Instalar Cerca Elétrica

A cerca elétrica é um equipamento ideal para instalação sobre muros e grades acima de 2 metros, a cerca elétrica inibe tentativas de invasores, de construção relativamente barata, além de um circuito oscilante de alta tensão (central de choque), apenas 4, 6 ou 8 filamentos são ligados a uma central de choque.

As cercas elétricas geram um efeito inibidor psicológico, as cercas elétricas são constituídas por fios de aço inox de alto brilho sustentados por hastes de alumínio com isoladores em poliéster de fácil visualização, o com isso a cerca elétrica faz com que invasores sejam obrigados a mudar a idéia de invadir o local protegido.

Nas cercas elétricas, na tentativa de incapacitar o sistema, fios podem ser rompidos, estes fios quando rompidos ou tocados disparam sirenes, dependendo do fabricante e qualidade, tem a opção também poder acionar holofotes e discadores telefônicos.

Além do fator inibidor, um bom sistema de cerca elétrica conta ainda com um “tempero” especial: o invasor recebe pulsos de alta tensão mas de baixíssima corrente, são choques do tipo pulsantes aplicados a cada 1 ou 2 segundos e que duram apenas um milésimo de segundo, isso faz com que a descarga elétrica dê um choque bem desagradável mas a vítima não gruda e não é fatal, isso é o que torna a cerca elétrica um sistema de proteção perimetral muito eficiente.

Aqui mesmo no Ibytes existe um texto que aborda o efeito do choque sobre o corpo humano, não deixe de acessar.

Este texto tem o objetivo de transmitir algumas informações de como deve ser montada uma cerca elétrica e ser ligada nela o eletrificador de cercas.

O alvo central é a utilização de um eletrificador que funcione por rede elétrica e por bateria ao mesmo tempo, lembrando que o uso da placa solar é só para os eletrificadores que funcionam com bateria.

Se o caso for um eletrificador que funcione apenas por rede elétrica, ignore as informações referentes a bateria e a placa solar, e se for um eletrificador que funcione por bateria, ignore as informações referentes a rede elétrica.

Na verdade, existem poucas diferenças entre os eletrificadores que são fabricados dentro das normas eletrotécnicas internacionais 60335-2-76 I.E.C:1997+A1:1999.

O eletrificador deve ser instalado num local totalmente seco, protegido do sol, das chuvas e de neblinas, em altura onde os animais e crianças não possam mexer, e próximo de uma tomada elétrica de 110 ou 220 volts (de acordo com a rede elétrica) ou de uma bateria com 12 volts, e de ambos se o eletrificador for do tipo que funciona na rede elétrica e na bateria (combinado), neste caso na falta de energia elétrica ele passará automaticamente a funcionar por bateria.

Para eficiência do eletrificador de cercas, deve ser bem feito o aterramento elétrico, nas cercas elétricas, recomenda-se cravar na terra e reto para baixo, em lugar úmido e distantes 4 metros entre si e a mais de 10 metros de qualquer outro tipo de aterramento elétrico, algumas hastes de cobre com 2 metros de comprimento cada uma e interliga-las com um fio sólido até o terminal “terra” do aparelho.

É importante observar que se no terminal “terra” estiver dando choque, é preciso instalar mais hastes de cobre e interliga-las da mesma forma como as primeiras, pois as perdas elétricas que acontecem nos aterramentos elétricos deixam a cerca “ineficiente”.

A cerca elétrica deve ser construída com um ou mais fios de arame liso e galvanizado N.º 14 ou N.º 16, distantes a mais de 2 metros de outras cercas e 15 metros de distância das redes elétricas, passando os arames em isoladores do tipo roldana de tamanho igual ou maior que 40 X 40, todo o material deve ser de boa qualidade, existem em isoladores apropriados para esta finalidade, são fixados em estacas de madeira beneficiada, ou “bruta do mato”, em altura adequada para cercar os animais, também deve ser observado o isolamento e estar livre do contato com a vegetação, sobras pôr baixo da cerca devem ser roçadas em toda a sua extensão quando os arbustos estiverem crescendo e chegando próximo dos fios.

