Melhorar Antena Omni

Antes de começar a ler este texto e duvidar de qualquer coisa, saiba que aquela antena que vem com sua placa de rede wireless tem 1 DBI de ganho, e você não pode movimentar ela procurando o melhor lugar, o que proponho aqui é justamente isso, você faz a sua antena, adquire conhecimento e prática e usa apenas um pedacinho de fio, e tem a possibilidade de escolher o melhor lugar para obter melhor alcance do sinal, eu faço minhas experiências, e você vai comprovar que a proposta é sim fazer uma antena que funciona conforme descrito.

A cada nova placa wireless que pego, vou fazer minhas experiências, isso é uma doença, mas fazer o que?, desde os meus tempos de rádio PX ainda não consegui cura para esse vício de mexer com rádio frequência, quem sabe um dia eu me cure disso.

Já na era dos computadores, herdei a mesma mania, não posso deixar de mexer com equipamentos que se comunicam sem fio, com o surgimento das placas de redes wireless, eu sempre comprava pig-tail, outros tipos de conectores, cabo coaxiais caros, e um dia desses eu resolvi, vou tentar dar um basta nisso, sei que não vou mudar os padrões das redes wireless dos computadores, mas não custa saber o que realmente acontece.

Esta antena que proponho tem um ganho de apenas 1 dbi, claro que parece muito pouco, na verdade é apenas um pedaço de fio, mas mesmo com apenas um dbi de ganho existem uma série de vantagens, e a primeira vantagem é que você pode procurar o melhor lugar para colocar a antena e eliminar aquela idéia de colocar o computador em cima do guarda roupa ou em outro lugar mais alto.

Qualquer antena custa os olhos da cara, aquela anteninha que vem na placa de rede wireless, custa entre R$ 30.00 e R$ 50.00 se for comprada avulsa em qualquer loja especializa, e o que muitos não sabem é que aquela antenha tem apenas 3 centímetos de fio no seu interior, não que a antena não tenha importância, mas custar mais caro do que a própria placa eu acho algo meio fora do normal, o cabo coaxial então nem se fala, e cabo coaxial por cabo coaxial, eu compro a um real o metro desses usados na descida para antena parabólica.

Note que não recomendo esse tipo de cabo para instalação definifiva, estou citando uma experência, é lógico que para instalações definitivas deve ser usado o cabo coaxiai RGC 213, mas para fazer experimentos acho que outro tipo de cabo coaxial serve, desde que seja totalmente blindado, e o cabo coaxial de 75 ohms usado na descida de sinal da TV a cabo tem essas características, e se o resultado agradar e desejar deixar uma instalação definitiva, com base da experiência com cabo impróprio, colocando um cabo coaxial melhor, é óbvio que o resultado será melhor, no meu caso, cortei 7 metros de cabo coaxial de 75 ohms para minha experiência.

Afinal, se não desse certo, o prejuízo seria bem pequeno, a placa wireless podia ser aproveitada da mesma forma, a antena, bem, é só pedaço de fio mesmo, mas se fosse comprar passaria dos R$ 100.00 com certeza.

Já escrevi alguma coisa sobre antenas aqui mesmo no Ibytes, elas devem realmente ter medidas certas, mas para 2.4 GHz, 6.1 centímetros é o tamanho exato uma antena omni de meia onda, se fosse de onda completa, o tamanho seria de 12.5 centímetros, isso se for sem parasitas, sem varetas, enfim, só a antena mesmo, ou seja, um padaço de fio esticado.

Porque 6.1 centímetros?

O fato é que 6.1 centímetros (61 milímetros) é o tamanho de meia onda para a frequência de 2.4 GHz, 3.05 centímetros (30 milímetros e meio) é o tamanho de 1/4 de onda para 2.4 GHz, de um modo geral, as antenas seguem uma regra de serem construídas para captar e transmitir sinais sintonizadas em 1/4 de onda, talvez seja devido a quantidade de material que é utilizado nas antenas e também devido ao tamanho que acabam ficando as antenas, principalmente se a frequência de operação for baixa, note o que o tamanho dos elementos das antenas é que fazem a diferença entre a antena ser boa e cumprir sua função, ou ser apenas um pedaço de fio inútil.

Para minha experiência, escolhi uma placa wireless SWL-2200P da sansung, porque tive alguns pequenos problemas para conectar com esse modelo, além disso, ela tem um defeito na fabricação, aquele pedaço de cabo blindado que sai da saída de RF até o conector, utilizei este detalhe que chamo de defeito para fazer minha modificação no que diz respeito ao conector de saída para a antena.

Note que troquei o conector de saída original por um mais comum de 75 ohms, assim posso testar várias antenas sem ter que cortar fios, e nem ter que comprar um pig-tail para cortar o fio ao meio, por utilizei um conector compatível com os da antena parabólica, onde é tudo 75 ohms, sem contar que pela facilidade de como se faz os contatos físicos dos fios aos conectores, é só sob pressão, como nota-se, até sem solda e sem soldador é possível montar essa antena omni.

