Circuito de Teste CI 555

Seja por hobby ou desejo de se tornar profissional é preciso entender pelo menos um pouquinho de eletrônica para entender os componentes e seu funcionamento e assim poder criar pequenos aparelhos com as mais diversas funções.

Na minha época de escola todas as feiras de ciências que tinha eu ganhava os prêmios, e isso porque eu nem conhecia circuitos integrados 555 e os CMOS, mal e mal conhecia LEDs, para mim aquelas pequenas luzes que acendiam com duas pilhas era o suficiente.

Quem tem um olho em terra de cegos se torna rei, e eu sabia como fazer acender os LEDs com pilhas, por isso e na minha sala todos queriam que eu entrasse para o grupo deles, quando os trabalhos eram individuais, ah, coitados!

Desde então eu já tinha muita curiosidade em saber a função de cada componente do mundo da eletrônica, e assim que eu conseguia fazer algo novo e diferente, esperava a oportunidade de apresentar e assim obter mais status na sala.

Como se observa, para criar um circuito só copiando de algum site não vai dar aquele impacto, afinal, atualmente qualquer um acessa a internet, e copiando será desmascarado por alguém, então, conhecer bem um determinado componente pode fazer a diferença.

Nesse texto vou citar um circuito integrado que é utilizado numa variedade de aplicações como temporizador ou multivibrador.

O CI 555 foi projetado por Hans R. Camenzind em 1970 e começou a ser comercializado em 1971 pela Signetics, que mais tarde foi adquirida pela Philips.

O nome 555 foi adotado em alusão ao fato de que existe internamente um divisor de tensão formado por três resistores de 5.000 ohms que servem de referência de tensão para os comparadores do circuito integrado.

Os nomes comerciais eram SE555 e o invólucro era metálico, o NE555 tinha invólucro DIP e recebeu o apelido de “The IC Time Machine”, em tradução simples: “a máquina do tempo num circuito integrado”.

Apesar dos mais de 40 anos passados desde a sua invenção, o circuito integrado 555 continua sendo usado por hobbystas e por profissionais nas mais diversas aplicações.

Por ser simples e fácil de usar, ter baixo preço e boa estabilidade, atualmente a Samsung da Coreia fabrica mais de 2 bilhões de unidades por ano.

O temporizador 555 é um dos mais populares e versáteis circuitos integrados que já foram produzidos, o CI 555 é formado por 23 transistores, 2 diodos e 16 resistores numa pastilha de silício em um encapsulamento duplo em linha (DIP) de 8 pinos.

Os temporizadores também podem ser montados usando o CI 556, que é da mesma família, na verdade o CI556 é formado por dois temporizadores 555 combinados em um encapsulamento DIP de 14 pinos.

O CI 558 é um encapsulamento DIP de 16 pinos que contém quatro temporizadores 555.

Também existem versões de potência ultra baixa como o CI 7555, que utiliza um número menor de componentes externos e tem menor consumo de energia, também são mais sensíveis ao calor no momento da soldagem.

O circuitos integrados da família 555 funcionam em três modos de operação:

Na operação monoestável o CI 555 funciona como um disparador, as aplicações são em temporizadores, detectores de pulso, chaves imunes a ruído, interruptores de toque, entre outros.

Em operação astável o CI 555 opera como um oscilador, as utilizações são em pisca-pisca de LED, geradores de pulso, relógios, geradores de tom, alarmes de segurança, etc.

Em operação biestável o CI 555 pode operar como um flip-flop, se o pino 5 (no 555 ou pino equivalente nos demais CIs da família) não for conectado e se não for utilizado capacitor, as aplicações são diversas e incluem interruptores imunes a ruído.

Antes de qualquer montagem, é bem provável que um CI555 em sua bancada já tenha sido usado em algum teste ou brincadeira, então é melhor testá-lo e comprovar o seu funcionamento.

Abaixo é mostrado o esquema do circuito eletrônico para testar CIs 555 em modo astável, em funcionamento normal os D1 e D2 vão piscar alternadamente, mais rápido ou mais lentamente em função do ajuste em VR1, para melhor efeito visual um LED verde o outro vermelho fica bem bonitinho.

555_astavel_basico_esquema

B1 no esquema consta 2 volts, houve um erro no esquema, o circuito funciona de 6 a 12 volts, e C1 pode ser alterado para menos para aumentar a velocidade das piscadas ou aumentar para diminuir a frequências das piscadas.

O layout da placa de circuito impresso é mostrado na imagem abaixo, se tiver dificuldades para copiar, dê um “Print Screen” e cole no seu editor gráfico preferido, o tamanho da plaquinha é 5,5 x 5,5 centímetros.

555_astavel_basico_ci

O aspecto final da montagem é mostrado na imagem abaixo.

555_astavel_basico

E assim, o testador de circuitos integrados 555 não passa de um multivibrador astável.

Como se trata de um testador de CIs, na plaquinha, no lugar do CI solde um soquete para poder tirar e colocar com facilidade os circuitos integrados que devem ser testados.

Postagens relacionadas
  • Choques Como Proteção
  • Componentes eletrônicos
  • Assim Surgiu a Eletrônica
  • Eletricidade e Eletrônica
  • Iniciando na Eletrônica
  • Componentes e Esquema
  • Posts mais acessados
  • Teste de Bateria (17828)
  • Antena Para Celular (14842)
  • Amplicador 60 W RMS (11391)
  • Os Gatos & Dúvidas (10204)
  • Ganhar na Loto Fácil? (6928)
  • Utilize a busca para encontrar o tema de seu interesse.
    Pense no meio ambiente antes de este link.