• Versão Mobile
  • Sem Circuito Impresso

    Como realizar montagens utilizando circuitos integrados sem usar placas de circuito impresso é um desafio para qualquer amante da eletrônica, em muitas das vezes não é economicamente viável fazer uma placa de circuito para uma montagem experimental.

    Os circuitos integrados são produzidos com uma série de componentes interligados internamente, e isso torna qualquer montagem muito compacta, o problema do curioso e/ou montador de circuitos começa quando ele tem que começar a soldar os componentes periféricos nos terminais dos circuitos integrados.

    Outro problema é que a maioria dos CIs utilizados é da tecnologia CMOS, isso quer dizer que os CIs podem ficar danificados antes do final da montagem, o culpado pode não ser o soldador (a pessoa) mas pode ser o soldador (o instrumento) por vazamento de alta tensão ou pelo excesso de calor nos terminais dos CIs.

    Faz muito tempo que adotei uma regra simples: sempre tenho uma plaquinha de circuito impresso com um soquete e nela faço minhas experiências, em alguns casos, a montagem fica ali mesmo e eu fabrico outra placa de testes.

    É parecido a ter uma matriz de contatos, porém, usa-se solda normalmente e o bom de tudo é que dá para fazer experiências de todo tipo sem colocar os CIs em risco, pois se soldam todos os componentes e depois é que o circuito integrado é encaixado no soquete.

    Assim, a taxa de inutilização de componentes é muito baixa, para isso, basta um pedaço de placa de circuito impresso de 5 cm por 5 cm e dividir as “ilhas” com uma serrinha de cortar ferro, o cuidado que deve-se ter é o mesmo no que diz respeito a separação dos terminais.

    Na imagem abaixo segue um exemplo: uma plaquinha já com um soquete de 20 pinos esperando circuitos integrados que possuam até 20 pinos, o detalhe é que podem ser usados circuitos integrados menores como o CI 555, o CI 741 e outros, e tudo na mesma base.

    _lab_cirrcuito_impresso

    Nesse processo o esquema eletrônico deve ser seguido, e depois de todos os componentes que constam do esquema estiverem soldados, é só conectar o CI na posição correta no soquete e ver o resultado.

    Abaixo segue um exemplo com um CI conectado, obviamente que esse exemplo é para facilitar a vida daqueles que acham que é preciso ter uma parafernália para poder praticar eletrônica e colocam a desculpa que não podem realizar a montagem porque não tem como fixar os circuitos integrados, pura má vontade ou falta de conhecimento.

    _lab_cirrcuito_impresso_

    Espero que essa dica sirva para que os próximos projetos possam ser montados sem dificuldades, obviamente que quem tiver as condições e a vontade de projetar suas plaquinhas de circuito impresso que o façam normalmente.

    Postagens relacionadas
  • Placa de CI Laboratório
  • Copiadores de Esquemas
  • Adeus Bateria de 9 Volts
  • Lote de BF494 Falsificado
  • Eliminador Baterias
  • Choques Como Proteção
  • Posts mais acessados
  • Teste de Bateria (67436)
  • Gerador Números Celular (55737)
  • Antena Para Celular (43801)
  • Amplicador 60 W RMS (32613)
  • O Perigo dos Choques (31254)
  • Utilize a busca para encontrar o tema de seu interesse.
    Pense no meio ambiente antes de este link.