Testador de MOSFETs

Transistores MOSFETs são bem parecidos com os transistores bipolares comuns, até no seu funcionamento, mas o teste para saber se um determinado transistor do tipo MOSFETs está com defeito ou não é feito de forma diferente.

O funcionamento é parecido com o transistor bipolar, quando uma tensão é aplicada ao terminal chamado de “porta” (g) ela controla a circulação de corrente entre o dreno (d) e a fonte (s), note que os terminais são chamados de Gate, Dreno e Source.

Existem tipos de MOSFETs para baixas potências e para altas potências, nosso alvo nesse texto são os MOSFETs para alta potência, eles são encontrados em várias aplicações, principalmente nas saídas de amplificadores de som automotivo, e a intenção é como testar o funcionamento sem utilizar o multímetro.

Na imagem é mostrado o aspecto físico mais comum para um transistor MOSFET de potência, note que tem aspecto reforçado e tem uma carcaça metálica para facilitar à dissipação de calor, na imagem também mostrada a simbologia adotada para transistores MOSFETs.

Nosso objetivo á testar o funcionamento de um transistor MOSFET de potência com canal N, portanto, o símbolo a ser seguido é aquele em que “a seta aponta para dentro”.

Só de ver o componente o técnico não tem como saber nada sobre o componente, tudo é esclarecido a partir do código que está impresso nele, e no caso do teste é preciso identificar os terminais Gate, Source e Dreno, pois assim como nos circuitos, os terminais dos componentes tem locais certos para serem soldados.

O teste mais simples é feito com um provador de continuidade que geralmente está incorporado ao multímetro, este teste permite detectar quando o componente está em curto, no nosso caso não precisaremos do multímetro, pois usaremos um circuito de teste.

Com o multímetro o procedimento é medir a resistência entre os diversos terminais do componente, com o circuito proposto dispensa conhecimentos em multímetros e exige a identificação correta dos terminais do componente a ser testado, e o legal é que dá para deixar o circuito montado para testar outros MOSFETs futuramente.

Na figura abaixo é mostrado um circuito simples, trata-se de um circuito de teste para MOSFETs de canal N com correntes de dreno a partir de 500 mA, os MOSFETs de canal P também podem ser testados com o mesmo circuito, basta inverter a polaridade da alimentação, já que além da bateria e do componente em teste não há outros componentes polarizados no circuito.

Testador de Transistores do Tipo MOSFET

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

A lâmpada será o monitor do teste e é ela que vai determinar a corrente de teste, deve ser observado que existem tipos de potência em que se exige uma corrente mínima de dreno para que ele opere satisfatoriamente.

Essa corrente vai determinar as características mínimas da lâmpada que deve ser usada no provador, se não sabe qual lâmpada usar, uma lâmpada de pisca-pisca automotivo serve perfeitamente, uma lâmpada de farol pode fazer com que o componente em teste esquente demais.

Para começar o teste identifique os terminais do transistor MOSFET de potência e solde provisoriamente no circuito de teste mostrado na figura acima, não é porque é uma solda provisória que ela deve ser mal feita, portanto, capriche.

Ligue a alimentação do circuito, observando antes a polaridade, se a lâmpada usada for menor que 10 watts não será preciso dotar o transistor de radiador de calor, pois a corrente de teste é pequena em relação à sua capacidade de dissipação.

Observe o que acontece com a lâmpada e depois aperte o interruptor S1.

Atenção na interpretação dos resultados:

Se a lâmpada acendeu assim que a alimentação do circuito foi estabelecida (sem pressionar S1), então o MOSFET de potência está em curto, um brilho fraco indica que o transistor tem fugas.

Se a lâmpada não acender pressione S1, se o MOSFET de potência se estiver bom a lâmpada deve acender, ao soltar S1 a lâmpada deve apagar.

Se a lâmpada não acender com S1 pressionada é a indicação que o transistor se encontra aberto.

1 resistor de 330k por 1/8 de watt

1 resistor de 68k por 1/8 de watt

Bateria ou fonte  de 12 volts

Uma chave do tipo push normalmente aberta

1 lâmpada de 12 volts (pisca-pisca)

Não era o que procurava? Utilize o sistema de busca!
Pense no meio ambiente antes de este link.

7 comentários

  1. Magnificent website. A lot of helpful information here. I am sending it to some pals ans additionally sharing in delicious. And obviously, thanks in your sweat!

  2. Meu caro

    O princípio de funcionamento dos Fets e Mosfets é COMPLETAMENTE diferente dos transistores bipolares.
    Eles não têm nada de parecido. Seria conveniente reescrever este texto para não confundir os iniciantes.

  3. antonio novaes

    gostei das informações sobre o testador de mosfets valeo

  4. Muito Bom…. Vou Monta-lo Agora Mesmo…

  5. Olá segui o tutorial ( por sinal muito bom) porém fiquei em dúvida na montagem ,No caso o S recebe sinal -, o D recebe o sinal 12v que vai passar pela lâmpada e o gate o positivo que vem dos resistores …. é isso mesmo , montei aqui mas testando um mosfet bom (novo) e um ruim deu o mesmo resultado a lâmpada acende com os dois e sem apertar o S1 ….. aguardo uma resposta e continue com os seus tutorias

    • @Bruno,
      A corrente de fuga pode estar alta, diminua o valor do resistor de 330K para valor menor até que a lâmpada permaneça apagada com um componente comprovadamente bom e com os terminais corretamente instalados.
      Experimente 100K e vá diminuindo até um 33K, caso necessite.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Free WordPress Themes - Download High-quality Templates