Potência e as Portas LPT

Importante:
Esse tipo de circuito trabalha direto na rede 220 volts, qualquer erro, além de causar sérios danos ao computador, pode causar danos ao seu corpo.

Deve-se ter muito cuidado durante a montagem e verificar tudo muito bem antes de ligar, sempre é melhor ter mais alguns segundos para ver e verificar todas as conexões novamente.

Se não tiver experiência em projetos que manipulem corrente alternada, sugiro que deixe esse projeto de lado, caso decida continuar, é por sua conta e risco.

Os computadores oferecem a facilidade de serem programados para fazer quase tudo, dependendo da programação, executam eventos e ações em horários programados, desde o simples sinal sonoro até o controle de uma carga de pequena ou grande potência, se a programação estiver correta, não existirão dificuldades.

Com os computadores modernos e ferramentas que facilitam a cada dia o desenvolvimento de programas (software) com interfaces gráficas, tornando a cada dia mais fácil a utilização do computador, ou seja, melhorando o relacionamento entre computador e usuário.

O computador pode executar um sem número de tarefas, mas quando é necessário o controle de lâmpadas, motores ou equipamentos, começam a surgir problemas, pois os computadores só manipulam sinais de baixa tensão e de baixa corrente.
Para controlar grandes potências são necessárias interfaces de potência, mas capazes de operar a partir de sinais sem potência, ou seja, sinais fracos.

Para ser possível controlar algum equipamento de potência através do computador, deve ser adicionada uma interface, que como principal característica, tenha isolamento físico entre a interface e o computador, o objetivo é a proteção do computador.

O circuito apresentado neste texto permite comandar 220 volts em corrente alternada que tenham potência máxima de 1500 watts, utilizando a porta paralela do computador.


Conforme mencionado, este circuito pode manipular cargas que trabalham com a alimentação 220 Volts e consumir não mais de 1500 Watts.

As possibilidades são luzes, cafeteiras, portas de garagem, aparelhos, aparelhos de TVs e equipamentos de áudio também podem ser ligados, mas devem ser deixadas as respectivas teclas power ligadas, portanto, aguardando a energia do controlador ser ligada.

O sinal digital a partir da porta paralela é limitado, mas aplicando o mesmo fraco sinal no cátodo de um LED, que por sua vez emite um sinal luminoso, existem inúmeras aplicaçõs que podem ser exploradas.

Neste circuito em especial, é explorada a capacidade de isolamento físico entre o circuito de controle de potência e o computador, para isso é utilizado um circuito integrado MOC3040 que tem a função de foto-acoplador, o MOC3040 que vem com um LED e um DIAC dipostos de forma que de acordo com o brilho do LED, o DIAC permite a passagem de corrente, e a partir daí, as coisas ficam simples, pois se o LED acende, ele aciona o DIAC interno do MOC3040, que por sua vez, controla a porta (gate) do TRIAC.

O ânodo do diodo (LED) deve ser conectado ao sistema digital através do pino 25 da porta paralela, que é o comum, ou terra (GND), o cátodo é ligado a um dos pinos de saída da porta LPT, não me peçam por programas específicos, a minha idéia é a do circuito de controle de potência.

O funcionamento é bem simples, a luminosidade produzida pelo LED (e que não é vista) impulsiona a porta do TRIAC, que, por sua vez, impulsiona a potência do TRIAC, foram incluídos no circuito um resistor em série com um capacitor qie são conectados em paralelo com o triac, a função é limitar ruídos da comutação, pois no caso de controlar cargas indutivas pode ser gerado ruído que interfira em outros aparelhos, a mesma função é a do indutor, deve ser feito com 100 voltas de fio 18 AWG sobre um ferrite ou até mesmo um parafuso.

No lugar do MOC3040 pode ser um MOC3041, o TRIAC deve ser capaz de manipular pelo menos 400 volts, sob 8 Ampères, não deve ser esquecido de colocar radiador de calor no TRIAC, que, dependendo da potencia, sem radiador ele pode queimar.

O circuito da figura acima é para apenas um canal, para montar um sistema de canais, devem ser repetidos tantas vezes quanto necessários canais, e lembre-se que apenas um circuito pode ser ligado em cada pino da porta paralela.

Quanto ao controle atevés do computador, não se apresse, monte o circuito, faça algumas experiências sem o computador, coloque os pinos 1 e 2 do MOC3040 em algum LED que já acenda em alguma função e veja como o circuito se comporta, depois, com mais experiência, vou escrever algo que permita que seja conectado ao computador sem nenhum risco, nem para o computador e nem para o operador.

Postagens relacionadas
  • Faróis Apagados?
  • Proteja Portas e Janelas
  • Fazer Bengala Eletrônica
  • Lâmpada de Corredor ou Escada
  • Sem Pânico Para Idosos (P2)
  • Sem Pânico Para Idosos (P1)
  • Posts mais acessados
  • Teste de Bateria (14532)
  • Antena Para Celular (12042)
  • Amplicador 60 W RMS (9580)
  • Os Gatos & Dúvidas (8153)
  • Ganhar na Loto Fácil? (5803)
  • Utilize a busca para encontrar o tema de seu interesse.
    Pense no meio ambiente antes de este link.   Dúvidas? Acesse o Fórum