O único cuidado especial é que a malha protetora do cabo coaxial não deve fazer contato com o fio central, que é duro e que será a própria antena, como veremos no final do texto.

No caso do cabinho blindado por onde passa a RF até chegar ao conector, é algo bem delicado para fazer, pois o fio é fino e ainda por cima é com malha, fiz um corte no fio e afastei a malha para trás, soldando a parte viva (fio do centro) do cabinho blindado no novo conector, a parte da malha também soldei no conector, mas tudo com cuidado para não amolecer o plástico do fio blindado, o que causaria um curto-circuito na saída de RF da placa wireless, podendo até ser inutilizada.

Depois protegi a solda do fio vivo da malha onde passa a RF com fita isolante, e também a parte do fio malha foi protegido com fita isolante, utilizei um padacinho de alumínio para ajudar a blindar onde fiz as alterações, o objetivo é dar segurança e não permitir que retorne RF (ondas estacionárias) para a placa, apesar do sinal de saída ser mínimo, e ficou conforme a figura abaixo.

A placa wireless com as modificações feitas ficou conforme a figura abaixo, e com o novo conector no devido lugar.

Agora só faltava cortar a antena mesmo, peguei a outra ponta do cabo coaxial e medi 5.5 centímetros e cortei a capa protetora juntamente com a proteção de alumínio que tem o cabo coaxial, tive cuidado para não marcar o fio central, caso o fizesse, ao fazer eventuais movimentos o fio iria se quebrar.

Usei como base uma dessas embalagens de 25 CD, fixei o cabo coaxial na parte central da base de plástico, fiz quatro furos para possibilitar prender no mastro, e um furo por onde passei o cabo coaxial, evitando que ele se movimente com o vento.

E como eu pretendia saber o rendimento da antena, optei por colocar na rua, então utilizei a capa protetora para evitar que o cabo coaxial molhasse no seu final e que a água causasse instabilidade e perda de rendimento, e o resultado visual
é o da figura abaixo.

Fixei a antena no mastro, dois metros mais alto do que o roteador, e como sempre, é provisório (para sempre), então amarrei com dois pedaços de fios provisóriamente para fazer os testes.

Agora você deve estar se perguntando: se no cálculo de antenas o resultado é 6.1 centímetros, porque a imagem mostra que deve ser 5.5 centímetros?

Bom, se foi observado esse detalhe, muito bem, se não foi, então tá danado, mas o fato é que é preciso descontar o fator de velocidade do cabo coaxial, acesse o link Faça suas antenas direito e ficará mais fácil a compreenssão.

Com o sinal com a antena original mal dava para conectar a uma distância de 5 postes, 150 metros aproximadamente, usando o roteador linksys WRT54G a 3 metros de altura e recebendo (tentando) com a CPU em cima do guarda roupa devido a visada de antena.
E chegou a hora de ver se valeu a pena esse trabalho muito gostoso, para ver o nível do sinal recebido utilizo o indispensável network stumbler, e como com a antena original mal tinha o sinal do roteador, um pequeno aumento de dois ou três pontos já seria gratificante, eu mesmo não esperava resultado tão bom, pois com a nova antena passei a ter mais duas estações com nível de sinal em condições de conectar, o sinal da matrix está a mais de 4 KM de onde estou, a outra estação não consegui saber a distância, mas o importante é que eu tinha um sinal mínimo e agora posso conectar com sinal como se estivesse na mesma sala onde está o roteador.

Agora a CPU já está no seu lugar em baixo da mesa, com bom sinal e boa conexão, e gastei R$ 7.00 e menos de meia hora, para mim, estou satisfeito.

Obs.: citei no começo do texto que tive problemas com a placa wireless swl-220p da sansung, realmente tive, porque a minha rede estava toda com segurança WPA Personal, mas essa placa só conecta com segurança WEP e com 11 MB, claro que isso não é defeito, é o padrão de rede sem fio IEEE 802.11b, mas minhas placas wireless eram todas IEEE 802.11g, inclusive no roteador (linksys) estava configurado para IEEE 802.11g, por isso a estação era encontrada mas não fazia a conexão, colocando o roteador em mix mode o problema foi resolvido.

Postagens relacionadas
  • Direcional Para 5.8 GHz
  • Teste de Módulos de RF
  • Módulos de RF 433 MHz
  • Celular Nos Confins
  • Bloqueadores de RF
  • As Ondas de Rádio
  • Posts mais acessados
  • Teste de Bateria (14867)
  • Antena Para Celular (12295)
  • Amplicador 60 W RMS (9739)
  • Os Gatos & Dúvidas (8321)
  • Ganhar na Loto Fácil? (5910)
  • Utilize a busca para encontrar o tema de seu interesse.
    Pense no meio ambiente antes de este link.   Dúvidas? Acesse o Fórum