Sem Circuito Impresso

Como realizar montagens utilizando circuitos integrados sem usar placas de circuito impresso é um desafio para qualquer amante da eletrônica, em muitas das vezes não é economicamente viável fazer uma placa de circuito para uma montagem experimental.

Os circuitos integrados são produzidos com uma série de componentes interligados internamente, e isso torna qualquer montagem muito compacta, o problema do curioso e/ou montador de circuitos começa quando ele tem que começar a soldar os componentes periféricos nos terminais dos circuitos integrados.

Outro problema é que a maioria dos CIs utilizados é da tecnologia CMOS, isso quer dizer que os CIs podem ficar danificados antes do final da montagem, o culpado pode não ser o soldador (a pessoa) mas pode ser o soldador (o instrumento) por vazamento de alta tensão ou pelo excesso de calor nos terminais dos CIs.

Faz muito tempo que adotei uma regra simples: sempre tenho uma plaquinha de circuito impresso com um soquete e nela faço minhas experiências, em alguns casos, a montagem fica ali mesmo e eu fabrico outra placa de testes.

É parecido a ter uma matriz de contatos, porém, usa-se solda normalmente e o bom de tudo é que dá para fazer experiências de todo tipo sem colocar os CIs em risco, pois se soldam todos os componentes e depois é que o circuito integrado é encaixado no soquete.

Assim, a taxa de inutilização de componentes é muito baixa, para isso, basta um pedaço de placa de circuito impresso de 5 cm por 5 cm e dividir as “ilhas” com uma serrinha de cortar ferro, o cuidado que deve-se ter é o mesmo no que diz respeito a separação dos terminais.

Na imagem abaixo segue um exemplo: uma plaquinha já com um soquete de 20 pinos esperando circuitos integrados que possuam até 20 pinos, o detalhe é que podem ser usados circuitos integrados menores como o CI 555, o CI 741 e outros, e tudo na mesma base.

Nesse processo o esquema eletrônico deve ser seguido, e depois de todos os componentes que constam do esquema estiverem soldados, é só conectar o CI na posição correta no soquete e ver o resultado.

Abaixo segue um exemplo com um CI conectado, obviamente que esse exemplo é para facilitar a vida daqueles que acham que é preciso ter uma parafernália para poder praticar eletrônica e colocam a desculpa que não podem realizar a montagem porque não tem como fixar os circuitos integrados, pura má vontade ou falta de conhecimento.

Espero que essa dica sirva para que os próximos projetos possam ser montados sem dificuldades, obviamente que quem tiver as condições e a vontade de projetar suas plaquinhas de circuito impresso que o façam normalmente.

Postagens relacionadas
  • Adeus Bateria de 9 Volts
  • Lote de BF494 Falsificado
  • Eliminador Baterias
  • Choques Como Proteção
  • Componentes eletrônicos
  • Assim Surgiu a Eletrônica
  • Posts mais acessados
  • Teste de Bateria (43692)
  • Gerador Números Celular (37900)
  • Antena Para Celular (31825)
  • Amplicador 60 W RMS (23212)
  • Os Gatos & Dúvidas (21773)
  • Utilize a busca para encontrar o tema de seu interesse.
    Pense no meio ambiente antes de este link.