Carregador Pela USB

Além da possibilidade de conectar e desconectar qualquer dispositivo com o computador ligado, o barramento USB inclui uma linha de alimentação integrada e pode fornecer certa quantidade de energia aos dispositivos conectados.

Isto nos dá a facilidade de tirar vantagem no processo de carga de uma bateria, quando na verdade não tivermos disponível um carregador real.

Atualmente qualquer computador tem várias portas USB, que normalmente são conectados dispositivos que realizavam suas tarefas através das portas RS232.

Os cabos USB têm conectores padrão em cada um de seus terminais, e a finalidade é evitar que sejam feitas conexões incorretas, a figura abaixo mostra dois diferentes modelos de conectores fêmea (receptor) usados nos equipamentos periféricos.


Qualquer conexão USB tem apenas quatro fios, dois fios são linha de dados, um para cada direção, uma linha de terra (negativo) e um fio positivo, e são fios que fornecem alimentação para os periféricos.

O computador que tem conectores USB pode fornecer até 500 mA em cada porta USB, um “hub” com sua própria fonte de alimentação também pode fornecer a mesma quantidade energia para cada porta.

Por outro lado, o conjunto eletrônico que forma a saída USB só fornece corrente de 500 mA depois que foi estabelecida a comunicação com o dispositivo USB a ela conectado.

Imediatamente depois de ter sido estabelecida uma conexão com o dispositivo USB, e enquanto ainda não foi reconhecido pelo software controlador, a porta USB só fornece 100 mA, com isso fica claro que a máxima corrente fornecida pela porta USB é de 500 mA após a fase de identificação ter sido concluída.

Os dispositivos simples não precisam de software controlador de dispositivo, desde que não absorvam do barramento USB mais de 100 mA, sendo absorvida uma pequena quantidade de corrente não irá causar problemas no computador.

Exemplos disso são as pequenas lâmpadas e os pequenos ventiladores com um cabo USB que são vendidos atualmente, e que geralmente são usados em laptops, a verdade é que esses componentes usam a porta USB muito mal.

Esta corrente de 100 mA também poderia ser usada para carregar baterias quando não tiver disponível um carregador, e é muito fácil de fazer, como podemos ver na figura abaixo, o diodo serve de proteção para evitar danos à porta USB caso as baterias sejam conectadas na direção errada.

O resistor R1 é dimensionado para uma corrente de aproximadamente 100 mA.

É o suficiente ter um diodo de proteção e uma resistência à carga duas baterias tipo AA ou AAA conectadas em série, ou duas NiCd ou duas NiMH, o porocesso de carga pode levar algum tempo, uma vez que existe a limitação de corrente em 100 mA, mas em uma situação de emergência é uma solução perfeitamente válida.

Os valores dos componentes para circuitos USB são projetados para tensão nominal de + 5 volts e um valor mínimo de + 4,5 volts, por esse motivo é que só podem ser encaixados nos conectores padrão USB, assim facilita a alimentação correta e ao mesmo tempo a atuação do software controlador.

Postagens relacionadas
  • Faróis Apagados?
  • Proteja Portas e Janelas
  • Fazer Bengala Eletrônica
  • Lâmpada de Corredor ou Escada
  • Sem Pânico Para Idosos (P2)
  • Sem Pânico Para Idosos (P1)
  • Posts mais acessados
  • Teste de Bateria (14140)
  • Antena Para Celular (11765)
  • Amplicador 60 W RMS (9414)
  • Os Gatos & Dúvidas (7961)
  • Ganhar na Loto Fácil? (5686)
  • Utilize a busca para encontrar o tema de seu interesse.
    Pense no meio ambiente antes de este link.   Dúvidas? Acesse o Fórum