Amplificador MOSFET

Há quem goste de muita potência sonora e outras de baixa potência e muita qualidade, esse amplificador com MOSFET na saída reune o melhor da qualidade e muita potência, isso quer dizer amplifica o som sem distorção, ou com muito pouca distorção.

Nesse esquema, os componentes que podem ser os mais difíceis são os transistores de saída, por se tratar de transistores de efeito ce campo, mas nada que não possa ser substituído por equivalentes existentes no mercado especializado.

A bobina L1 deverá ser “fabricada” pelo montador e os demais componentes são comuns no mercado espacializado, cuidados para não soldar transistores, o diodo ou os capacitores de forma incorreta, eles tem polaridade certa e se forem invertidas os demais componentes podem ficar danificados, além do próprio componente que foi ligado errado.

Essa não não uma montagem para amadores, envolve tensão média e corrente média, e não permite nenhum tipo de erro, embora possam ser usados componentes com até 5% de tolerância em relação ao valor sugerido.

Não fiz desenho da placa de circuito impresso, conforme já relatei em outros textos, eu uso uma matriz “ilhada” e faço meus testes e depois desmonto e reaproveito os componentes em outra montagem, então sem chanche de disponibilizar as placa de circuito impresso, segue a lista de componentes.

R1 – 2k7.
R2,R3 – 47K.
R4, R5 – 3K9.
R6 – 1K2.
R7 – 32K.
R8, R10, R11 – 100R.
R9 – 15K.
R12 56R.
R13, R14 – 560R.
R15, R16 – 12R x 5W.
Bobina (ver texto).
C1 – 2,2 uF.
C2 – 330 pF.
C3 – 56 uF.
C4, C10, C11, 12 – 0.1 uF.
C5 – 0.01 uF.
C6, C7 – 33 pF.
C8, C9 – 220 uF.
TR1, TR2 – BC558.
TR3, TR4 – BD 139.
TR5 – TIP 42.
TR6 – K1058 (ou outro FET de potência canal N).
TR7 – J162 (ou outro FET de potência canal P).
D1 – 1N4007.
VR – 1K.
A fonte de alimentação deve ter 35 a 60 volts, a fonte deve ser simétrica, para leigos digo que deve ter em relação ao “massa” tensão positiva e tensão negativa.

L1 é feita de 20 espiras de fio 16 AWG (fio esmaltado) sobre forma de 1 centímetro.

A potencia de saída é da ordem de 100 watts RMS com impedância de saída de 8 ohms, e 150 watts RMS com impedância de saída de 4 ohms, a sensibilidade de entrada é de 1V RMS, essas características são válidas para tensão simétrica de 50 volts.

Postagens relacionadas
  • Faróis Apagados?
  • Proteja Portas e Janelas
  • Fazer Bengala Eletrônica
  • Lâmpada de Corredor ou Escada
  • Sem Pânico Para Idosos (P2)
  • Sem Pânico Para Idosos (P1)
  • Posts mais acessados
  • Teste de Bateria (14748)
  • Antena Para Celular (12191)
  • Amplicador 60 W RMS (9684)
  • Os Gatos & Dúvidas (8260)
  • Ganhar na Loto Fácil? (5872)
  • Utilize a busca para encontrar o tema de seu interesse.
    Pense no meio ambiente antes de este link.   Dúvidas? Acesse o Fórum