Antena Para 2 Bandas

Conforme é de conhecimento de qualquer aficionado em radiofrequência, para cada frequência o tamanho da onda é diferente, e uma antena deve ter ganho suficiente e elementos que não causem capacitâncias, e levando em conta o tamanho da onda e do ganho pretendido, não é possível fabricar uma boa antena para três ou quatro bandas.

A verdade é que para a transmissão as antenas multi bandos deixam muito a desejar, a não ser que as frequências de operação sejam exatamente a metade ou o dobro da outra frequência.

Nesse caso a antena é “cortada” para onda completa na frequência de operação mais alta, e a mesma antena servirá como antena de meia onda para a frequência de operação mais baixa.

Um exemplo pode sanar as dúvidas: 142,5 / 100 = 1,425, onde 142,5 é a constante, 100 é a frequência de 100 MHz e 1,425 é o tamanho dos elementos do dipolo, no caso a nossa antena é formada por dois elementos de 1 metro e quarenta e dois centímetros e meio, e é uma antena de onda completa para a frequência de 100 MHz.

Note que para 50 MHz as medidas são exatamente as mesmas: então temos (142,5 / 50) / 2 = 1,425, essa antena também é formada por dois elementos de 1 metro e quarenta e dois centímetros e meio, mas no cálculo acima o resultado foi dividido por dois, ou seja, é uma antena de meia onda para a frequência de 50 MHz.

Ainda podemos usar a mesma antena na frequência de 25 MHz, e é fácil mostrar: (142,5 / 25) / 4 = 1,425, essa antena também é formada por dois elementos de 1 metro e quarenta e dois centímetros e meio, mas no cálculo acima o resultado foi dividido por quatro, ou seja, é uma antena de ¼ de onda para 25 MHz.

Nos exemplos não incluí cálculos complexos, são cálculos didáticos apenas para antenas simples, no caso, dipolo aberto, mas se forem incluídos elementos como, por exemplo, um refletor, já começam os problemas de posicionamento, porque o espaço entre o refletor e o dipolo é diferente para cada frequência.

O tamanho do refletor é obtido multiplicando 0,49 pelo resultado da divisão da velocidade do som pela frequência, na prática temos: ((300 / 100) * 0,49) * 2 = 2,94, o cálculo mostra que o elemento refletor deve ter exatos 2 metros e noventa e quatro centímetros.

Para 50 MHz e para 25 MHz o processo é o mesmo para obter o tamanho do refletor, então não há problema, mas para obter a distância entre o refletor e o dipolo começam a surgir impedimentos, pois a distância entre os elementos depende do resultado da divisão da velocidade do som no vácuo com a frequência de operação.

Calculando 0,25 * (300 / 100) teremos a distância entre o elemento refletor e o elemento dipolo, no exemplo é 75 centímetros, e por se tratar de tamanho de ondas diferentes, o resultado que for obtido vai exigir que elementos sejam posicionados de forma que um atrapalhe o outro causando capacitâncias.

Postagens relacionadas
  • Direcional Para 5.8 GHz
  • Teste de Módulos de RF
  • Módulos de RF 433 MHz
  • Celular Nos Confins
  • Bloqueadores de RF
  • As Ondas de Rádio
  • Posts mais acessados
  • Teste de Bateria (14532)
  • Antena Para Celular (12042)
  • Amplicador 60 W RMS (9583)
  • Os Gatos & Dúvidas (8153)
  • Ganhar na Loto Fácil? (5803)
  • Utilize a busca para encontrar o tema de seu interesse.
    Pense no meio ambiente antes de este link.   Dúvidas? Acesse o Fórum