Mais Fontes Informações

Existem outras fontes de informações, essas fontes são fontes públicas e também são de muita utilidade na elaboração de dossiês e para localizar devedores.

Um detetive deve ter uma conta no serviço de proteção ao crédito para consultar CPFs no CDL da cidade onde o investigado mora e possivelmente faz compras, se a pessoa costuma fazer compras a prazo, muitas informações podem ser obtidas ao acessar o cadastro.

Pagar algumas mensalidades é muito mais cômodo, porque é praticamente impossível que um lojista faça uma consulta de um CPF e permita que as informações sejam anotadas, mesmo porque os contratos de acesso são claros e proíbem que as informações sejam utilizadas por outros que não seja o pelo próprio lojista.

No serasa é onde são fornecidas informações sobre a emissão de cheques sem fundos, dívidas com cartões de crédito, bancos e financeiras, títulos protestados e ações judiciais, as informações são prestadas apenas ao próprio ou com autorização por escrito com firma reconhecida, ter uma conta com acesso a esses registros é um investimento que dá retorno, afinal, a consulta é por todo o território brasileiro.

Nos cartórios são fornecidas informações sobre títulos protestados, de diversas naturezas como duplicatas, dívidas bancárias, cartões de crédito e outros documentos.

As informações são prestadas a qualquer pessoa que as solicite, através de um pedido de certidão negativa, é preciso apenas o nome e CPF ou CNPJ do investigado e o pagamento de uma pequena taxa.

Também existem os cartórios onde são feitos os registros de imóveis, nesses cartórios também pode ser solicitada uma certidão para verificar se o investigado possui imóveis em seu nome.

Outro local onde devem existir informações é nos tribunais de justiça, nesse caso é preciso procurar o fórum da região onde está domiciliado o investigado.

Qualquer pessoa pode solicitar uma certidão, basta ter o nome do investigado.

Nas varas criminais é possível saber se o investigado já se envolveu em delitos, em algumas cidades do Brasil, essas informações podem ser obtidas até pela Internet.

Cada estado possui um site com dados dos processos do fórum para consulta pública, basta saber o nome da pessoa a ser investigada e a cidade (comarca), geralmente o site do fórum tem o seguinte endereço: www.tj.uf.gov.br, onde o “uf” é a abreviação da unidade federativa, ou seja, o estado.

Nos detrans e seus respectivos sites é possível saber se o investigado possui veículos em seu nome, melhor é pelo site, mas é preciso ter a placa e o código renavan, que geralmente é fornecido pelo cliente.

Para obter informação diretamente no detran ou no denatran só com ordem judicial, por isso a preferência pela consulta através da internet.

Convém citar que a amizade com um despachante pode ser muito útil, a maioria dos despachantes tem muito conhecimento dentro daqueles órgãos e podem obter essas informações para o detetive de maneira rápida, a um preço bem razoável.

Para obtenção de informações no spc e no serasa o detetive poderá se utilizar de outros meios para obter as informações sigilosas daqueles órgãos.

É recomendável que o detetive faça amizade com alguém que trabalhe com análise de crédito, normalmente em lojas que oferecem crediários e tem acesso direto àqueles órgãos, e ofereça uma pequena quantia para que a pessoa faça a checagem do investigado.

Postagens relacionadas
  • Exemplo Espionagem
  • Termos Policiais (I)
  • Os Cuidados Básicos
  • Sistema Monitoramento
  • Monitoramento Vídeo 3G
  • Campana Com Carros
  • Posts mais acessados
  • Teste de Bateria (43697)
  • Gerador Números Celular (37908)
  • Antena Para Celular (31827)
  • Amplicador 60 W RMS (23216)
  • Os Gatos & Dúvidas (21776)
  • Utilize a busca para encontrar o tema de seu interesse.
    Pense no meio ambiente antes de este link.