As Fontes do Tipo AT

A finalidade da fonte do computador é realizar a transformação da tensão da rede de energia elétrica que é de 220 ou 110 volts alternados para tensões contínuas que o micro computador precisa para funcionar.

Essas tensões são: tensão positiva de 5 volts, tensão positiva de 12 volts, tensão negativa de 12 volts e tensão negativa de 5 volts.

A transformação é feita eletronicamente por componentes como diodos, transistores, resistores e capacitores, e no caso de falha com algum desses componentes será necessário substituí-los ou realizar a troca da fonte.

Observe que nas fontes tipo AT existem quatro fios que são conectados na chave que fica no painel frontal do gabinete, essa é a chave que liga e desliga o computador.

Existem também os conectores P 8 e P 9 que são os conectores que levam a energia regulada e estabilizada para a placa mãe.

Os conectores P 8 e P 9 devem ser conectados no conector P 12 da placa mãe.

Ao encaixar o P 8 e P 9 deve ser observado que os dois fios pretos que existem no conector P 8 e os dois fios pretos que existem no conector P 9, devem ficar juntos e encaixados no conector P 12 da placa mãe.

Isso quer dizer que quando forem vistos os conectores P 8 e P 9 encaixados, estes estarão juntos lado a lado e com os quatro fios preto no meio.

Alem dos conectores P 8 e P 9, a fonte também possuí outros conectores que levam energia para os dispositivos que o computador possuir, esses conectores tem uma posição certa para serem encaixados, mas provavelmente você não conseguirá encaixá-los de forma contrária, mas se isso acontecer, certamente o dispositivo em que foi ligado com o conector da fonte invertido será danificado.

Por isso é interessante observar bem os encaixes antes de tentar o encaixe nos dispositivos.

A fonte do computador possuí também um conector macho e um conector fêmea, ambos de três pinos, situados na parte traseira da fonte, onde entra a alimentação, esse é o conector macho, e no outro conector que é o conector fêmea, onde pode ser ligado o monitor de vídeo.

Na tampa metálica da fonte geralmente vem um esquema indicando como devem ser feitas as ligações dos fios na chave liga e desliga do painel frontal do computador.

Isto é necessário porque se não for seguido à risca o esquema de ligação poderá ser provocado um curto circuito, colocando o fio NEUTRO e FASE na própria chave liga e desliga.

É muito comum acontecer que, pessoas com pressa e menos atenciosas, ligam o micro computador na rede de 220 volts com a chave seletora de tensão que existe na parte traseira da fonte na posição de 110 volts.

Digo isso para lembrar da existência dessa chave e é claro, que possivelmente seja necessário selecionar a posição da chave em correspondência da tensão da rede de energia elétrica disponível.

Nos casos em que a fonte com a chave seletora de tensão ficar na posição 220 volts e a tensão da rede é de 110 volts, a fonte irá ligar, mas não terá potência suficiente para alimentar os dispositivos, por isso o painel do computador irá acender, mas o computador não irá executar o boot.

Outro ponto a ser observado é o da potência da fonte de alimentação, pois a maioria dos micro-computadores possuem fontes de 250 watts, o que é suficiente para os antigos.

Mas em casos de micro-computadores com mais de um HD e várias placas internas, será necessário fontes com potência maior, possivelmente uma fonte de 400 watts.

Acontece que os micro-computadores novos que são vendidos atualmente já vem com kit multimídia, placa de modem/fax, gravador de CD ROM, etc., e devido a esses periféricos se recomenda uma fonte de 500 watts.

As fontes de qualquer potência variam um pouco de preço, muitas das vezes é mais interessante escolher uma fonte de 500 watts no instante da compra.

Se não for utilizada a potência total da fonte, ainda se terá uma reserva para futura instalação de algum dispositivo sem ter que trocar a fonte.

Vale a pena lembrar que as placas que são conectadas nos barramentos retiram destes a sua alimentação, por isso não é necessário ligá-las à fonte.

Devem ser conectados diretamente na fonte: a placa mãe, o HD, os drives e o painel frontal do gabinete, que é alimentado por um par de fios, preto e vermelho.

Nos gabinetes não tem a menor importância se ele é do tipo horizontal ou vertical, a instalação da parte interna será sempre da mesma maneira.

O gabinete possuí na sua parte frontal a chave liga e desliga, o botão de turbo, o botão de reset, a fechadura de segurança do teclado e o indicador de velocidade do micro.

Vale a pena dizer que qualquer um desses recursos não impede que o micro funcione, se ao fazer uma manutenção for observado que existem fios desligados e você não sabe para que servem, deixe-os como estão.

Se for realmente necessário instalar algo e tiver que conectar algo na placa mãe ou em outra placa, utilize o manual da placa da qual se fará a conexão.

O gabinete também possuí em seu interior, um pequeno alto falante, que é de importância muito grande, devido à existência de um código de erros em forma de bips, e eventuais defeitos que venham a acontecer em placas ou dispositivos podem ser facilmente detectados e resolvidos através do conhecimento do código de erros.

Com relação à chave turbo é oportuno lembrar que as placas mães atuais não possuem mais o modo turbo ou não turbo, por isso essa chave não é mais necessária, mas em micro-computadores antigos era presença certa.

Com relação ao indicador de velocidade, a configuração pode ser feita independente do restante do micro computador.

O número que é indicado no painel não é fornecido pela placa mãe, e por isso não corresponde à velocidade real do micro computador, na verdade é um enfeite que é utilizado por espertinhos para vender micro-computadores com indicação de velocidade que na verdade não é a velocidade real.

Esse indicador não passa de um display de dois ou três dígitos de sete segmentos cada um, e pode ser configurado para indicar qualquer velocidade e não tem nada a ver com a velocidade real do micro-computador, já que não existe nenhum frequencímetro ligado na placa mãe e que leve até o display a freqüência de clock do micro processador.

Postagens relacionadas
  • Compartilhando Internet
  • Os Cuidados Com o PC
  • Memórias e Flip-Flops
  • Os Primeiros PCs
  • Docs Compatilhados
  • Qualquer Um Pode Sim
  • Posts mais acessados
  • Teste de Bateria (41479)
  • Gerador Números Celular (33749)
  • Antena Para Celular (30458)
  • Amplicador 60 W RMS (22302)
  • Os Gatos & Dúvidas (20772)
  • Utilize a busca para encontrar o tema de seu interesse.
    Pense no meio ambiente antes de este link.