Transistor, Coloco Qual?

Escolher um transistor equivalente para um projeto exige que o técnico tenha o conhecimento da função transistor no circuito e as características do transistor que vai ser substituído.

Para aplicações comuns de corrente contínua e áudio geral, a escolha não é crítica porque normalmente transistor equivalente deve ter as seguintes características:

Ser do mesmo tipo, NPN, PNP, FET de canal N ou FET de canal P.

– Ter a máxima corrente de coletor igual ou maior que o original.

– Ter tensão máxima de coletor igual ou maior que o original.

– Ter ganho igual ou maior que o original.

Mas para aplicações em circuitos de alta freqüência é preciso que outro detalhe também seja observado:
– A freqüência de transição deve ser igual ou maior que o original.

Nos circuitos de pré-amplificadores de áudio ou em amplificadores de RF deve ser observado o fator de ruído, que no transistor equivalente deve ser pelo menos igual, ou melhor que o original.

Por isso é muito importante o técnico ter em mãos para consultas um manual de transistores, na verdade, um manual de transistores é tão importante para quem faz substituições de transistores, quanto a importância de um multímetro e de um soldador.

Postagens relacionadas
  • Choques Como Proteção
  • Retificadores e Nomenclaturas
  • Componentes eletrônicos
  • Assim Surgiu a Eletrônica
  • Eletricidade e Eletrônica
  • Iniciando na Eletrônica
  • Posts mais acessados
  • Teste de Bateria (14817)
  • Antena Para Celular (12236)
  • Amplicador 60 W RMS (9717)
  • Os Gatos & Dúvidas (8303)
  • Ganhar na Loto Fácil? (5898)
  • Utilize a busca para encontrar o tema de seu interesse.
    Pense no meio ambiente antes de este link.   Dúvidas? Acesse o Fórum