Falso Decodificador

Este circuito permite que os sinais “falsamente codificados” que se propagam através do ar na faixa UHF e nos sistemas de distribuição por cabo possam ser vistos normalmente.

Não são todos, mas alguns provedores de sinal de TV via RF ou via cabo transmitem os sinais de determinados canais codificados, cuja finalidade é impedir a exibição sem que o assinante pague alguma taxa.

Não existe nenhuma ilegalidade em captar um sinal de rádio freqüência no ar, e retirar dele o conteúdo da transmissão, no que diz respeito a sinal via cabo, se o aparelho decodificador for do provedor não pode ser alterado, é contra a Lei, e todos os detalhes do regulamento devem constar no contrato.

Conforme citei, captar e utilizar o sinal, desde que não seja retransmitido, e nem exibido em locais públicos não é crime, você mesmo deve ser dono do receptor e “fabricar” o modo de captar e utilizar um sinal supostamente “codificado”, e quem provê é que tem a obrigatoriedade de evitar que isso aconteça.

Existem aqueles que pensam de maneira diferente, mas são modos de pensar, todos da minha região sabem que captei por muito tempo o sinal de rádio de uma TV por assinatura que transmite seus sinais via rádio, mas nunca vi um filme sequer, serviu apenas para demonstrar a fragilidade do sistema deles, e depois que trocaram de sistema, ainda não tentei “pegar” o sinal pelo novo sistema.

Para cada cabeça uma sentença, tudo o que é ensinado no Ibytes é em caráter educacional, ou seja, para fazer experiências, então, quem desejar experimentar, será por sua conta e risco, tanto do modo de funcionamento como do ponto de vista legal.

Existem provedores de sinal de TV que utilizam sistemas codificados para evitar que o assinante possa sintonizar todos os canais, mas existem outros que apenas invertem o sinal de vídeo composto.

A inversão da polaridade do sinal faz com que o demodulador do receptor não consiga detectar e estabilizar a imagem, até sintoniza alguma coisa, e o áudio pode ser escutado com boa qualidade, mas o vídeo fica correndo na tela, com o fundo geralmente preto com barras nas cores cinza.

O circuito aqui proposto inverte o sinal de vídeo em 180 graus, e mantém a sua forma original que é 2:1, além disso, é amplificado para melhorar o nível do mesmo.

O primeiro transistor é responsável por pré-amplificar, onde o ajuste correto é conseguido ao movimentar o potenciômetro, e o segundo transistor amplifica o sinal resultante.

Os capacitores no circuito de entrada e de saída impedem a passagem de qualquer tensão contínua (DC), deixando passar apenas o sinal de vídeo, devido a essa característica, é muito importante alimentar o circuito com uma fonte bem filtrada e estabilizada para manter o sistema estável.

Se você tiver dinheiro e vontade pode projetar uma placa de circuito impresso, uma vez que são poucos componentes e é um circuito fácil, mas de muita utilidade se você recebe os sinais “falsamente codificados”.

Quanto ao ajuste, vai ser diferente para cada canal, podem existir coincidências, por isso é recomendável deixar o botão de ajuste do potenciômetro bem acessível, o objetivo é ter facilidade para ajustar o sistema.

O circuito não é crítico, os valores dos resistores podem ter até 10% de tolerância, os capacitores são para 16 volts, e para melhor estabilidade, a fonte deve ser bem filtrada e com boa regulagem.

Para quem tem fontes de até 30 volts, pode usar um regulador do tipo 7812 com um capacitor de 2200 uF por 16 volts na sua saída, e em paralelo com o capacitor eletrolítico, um capacitor de poliéster de 100 nF.

Uma vez que este circuito não tem fonte de sinal, para saber do funcionamento é necessário que seja montado em um circuito já existente, a maneira mais fácil é ligar na saída de vídeo composto de um sintonizador de TV, pode ser outra fonte de sinal, como um videoK7 ou DVD, obviamente que na fonte deve ter a possibilidade de retirar o sinal de vídeo composto.

A saída do circuito é ligada a entrada de sinal de vídeo composto de uma TV, para maior facilidade use o controle remoto ou o botão do painel e coloque em AV, e conecte o conector RCA na entrada correspondente, se o sinal ficar com as fases invertidas, ou seja, o sinal ruim na TV, significa que, a primeira vista, o circuito está funcionando, para comprovar a inversão de fase, faça dois circuitos e ligue os dois em série, o primeiro “inverte” o sinal, e o segundo “desinverte” o sinal, e o sinal da TV receptora será normal.

Como se vê, não é necessária nenhuma especialização, apenas requer conhecimento básico de eletrônica e não envolve riscos para os inexperientes ou principiantes.

Postagens relacionadas
  • Faróis Apagados?
  • Proteja Portas e Janelas
  • Fazer Bengala Eletrônica
  • Lâmpada de Corredor ou Escada
  • Sem Pânico Para Idosos (P2)
  • Sem Pânico Para Idosos (P1)
  • Posts mais acessados
  • Teste de Bateria (14904)
  • Antena Para Celular (12331)
  • Amplicador 60 W RMS (9774)
  • Os Gatos & Dúvidas (8348)
  • Ganhar na Loto Fácil? (5927)
  • Utilize a busca para encontrar o tema de seu interesse.
    Pense no meio ambiente antes de este link.   Dúvidas? Acesse o Fórum