Cortador de Isopor

Essa é mais uma das sugestões que são enviadas por visitantes do Ibytes, este é o esquema eletrônico de um circuito cortador de isopor, a finalidade é obvia, cortar o isopor, mas em linha definidas, retas ou curvas, o que vai ser feito com o isopor cortado não sei, o que cortei nos testes foi jogado fora, mas sei que o circuito terá alguma utilidade.

Poderia escolher componentes que tornaria o projeto de difícil montagem, mas o objetivo é justamente ao contrário, então o circuito foi elaborado para usar componentes comuns e fáceis de encontrar nas lojas de material de eletrônica.

O coração do circuito é um CI 555 configurado no modo temporizador que dispara quando o pino 2 do 555 é aterrado momentaneamente através de S1.

A temporização é ajustada no potenciômetro de 150K, note que foi obtido o resultado desejado em termos de ajustes com 150K, mas podem ser experimentados valores de até 1M ohms para tempos maiores.

O capacitor de 220 uF em conjunto com o potenciômetro de 150K são responsáveis pela temporização do circuito que pode ir até 25 minutos, claro que nosso objetivo é ligar o circuito por alguns segundos para que seja aquecida a resistência de fio de níquel-cromo e ele ser desligado automaticamente, por isso, se com 220 uF não for conseguido um tempo adequado, será necessário trocar o valor do capacitor, o valor sugerido para uma troca para testar é 47 uF, onde consegui ajustes de 8 segundos a 3 minutos.

O circuito não tem nada de especial, é um temporizador comum que aciona um SCR que por sua vez aquece uma resistência de fio de níquel-cromo, para testar, pode ser testado sem a resistência, pois o LED acende se o circuito estiver acionado.

Para determinar a temperatura ideal é um pouco mais complicado, é preciso fazer um teste manual de tempo, para isso, enrole as duas pontas do fio de níquel-cromo em duas chaves de fenda, deixe esticado e coloque um pedaço de isopor em cima, e encoste as duas pontas do fio, uma ponta em cada pólo da alimentação, claro que o teste também pode ser
feito com o temporizador regulado para o tempo mínimo de acionamento, cada qual verá o
que se adapta melhor.

O transformador deve fornecer boa corrente, 3 ampères é o suficiente e os diodos são para dois ampères ou mais, os diodos sugeridos podem ser substituídos por diodos equivalentes, outro detalhe, é que este circuito trabalha totalmente isolado da rede elétrica, onde os riscos ficam resumidos a pequenas queimaduras, em outra oportunidade
mostrarei outro modelo que é mais fácil de fazer mas é muito perigoso para trabalhar, colocando em risco o manipulador e curiosos que costumam mexer, principalmente crianças.

O diodo controlado de silício (SCR) deve ser dotado de radiador de calor, e se ele teimar em permanecer ativado, o resistor de 2K2 ligado em sua comporta deve ser alterado para 1K ou próximo disso.

Demais componentes julgo desnecessário comentar, visto que existem muitos dados aqui mesmo no Ibytes e na internet.

O acionamento do circuito é feito com um toque em S1, não precisa ficar segurando, só pressiona e solta, note que deve ser uma chave do tipo aberta, ou seja, push-botão, funciona tipo uma chave de campainha, só que é uma chave em miniatura.

Ao pressionar S1, o circuito fica disparado em função dos ajustes feitos no potenciômetro de 150K e em função da escolha do capacitor ligado entre o negativo da alimentação e os os pinos 6 e 7 do CI 555, o disparo aciona o SCR que permite a passagem de corrente pelo resistor RX que é o que aquece com a finalidade de cortar o isopor.

RX é feito de fio de níquel-cromo, que pode ser conseguido em resistores de fio de 10 ohms ou menos, que podem ser encontrados em sucatas de TVs e rádios antigos a válvula, ou em TVs não tão antigas, esses fios, se forem retirados dos resistores são finos e podem se romperem com facilidade, além se ser muito difícil determinar um tamanho mais ou menos correto, como são relativamente frágeis, testei fios retirados de resistências de chuveiros, usei dessas usadas no chuveiro corona, além de muito barata, é muito fácil de encontrar.

Fiz testes com 50 centímetros de fio de níquel-cromo retirado da resistência de chuveiro, o que tem que ser feito é um ajuste para que o fio não fique avermelhado, tem que ser um pouco antes de avermelhar, mas a prática vai fazer com que você aprenda.

Segue na figura abaixo o circuito eletrônico do cortador de isopor.

Postagens relacionadas
  • Faróis Apagados?
  • Proteja Portas e Janelas
  • Fazer Bengala Eletrônica
  • Lâmpada de Corredor ou Escada
  • Sem Pânico Para Idosos (P2)
  • Sem Pânico Para Idosos (P1)
  • Posts mais acessados
  • Teste de Bateria (14140)
  • Antena Para Celular (11765)
  • Amplicador 60 W RMS (9414)
  • Os Gatos & Dúvidas (7961)
  • Ganhar na Loto Fácil? (5686)
  • Utilize a busca para encontrar o tema de seu interesse.
    Pense no meio ambiente antes de este link.   Dúvidas? Acesse o Fórum