vista um pouco de lado falseia a indicação visual da agulha não mostrando a sua correta posição na escala, por este motivo a leitura é mais correta se for feita no meio da escala, e fica menos correta à medida que se caminha para os seus extremos.

Postagens relacionadas
  • Retificadores e Nomenclaturas
  • Assim Surgiu a Eletrônica
  • Repelente Não Funciona
  • A Corrente é …..
  • Excesso de Corrente
  • Porque Não Atendo
  • Posts mais acessados
  • Teste de Bateria (13874)
  • Antena Para Celular (11528)
  • Amplicador 60 W RMS (9276)
  • Os Gatos & Dúvidas (7838)
  • Ganhar na Loto Fácil? (5589)
  • Utilize a busca para encontrar o tema de seu interesse.
    Pense no meio ambiente antes de este link.   Dúvidas? Acesse o Fórum