Nas cercas elétricas não é permitido que seja usado arame farpado na construção da cerca elétrica, pois compromete a segurança.

É obrigatório que sejam expostas placas de advertência nas cercas elétricas, as placas de advertência podem ser fixadas nas estacas de sustentação da cerca em intervalos regulares, o tamanho mínimo de 20 cm X 10 cm, sempre na cor amarela e escrito em preto dos dois lados, “TOME CUIDADO, CERCA ELÉTRICA”, ou apenas seu símbolo correspondente, conforme é especificado nas normas técnicas internacionais, 60335-2-76 I.E.C:1997+A1:1999, agindo dessa forma previne-se de possíveis acidentes ou de fatalidades com pessoas que circulam próximas das cercas elétricas.

Pessoas que são portadoras de problemas cardíacos, crianças e leigos correm riscos, por simples curiosidade ou por falta de conhecimento do risco que uma cerca elétrica representa, além dos choques, sob algumas condições, as cercas elétricas também podem apresentar um risco de incêndio e devem, portanto, serem instaladas de forma que não venham oferecer perigo aos seres vivos e nem ao meio ambiente.

No que diz respeito a segurança, também é preciso que seja prevista prevenção contra raios e relâmpagos, uma maneira bem simples é fazer uma bobina de fio com 30 a 50 espiras, tendo como forma um cano de água de 25mm, a bobina deve ficar próxima do eletrificador com comprimento suficiente para ligação até a cerca elétrica.

A sugestão acima ajuda, mas para proteção maior é altamente recomendável a utilização de um kit pára-raios para cerca elétrica, para fazer a instalação, siga o manual de instruções do kit, e antes de começar a fazer a instalação desligue o eletrificador, principalmente das ligações cerca e terra, de maneira simples, mas bem explicativa, a cerca se comporta como se fosse uma antena que capta as energias liberadas pela natureza, por isso até mesmo a cerca elétrica pode ser atingida por raios.

O tamanho máximo de uma cerca elétrica não é determinado apenas pelo eletrificador, a qualidade de todos os elementos que a compõem a cerca e principalmente as condições climáticas e geográficas, peculiar de cada localidade.

O melhor desempenho na maior parte dos casos, é obtido quando a extensão da cerca não ultrapassa 30% da capacidade máxima do eletrificador, ficando o restante como reserva para cobrir eventuais perdas elétricas ocorridas nos cercados elétricos, de modo geral, a cerca elétrica deverá ser construída dentro de um raio máximo de de 2 a 3Km ao redor do aterramento elétrico ligado no eletrificador e ficar bem isolada do contato com a vegetação.

Devem ser feitas manutenções periódicas nas cercas elétricas e nos aterramentos elétricos, as manutenções devem ser feitas com o eletrificador desligado.

Os materiais necessários para fazer cerca elétrica são as hastes de cobre (ou cobreadas), com 2 metros de comprimento, cuja função é fazer o aterramento elétrico, arame liso e galvanizado N.º 14 ou N.º 16, para a construção das cercas, alguns metros de fio sólido 1,5 mm ou 2,5 mm para as ligações dos terminais “terra” e “vivo da cerca”, isoladores de 40 X 40 ou maiores com estacas de madeira ou estacas especiais de plástico, fibra ou PVC, e conforme o modelo do eletrificador, a disponibilidade de uma tomada elétrica 110 ou 220 volts e/ou de uma bateria automotiva.

Lembre-se que se forem usados materiais impróprios, fica comprometida a segurança e o bom funcionamento e eficiência da cerca elétrica.

Postagens relacionadas
  • Eletricidade e Segurança.
  • Gerar e Usar a Energia
  • Gerar Energia Infinita
  • Eletricidade e Eletrônica
  • Economia Sem Gato
  • Transformadores de Tensão
  • Posts mais acessados
  • Teste de Bateria (14867)
  • Antena Para Celular (12295)
  • Amplicador 60 W RMS (9739)
  • Os Gatos & Dúvidas (8321)
  • Ganhar na Loto Fácil? (5910)
  • Utilize a busca para encontrar o tema de seu interesse.
    Pense no meio ambiente antes de este link.   Dúvidas? Acesse o Fórum